Seguem indefinidas as eleições, mas Júlio Barros e Benito ensaiam dobradinha

13
IMG-20160505-WA0000
Júlio Barros (PT) e o vereador Benito Laporte (PROS) vêm acertando os ponteiros./Foto:Divulgação

Um clima de apatia toma contas das eleições de 2016. Ao contrário de anos anteriores, onde as candidaturas já estavam definidas ou grupos bem alinhados, neste momento, o que se sente neste ano é a indefinição.

Apesar das movimentações e articulações de bastidores, as coligações e coalizações devem ser concretizadas no apagar das luzes do prazo final para registro das candidaturas, isto é, 15 agosto.

Entre 20 de julho e 5 de agosto é o período para as convenções partidárias e a definição de candidatos. No dia 16 de agosto, começa oficialmente o período da propaganda eleitoral e no dia 2 de outubro ocorrem as eleições.

O quadro em Lafaiete ainda está indefinido, mas a expectativa é que pelo menos 3 candidaturas devem surgir no atual cenário. Eddie Resende (PTC) já afirmou sua candidatura. Ivar e Darci também confirmou a dobradinha que vem para a reeleição.

Nos últimos 15 dias, o vereador Divino Pereira (PSL) também manifestou sua inclinação à disputa e confirmou que entrará no páreo.

O grupo de Glaycon Franco, o chamado “grupão”, realiza reuniões mas ainda não decidiu candidaturas. Por outro lado, nos últimos meses intensificou-se a possibilidade de uma nova dobradinha. O ex prefeito Júlio Barros (PT) e o vereador Benito Laporte (PROS) vêm acertando os ponteiros em constantes reuniões partidárias e a chapa começa a sair do papel com avanços de uma união dos dois políticos. Barros seria cabeça de chapa e Benito ocuparia a vaga de vice prefeito.

Nesta semana, a Frente de Esquerda se reuniu novamente para discutir o quadro eleitoral e alinhavar a candidatura única do grupo. Estiveram presentes à reunião as siglas PT, PROS, PRB, PPS e PSOL.