Abono salarial tem data de vencimento! Não perca seu benefício! Confira

Muitos brasileiros arriscam perder a possibilidade de sacar o PIS/PASEP por não estarem atentos aos prazos estabelecidos pelo governo federal. Tradicionalmente, a janela de saque começa em fevereiro e se encerra em agosto, com uma extensão até dezembro para aqueles que não conseguiram resgatar o benefício dentro do tempo regular.

O não cumprimento deste prazo pode resultar na perda do direito ao benefício, revertido para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Por isso, é vital que os trabalhadores estejam atentos às datas e verifiquem se estão elegíveis para receber o benefício.

O que é o abono salarial?

Programa de Integração Social (PIS) e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) são contribuições sociais criadas pelo governo federal. Departamento para financiar o pagamento do seguro-desemprego, abono e participação na receita dos órgãos e entidades para os trabalhadores do setor público e privado.

Qual a data para sacara o Abono salarial?

  • Nascidos em janeiro: a partir de 15 de fevereiro
  • Nascidos em fevereiro: a partir de 15 de março
  • Nascidos em março: a partir de 15 de abril
  • Nascidos em abril: a partir de 15 de abril
  • Nascidos em maio: a partir de 15 de maio
  • Nascidos em junho: a partir de 15 de maio
  • Nascidos em julho: a partir de 17 de junho
  • Nascidos em agosto: a partir de 17 de junho
  • Nascidos em setembro: a partir de 15 de julho
  • Nascidos em outubro: a partir de 15 de julho
  • Nascidos em novembro: a partir de 15 de agosto
  • Nascidos em dezembro: a partir de 15 de agosto

Quem tem direito ao benefício?

Para serem elegíveis ao abono do PIS em 2024, os trabalhadores e servidores devem atender aos seguintes critérios:

  1. Ter recebido até dois salários mínimos mensais, em média, durante o ano de 2022.
  2. Estar inscrito no PIS (Programa de Integração Social) ou Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) há pelo menos cinco anos.
  3. Ter atuado com carteira assinada por no mínimo 30 dias ao longo de 2022.
  4. Ter seus dados devidamente informados pelo empregador ao governo.

Como sacar o PIS/PASEP?

Para poder sacar o benefício, os trabalhadores devem se dirigir aos bancos correspondentes. Trabalhadores do setor privado devem procurar a Caixa Econômica Federal, onde o saque pode ser feito tanto em agências físicas quanto em caixas eletrônicos e casas lotéricas. Os correntistas do banco também têm a possibilidade de receber o abono diretamente em sua conta.

Para os funcionários públicos, o saque do PASEP pode ser feito no Banco do Brasil, seja nas agências ou nos caixas eletrônicos. Quem tem conta no banco pode ter o valor transferido automaticamente para sua conta, e aqueles que não são correntistas podem fazer a transferência pelo App BB PASEP.

Consequências de perder o prazo

Se o trabalhador não sacar o PIS/PASEP dentro do prazo estabelecido, deverá aguardar até o ano seguinte para poder receber o benefício, de acordo com as regras estabelecidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Caso o trabalhador não faça o saque por um período de cinco anos, o recurso volta para o FAT, e o trabalhador perde a possibilidade de sacar a quantia.

Por isso, é de vital importância que os trabalhadores estejam atentos aos prazos e façam o saque do benefício enquanto ainda estão no prazo.

FONTE MONITOR DO MERCADO

Calendário abono salarial PIS-Pasep 2024: quando começa o pagamento e qual o novo valor

Pagamento será feito de acordo com o mês de nascimento, a partir de fevereiro. Veja quem tem direito

A Caixa Econômica Federal informou que o pagamento do Abono Salarial 2024, referente ao ano-base 2022, começa a ser pago no próximo mês de fevereiro, a partir do dia 15.

Para o pagamento do PIS, considera-se o mês de nascimento do trabalhador. Já para o Pasep, a referência é o dígito final do número de inscrição no programa.

Segundo a Caixa, todos os beneficiários podem sacar o dinheiro até o dia 27 de dezembro.

Por onde será o pagamento?

Recebem o PIS (Programa de Integração Social) trabalhadores da iniciativa privada. O pagamento é administrado pela Caixa Econômica Federal.

Já o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é válido para os servidores públicos, e os depósitos são feitos pelo Banco do Brasil.

Abaixo, veja quando será o pagamento do PIS neste ano de 2024:

Calendário de Pagamento Pis 2024 (Ano-Base 2022)

NASCIDO EMRECEBEM A PARTIR DEPagamento Final
Janeiro15/02/202427/12/2024
Fevereiro15/03/202427/12/2024
Março15/04/202427/12/2024
Abril15/04/202427/12/2024
Maio15/05/202427/12/2024
Junho15/05/202427/12/2024
Julho17/06/202427/12/2024
Agosto17/06/202427/12/2024
Setembro15/07/202427/12/2024
Outubro15/07/202427/12/2024
Novembro15/08/202427/12/2024
Dezembro15/08/202427/12/2024

Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego

Abaixo, confira o calendário de pagamento do Pasep, de fevereiro a dezembro deste ano:

Calendário de Pagamento Pasep 2024 (Ano-Base 2022)

Final da InscriçãoRecebem a partir dePagamento final em
015/02/202427/12/2024
115/03/202427/12/2024
2 e 315/04/202427/12/2024
4 e 515/05/202427/12/2024
6 e 715/06/202427/12/2024
815/07/202427/12/2024
915/08/202427/12/2024

Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego

O que é o abono salarial?

O abono salarial equivale ao valor de, no máximo, um salário-mínimo (agora em R$ 1.412). Para receber os valores, os trabalhadores devem atender aos seguintes critérios para ter direito ao benefício:

  • estar cadastrado no programa PIS/Pasep ou no CNIS (data do primeiro emprego) há pelo menos cinco anos;
  • ter trabalhado para empregadores que contribuem para o Programa de Integração Social (PIS) ou para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep);
  • ter recebido até 2 salários-mínimos médios de remuneração mensal no período trabalhado;
  • ter exercido atividade remunerada durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base da apuração (2022);
  • ter os dados informados pelo empregador (pessoa jurídica ou governo) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou no eSocial do ano-base considerado para apuração (2022).

Quem não tem direito ao abono salarial?

  • empregado(a) doméstico(a);
  • trabalhadores rurais empregados por pessoa física;
  • trabalhadores urbanos empregados por pessoa física;
  • trabalhadores empregados por pessoa física equiparada a jurídica.

Qual é o valor?

O valor do abono salarial pode chegar a um salário-mínimo, de acordo com a quantidade de meses trabalhados. Só recebe o valor total quem trabalhou os 12 meses do ano anterior. Com aumento do salário-mínimo, o valor do abono passa para R$ 1.412.

As informações sobre os trabalhadores que têm direito ou não ao abono salarial poderão ser consultadas no dia 5 de fevereiro de 2024, na carteira de trabalho digital ou no portal gov.br.

FONTE G1

Amanhã é o ÚLTIMO DIA para sacar o PIS! Garanta o seu Abono

Organizações financeiras e trabalhadores em todo o país estão em alerta. Cerca de 86.600 beneficiários do PIS 2023 (ano-base 2021) estão prestes a perder o roteiro do prazo para o saque de seus valores. No total, isso representa cerca de R$ 73,8 milhões que estão pendentes.

Esta é uma situação que tem preocupado a Caixa Econômica Federal. Segundo a instituição, responsável pelo pagamento do abono aos trabalhadores da iniciativa privada, os valores não retirados até o prazo, que se encerra em 28 de dezembro, serão devolvidos ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), conforme as regras do programa.

Quem tem direito ao benefício do PIS?

Para ter direito ao abono, o trabalhador deve ter trabalhado pelo menos um mês com o registro formal e ter recebido, em média, até dois salários mínimos mensais no ano-base de referência, que é 2021 para este evento. As parcelas do benefício variam conforme o tempo trabalhado. Só quem trabalhou por todos os 12 meses do ano receberá o valor integral – de um salário mínimo. O valor distribuído varia entre R$ 110 a R$ 1.320, segundo o período trabalhado durante 2021.

No que tange à veiculação do pagamento, é importante mencionar que para solicitar o benefício, o trabalhador precisa estar inscrito no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos e ter seus dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Caso o titular tenha falecido, os valores não recebidos em vida ficam garantidos aos dependentes ou sucessores legais.

Como consultar se tenho direito ao benefício?

Com o intuito de facilitar o acesso à informação, vários canais disponibilizam a consulta. O trabalhador que quiser saber se tem direito ao benefício precisa de uma conta autenticada no portal Gov.br. Caso não tenha, pode baixar o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital (CTPS Digital), disponível gratuitamente na App Store e na Play Store. Outra opção é contatar o número 158.

No caso de trabalhadores de empresas privadas, a consulta pode ser feita pelo telefone 0800-726-0207, que é o número de atenção ao PIS na Caixa Econômica Federal. Já os servidores públicos podem se informar sobre o PASEP na central de atendimento do BB, pelo número 4004-0001 ou 0800-729-0001, ou ainda pelo site bb.com.br.

Os valores dos abonos são depositados automaticamente para quem tem conta-corrente ou poupança na Caixa (no caso do PIS) ou no Banco do Brasil (no caso do Pasep). Se o beneficiado não tem conta nesses bancos, deve procurá-los para retirar o dinheiro, apresentando um documento oficial com foto e o número do PIS/Pasep.

Assim, é importante lembrar que se o benefício não for retirado até a data estabelecida, o valor volta ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Dessa forma, não deixe de verificar e reclamar o seu abono salarial PIS/PASEP 2023.

FONTE BM&C NEWS

Abono PIS/PASEP tem novo valor anunciado e decepciona trabalhadores

O abono PIS/PASEP começa a ser pago em fevereiro de 2024. A expectativa do Ministério do Trabalho e Emprego é de que 24,5 milhões de pessoas recebam o benefício. O valor máximo a ser resgatado é de 1 salário mínimo, e a população esperava que chegasse a R$ 1.421, mas a quantia caiu. 

O valor do abono PIS/PASEP é calculado com base no número de meses trabalhados no ano-base (2022), multiplicado por 1/12 do salário mínimo atual. A cada mês trabalhado sobe o valor a ser pago, 2 meses são 2/12 do piso nacional e assim por diante até chegar em 12/12 que dá o valor integral.

Valor do abono PIS/PASEP para 2024

Em agosto o governo federal enviou para o Congresso Nacional o plano de orçamento para 2024. No texto havia a proposta para que o salário mínimo fosse de R$ 1.421.

Para chegar a esse valor foi usado como referência para o reajuste uma prévia do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) de 2023, e o resultado do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes, neste caso 2022.

Acontece que o valor do INPC no acumulado de 12 meses até novembro caiu, e consequentemente vai afetar o reajuste que será aplicado no salário mínimo e o valor do abono PIS/PASEP.

Proposta de valor até agosto: R$ 1.420,00;
Possibilidade de valor divulgada em novembro: R$ 1.412,00.

Consulta do pagamento do abono PIS/PASEP

Para saber o quanto vai receber no abono PIS/PASEP, o mês de liberação e se realmente tem direito ao benefício, o trabalhador pode fazer uma consulta rápida. A partir de janeiro os dados já devem ser atualizados nos sistemas, e então todas as informações ficarão disponíveis.

Acesse o App Carteira de Trabalho Digital e faça login;
No menu escolha “Benefícios” e depois “Abono salarial”;
Filtre a pesquisa pelo ano-base 2022;
Tenha acesso as informações.

FONTE FDR

ANUNCIADO o Calendário do Abono Salarial PIS/Pasep 2024!

Em uma recente queda de braço entre o governo federal e os trabalhadores da iniciativa pública e privada, foram definidos os prazos para o pagamento do Abono Salarial relativo ao PIS/Pasep para o ano de 2024. A proposta já está sobre a mesa, porém ainda aguarda a concordância do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), que tem uma reunião para discutir o assunto agendada para 13 de dezembro.

De acordo com um rascunho que a Folha de São Paulo teve acesso e compartilhou, a expectativa é que os pagamentos comecem no dia 15 de fevereiro de 2024 e terminem em 27 de dezembro do mesmo ano. O pagamento será dividido em sete lotes e será executado ao longo do ano. Mas a divisão de lotes se dá de maneira um tanto peculiar. Para entender isso, vamos falar um pouco mais sobre como funcionam os Programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

Calendário de pagamento do abono salarial PIS/Pasep:

Data de nascimentoData de pagamento
PIS
Janeiro15 de fevereiro
Fevereiro15 de março
Março15 de abril
Abril15 de abril
Maio15 de maio
Junho15 de maio
Julho17 de junho
Agosto17 de junho
Setembro15 de julho
Outubro15 de julho
Novembro15 de agosto
Dezembro15 de agosto
Pasep
Final de inscrição 015 de fevereiro
Final de inscrição 115 de março
Final de inscrição 215 de abril
Final de inscrição 315 de abril
Final de inscrição 415 de maio
Final de inscrição 515 de maio
Final de inscrição 617 de junho
Final de inscrição 717 de junho
Final de inscrição 815 de julho
Final de inscrição 915 de agosto

Quem é responsável pelo pagamento?

Os trabalhadores que têm direito ao abono salarial do PIS recebem o pagamento através da Caixa Econômica Federal. No caso do Pasep, o pagamento é feito pelo Banco do Brasil. Mas não é todo trabalhador que tem direito a receber o abono salarial.

Para poder receber, é necessário preencher alguns requisitos. Segundo a Caixa Econômica Federal, é preciso:

  • Estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base;
  • Ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração;
  • Ter seus dados informados pelo empregador (Pessoa Jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/eSocial.

FONTE BM&C NEWS

Abono natalino do Bolsa Família começa a ser liberado pelo Caixa Tem

Estado liberou o abono natalino do Bolsa Família neste mês de dezembro. Os depósitos são feitos através do Caixa Tem a partir do NIS e já foram iniciados. Veja quem pode sacar nesta semana.

O Governo Federal não faz pagamentos extra em dezembro. Mas, o Abono natalino do Bolsa Família é uma realidade em alguns estados brasileiros, através dos pagamentos estaduais.

Em 2023 um governo estadual vai destinar R$ 2,4 bilhões para os pagamentos extras do mês de dezembro, entre eles o abono.

Abono natalino do Bolsa Família

O abono natalino é pago como um complemento da renda das famílias em extrema pobreza que recebem o Bolsa Família.
Para os depósitos são considerados os dados cadastrados no Ministério de Desenvolvimento Social (MDS).
693 mil famílias paraibanas receberão o valor extra.
Cada beneficiário receberá R$ 64 na mesma conta em que recebe o Bolsa Família.
Os pagamentos estão sendo feitos a partir do número final do Número de Identificação Social (NIS)
Os saques podem ser feitos nas agências da Caixa, Casas Lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.
Para retirar o adicional é necessário apresentar documento de identificação com foto (RG ou CNH, por exemplo), CPF e o Cartão do Número de Identificação Social (NIS).
O valor pode ser sacado pelos beneficiários paraibanos mesmo que eles estejam em outro estado.

Calendário do abono natalino do Bolsa Família

FINAL DO NIS DATA DE PAGAMENTO
1 11 de dezembro
2 12 de dezembro
3 13 de dezembro
4 14 de dezembro
5 15 de dezembro
6 18 de dezembro
7 19 de dezembro
8 20 de dezembro
9 21 de dezembro
0 22 de dezembro

Calendário de pagamentos da Paraíba

29/11 – Pagamento dos salários de novembro dos servidores aposentados, pensionistas e reformados
30/11 – Pagamento dos salários de novembro dos servidores da ativa das administrações direta e indireta
07/12 – Pagamento da segunda parcela do 13º salário do funcionalismo público estadual
11/12 a 22/12 – Pagamento do abono natalino
22/12 – Pagamento dos salários de dezembro dos servidores aposentados, pensionistas e reformados
23/12 – Pagamento dos salários de dezembro dos servidores da ativa das administrações direta e indireta
Até o final de dezembro – 14º e 15º salários dos prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor

FONTE FDR

Além do 13º, abono natalino de R$ 1.320 é confirmado: veja quem recebe

Além do 13º, abono natalino de R$ 1.320 é confirmado: veja quem recebe

Os educadores e servidores da educação de Maricá, uma cidade localizada no estado do Rio de Janeiro, receberam recentemente notícias positivas sobre benefícios do prefeito Fabiano Horta.

De acordo com anúncios feitos pelo prefeito, um reajuste significativo nos salários, 13º e um abono natalino estão nos planos para esses trabalhadores. A medida mostra um esforço para valorizar os profissionais da educação e melhorar suas condições de trabalho.

Sendo assim, pensar no bem-estar de quem ensina e conhecer as dificuldades pela qual essa classe passa, principalmente em tempos tão desafiadores como os que temos vivenciado, é uma forma de valorizar os profissionais que tanto contribuem para a educação e desenvolvimento da cidade.

Reajuste salarial e outros benefícios

O reajuste de 15% nos salários, que será efetivado a partir de 2024, será um alívio para muitos que lutam para fazer mais com menos. Mesmo com as dificuldades financeiras que muitos municípios enfrentam, Maricá está conseguindo investir na sua educação e valorizando seus professores.

Logo, além do reajuste salarial, os servidores receberão um abono natalino no valor de um salário mínimo (R$ 1.320,00) a ser pago em dezembro.

Sendo assim, de acordo com as informações disponibilizadas, esse aumento de 15% no salário dos servidores da educação vai causar um aumento considerável no piso salarial. Para aqueles que trabalham 25 horas semanais, o piso deverá subir para R$ 4.264,44. Já os que cumprem uma jornada de 40 horas semanais verão seus salários subirem para R$ 6.822,86.

Mudanças no cenário da educação

Assim, o abono natalino e as demais mudanças trazem esperança e respeito para um grupo de profissionais que desempenha um papel crucial na sociedade. Um salário digno e a justa valorização profissional são aspectos centrais para um ensino de qualidade e um investimento crucial para o futuro.

Dessa forma, em um cenário em que muitos servidores públicos não veem reajustes e enfrentam baixos salários, a iniciativa tomada pelo município de Maricá demonstra uma valorização não apenas dos servidores da educação, mas da qualidade do ensino como um todo.

FONTE SEU CRÉDITO DIGITAL

Além do 13º, abono natalino de R$ 1.320 é confirmado: veja quem recebe

Além do 13º, abono natalino de R$ 1.320 é confirmado: veja quem recebe

Os educadores e servidores da educação de Maricá, uma cidade localizada no estado do Rio de Janeiro, receberam recentemente notícias positivas sobre benefícios do prefeito Fabiano Horta.

De acordo com anúncios feitos pelo prefeito, um reajuste significativo nos salários, 13º e um abono natalino estão nos planos para esses trabalhadores. A medida mostra um esforço para valorizar os profissionais da educação e melhorar suas condições de trabalho.

Sendo assim, pensar no bem-estar de quem ensina e conhecer as dificuldades pela qual essa classe passa, principalmente em tempos tão desafiadores como os que temos vivenciado, é uma forma de valorizar os profissionais que tanto contribuem para a educação e desenvolvimento da cidade.

Reajuste salarial e outros benefícios

O reajuste de 15% nos salários, que será efetivado a partir de 2024, será um alívio para muitos que lutam para fazer mais com menos. Mesmo com as dificuldades financeiras que muitos municípios enfrentam, Maricá está conseguindo investir na sua educação e valorizando seus professores.

Logo, além do reajuste salarial, os servidores receberão um abono natalino no valor de um salário mínimo (R$ 1.320,00) a ser pago em dezembro.

Sendo assim, de acordo com as informações disponibilizadas, esse aumento de 15% no salário dos servidores da educação vai causar um aumento considerável no piso salarial. Para aqueles que trabalham 25 horas semanais, o piso deverá subir para R$ 4.264,44. Já os que cumprem uma jornada de 40 horas semanais verão seus salários subirem para R$ 6.822,86.

Mudanças no cenário da educação

Assim, o abono natalino e as demais mudanças trazem esperança e respeito para um grupo de profissionais que desempenha um papel crucial na sociedade. Um salário digno e a justa valorização profissional são aspectos centrais para um ensino de qualidade e um investimento crucial para o futuro.

Dessa forma, em um cenário em que muitos servidores públicos não veem reajustes e enfrentam baixos salários, a iniciativa tomada pelo município de Maricá demonstra uma valorização não apenas dos servidores da educação, mas da qualidade do ensino como um todo.

FONTE SEU CRÉDITO DIGITAL

Bolsa Família: Pagamento extra no Natal é CONFIRMADO; veja quem recebe

Esta medida visa beneficiar aproximadamente 695 mil famílias paraibanas que estão inscritas no programa social

Recentemente, uma excelente notícia chegou aos beneficiários do Bolsa Família, com a confirmação do tão aguardado abono de natal para o ano de 2023. Esta medida visa beneficiar aproximadamente 695 mil famílias paraibanas que estão inscritas no programa social. Infelizmente, não há previsão para pagamento aos beneficiários de outros estados.

A confirmação oficial do Abono de Natal do Bolsa Família foi formalizada apenas na Paraíba, em decisão dos parlamentares do Estado por meio da publicação da Lei nº 12.802, que revisou o texto original da legislação responsável pela instituição desse benefício sazonal.

De acordo com a revisão da lei, o pagamento adicional do Bolsa Família estará disponível para os beneficiários do Bolsa Família que estiverem regularmente recebendo o benefício no mês de referência estipulado.

Em relação ao valor do Abono Natalino, cada beneficiário do Bolsa Família receberá uma quantia fixa de R$ 64,00, com o depósito programado conforme o calendário do programa para o mês de dezembro.

No ano anterior, por exemplo, cerca de 677 mil famílias paraibanas receberam o abono natalino, com o valor sendo creditado entre os dias 12 e 23 de dezembro.

Apesar de dezembro estar um pouco distante, o calendário de pagamento já está definido. O governo tem o costume de antecipar a última parcela do ano, garantindo que todos os grupos tenham tempo suficiente para receber o benefício antes das festividades de Natal e Ano Novo.

Em 2023, a parcela de dezembro do Bolsa Família será depositada entre os dias 11 e 22 de dezembro.

Para obter informações adicionais sobre o pagamento do abono natalino, os beneficiários dispõem de diversas opções, como a plataforma do programa, o aplicativo do Bolsa Família, o portal Cidadão da Caixa, o aplicativo Caixa Tem, entre outros.

Calendário do Bolsa Família

Calendário do Bolsa Família para 2023

FONTE CATRACA LIVRE

Bolsa Família: Pagamento extra no Natal é CONFIRMADO; veja quem recebe

Esta medida visa beneficiar aproximadamente 695 mil famílias paraibanas que estão inscritas no programa social

Recentemente, uma excelente notícia chegou aos beneficiários do Bolsa Família, com a confirmação do tão aguardado abono de natal para o ano de 2023. Esta medida visa beneficiar aproximadamente 695 mil famílias paraibanas que estão inscritas no programa social. Infelizmente, não há previsão para pagamento aos beneficiários de outros estados.

A confirmação oficial do Abono de Natal do Bolsa Família foi formalizada apenas na Paraíba, em decisão dos parlamentares do Estado por meio da publicação da Lei nº 12.802, que revisou o texto original da legislação responsável pela instituição desse benefício sazonal.

De acordo com a revisão da lei, o pagamento adicional do Bolsa Família estará disponível para os beneficiários do Bolsa Família que estiverem regularmente recebendo o benefício no mês de referência estipulado.

Em relação ao valor do Abono Natalino, cada beneficiário do Bolsa Família receberá uma quantia fixa de R$ 64,00, com o depósito programado conforme o calendário do programa para o mês de dezembro.

No ano anterior, por exemplo, cerca de 677 mil famílias paraibanas receberam o abono natalino, com o valor sendo creditado entre os dias 12 e 23 de dezembro.

Apesar de dezembro estar um pouco distante, o calendário de pagamento já está definido. O governo tem o costume de antecipar a última parcela do ano, garantindo que todos os grupos tenham tempo suficiente para receber o benefício antes das festividades de Natal e Ano Novo.

Em 2023, a parcela de dezembro do Bolsa Família será depositada entre os dias 11 e 22 de dezembro.

Para obter informações adicionais sobre o pagamento do abono natalino, os beneficiários dispõem de diversas opções, como a plataforma do programa, o aplicativo do Bolsa Família, o portal Cidadão da Caixa, o aplicativo Caixa Tem, entre outros.

Calendário do Bolsa Família

Calendário do Bolsa Família para 2023

FONTE CATRACA LIVRE

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.