fbpx
12.6 C
Conselheiro Lafaiete
sábado, 15 maio 2021
InícioEconomiaQuem precisa fazer a prova de vida do INSS em 2021?

Quem precisa fazer a prova de vida do INSS em 2021?

Procedimento voltará a ser realizado em junho

Por conta da pandemia, agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) do Brasil todo ficaram fechadas por meses. Em consequência, a prova de vida acabou por ser suspensa e, como consequência, houve o bloqueio dos benefícios como pensões e aposentadorias pela falta da comprovação.

No entanto, a prova de vida deve voltar a ser feita a partir de julho. Por ser obrigatória, portanto, os aposentados e pensionistas que não realizarem a comprovação, podem chegar a perder seu benefício.

Em suma, se trata de um procedimento realizado anualmente pelas instituições financeiras que são responsáveis por repassar os benefícios oferecidos pelo INSS, no intuito de evitar fraudes e irregularidades durante o pagamento.

Contudo, quem for segurado e possuir problemas para se locomover ou doenças, pode designar um procurador que esteja cadastrado corretamente no INSS para realizar a prova.

Cancelamento da prova de vida em 2020

A princípio, a prova de vida teve sua suspensão no ano de 2020 por conta da pandemia da COVID-19.

Assim, pelo fato da maioria dos segurados da Previdência Social serem idosos ou possuírem comorbidades, o que os fazem ser do grupo de risco da doença, a instituição escolheu suspender a obrigatoriedade e também cancelar o bloqueio do pagamento.

Dessa forma, os beneficiários poderão realizar a prova de vida já em junho deste ano. O INSS começou testes para que ela possa ser feita por meio digital. O calendário da prova de vida 2021 já está disponível para os segurados conferirem as datas em que devem realizá-la:

  • Junho de 2021: aqueles que não realizaram em março/abril de 2020;
  • Julho de 2021: aqueles que não realizaram em maio/junho de 2020;
  • Agosto de 2021: aqueles que não realizaram em julho/agosto de 2020;
  • Setembro de 2021: aqueles que não realizaram em setembro/outubro de 2020;
  • Outubro de 2021: aqueles que não realizaram em novembro/dezembro de 2020;
  • Novembro de 2021: aqueles que não realizaram em janeiro/fevereiro de 2021;
  • Dezembro de 2021: aqueles que não realizaram em março/abril/maio de 2021.

Fonte Seu Crédito Digital

Mais lidas