Semana da Música de Ouro Branco movimenta interior de Minas com programação intensa de concertos e oficinas

13

A Semana da Música de Ouro Branco completa onze anos em 2016 e segue com intensa programação. Referência no ensino e difusão da música erudita, o festival – uma iniciativa da Casa de Música de Ouro Branco – começou no último dia 8 de outubro, sábado, e segue até 15 de outubro, sexta-feira.

Este ano, a Semana da Música conta com a presença dos violinistas Theodora Geraets e Alessandro Borgomanero; do violista João Carlos Ferreira;  do violoncelista Matias de Oliveira Pinto; do contrabaixista Nilson Bellotto Neto,  das pianistas Viviane Taliberti e Risa Adachi, entre muitos outros. Além de uma programação intensa de concertos, os músicos ministram oficinas para as quais foram selecionados alunos vindos de diversas partes do Brasil e de outros países, como Chile e Alemanha.

Para a coordenadora da Semana da Música, Kênia Libânio, o festival nunca teve a intenção de ser apenas uma reunião de músicos, mas um polo de ensino e difusão de saberes aberto à comunidade. E desta vez os moradores deram mais uma prova da importância do evento para a cidade:  abraçaram a causa e não deixaram a trajetória parar. “Graças à colaboração de pessoas físicas e jurídicas, será possível dar continuidade ao projeto e realizar o evento. Como passamos por um momento delicado na economia do país, recebemos doações diversas que foram essenciais para mantermos de pé a programação deste ano. Estamos extremamente gratos.”, afirma Kênia.

No concerto de abertura, se apresentam Theodora Geraets, Matias de Oliveira Pinto e Viviane Taliberti. O público se emocionou com as obras de Heitor Villa Lobos, Edino Krieger e Edmundo Villani Côrtes.

Já no domingo, o Quinteto Docontra, grupo formado pelos contrabaixistas Neto Bellotto, Rossini Parucci, Pablo Guinez, Marcos Ramos e Wallace Mariano, com participação do músico convidado Thiago Henrique, trouxe um repertório contemporâneo e popular, com arranjos de composições de Chico Buarque, Edu Lobo, João Bosco, Tom Jobim, Flávio Venturini, entre outros.

Na segunda-feira, a igreja Matriz de Santo Antônio recebeu a Orquestra de Câmara de Ouro Branco, com regência de Marcos Silva Santos. Além de toda a suntuosidade barroca do templo, o público pode apreciar o repertório com composições de Franz Schubert, Domenico Cimarosa,  Hector Berlioz e  Antonio Vivaldi.

A programação segue até o final da semana. Nesta terça-feira, 11 de outubro, os músicos Hyu Kyung, Eduardo Swerts e Matias de Oliveira Pinto, acompanhados pela pianista Risa Adachi, se apresentam às 20h30, no auditório do Hotel Verdes Mares. No programa, obras como Sonata para Cello e piano em Ré menor, de Claude Debussy e Danças Romenas, de Béla Bartók.

Na mesma hora e local, na quarta-feira, 12 de outubro, é a vez de Alessandro Borgomanero, Matias de Oliveira Pinto e Julia Wasmund, acompanhados por Risa Adachi, realizarem um concerto que traz Concerto para violoncelo opus 85, de Edward Elgar e Touro Ferdinando, de Alan Ridout.

Também no auditório do Hotel Verdes Mares, na quinta-feira, 13 de outubro, às 20h30, se apresentam Theodora Geraets,  Alessandro Borgomanero, João Carlos Ferreira, Julia Wasmund e Matias de Oliveira Pinto. No programa, Quinteto de cordas em dó maior D. 956, op. posth. 163, de Franz Schubert.

O concerto do dia 14 de outubro, sexta-feira, reúne alunos e professores da Semana da Música. O encerramento será no dia 15 de outubro, sábado, às 20h30, na Capela de Santana do Hotel Fazenda Pé do Morro.

Todos os concertos têm entrada gratuita. As oficinas serão realizadas na Escola Municipal João XXIII.