Saque-aniversário pelo FGTS tem inscrições abertas para retirada de até R$ 5 mil

Já em 2024, o governo segue a estratégia de liberar anualmente os recursos do saque-aniversário pelo FGTS, disponibilizando o saque de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Para aqueles nascidos em fevereiro, o acesso ao saque já está aberto.

Na configuração atual do saque-aniversário pelo FGTS, os trabalhadores optantes podem retirar uma parcela anual no mês de seus aniversários, com a limitação ao acesso à indenização rescisória em casos de demissão.

Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) busca proporcionar aos adeptos do saque-aniversário pelo FGTS a oportunidade de retirar o saldo total de suas contas, eliminando a restrição à indenização rescisória. 

A intenção do governo é modificar a regulamentação para permitir o saque integral do saldo em demissões sem justa causa, equiparando-os aos não adeptos ao saque-aniversário pelo FGTS. O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, planeja apresentar o projeto de lei com as alterações até março.

Um novo grupo de aniversariantes, os de fevereiro, agora pode aderir à modalidade do FGTS aniversário, com pagamentos disponíveis de 1º de fevereiro a 30 de abril de 2024. A Caixa Econômica Federal (CEF) iniciou os pagamentos desta modalidade.

Desde sua criação em 2019, o FGTS aniversário possibilita que o trabalhador saque parte do saldo anualmente, no mês de seu aniversário. Contudo, em caso de demissão, perde o direito ao resgate total, ficando limitado à multa rescisória de 40%. Confira abaixo todas as regras, condições e o calendário de saque.

Quais são as regras do saque-aniversário pelo FGTS?

O trabalhador deve cumprir as regras gerais do programa para fazer o resgate no mês de aniversário. Depois, é importante ter o conhecimento do saldo depositado em conta. É importante estar ciente de que, este modelo impede o trabalhador de realizar o saque rescisório do FGTS mesmo se ele for demitido sem justa causa. 

Isso porque, o prazo de vigência do saque-aniversário pelo FGTS é de dois anos, período no qual ele fica impossibilitado de efetivar uma nova troca no modelo de resgate.

Mas ainda assim, em caso de demissão sem justa causa, o trabalhador que optou pelo saque-aniversário continua tendo direito à multa rescisória de 40% sobre o valor depositado no fundo.

Como solicitar o saque-aniversário pelo FGTS?

Quem tiver interesse em passar a se beneficiar do saque-aniversário do FGTS precisa:

  • Fazer o download do aplicativo do FGTS;
  • Fazer login com a conta vinculada à Caixa;
  • Selecionar a opção “Saque Aniveresário”.

Ao efetivar a escolha por este modelo de saque, é preciso permanecer vinculado a ele durante o período mínimo de 24 meses.

Calendário do saque-aniversário pelo FGTS em 2024

Abaixo, confira o calendário do saque-aniversário do FGTS 2024:

  • Janeiro: de 02 de janeiro a 29 de março de 2024;
  • Fevereiro: de 01 de fevereiro a 30 de abril de 2024;
  • Março: de 01 de março a 31 de maio de 2024;
  • Abril: de 01 de abril a 28 de junho de 2024;
  • Maio: 01 de maio a 31 de julho de 2024;
  • Junho: de 03 de junho a 30 de agosto de 2024;
  • Julho: de 01 de julho a 30 de setembro de 2024;
  • Agosto: de 01 de agosto a 31 de outubro de 2024;
  • Setembro: de 02 setembro a 29 de novembro de 2024;
  • Outubro: de 01 de outubro a 31 de dezembro de 2024;
  • Novembro: de 01 de novembro de 2023 a 31 de janeiro de 2025;
  • Dezembro: de 02 de dezembro de 2023 a 28 de fevereiro de 2025.

Principais mudanças no saque-aniversário pelo FGTS em 2024

Um Projeto de Lei (PL) dispondo sobre essa mudança deve ser enviado ao Congresso Nacional para ser apreciado pelos parlamentares o quanto antes. A expectativa é para que o Executivo Federal agilize o processo e conclua o envio nos próximos dias. 

Atualmente, o trabalhador adepto ao saque-aniversário do FGTS é autorizado a sacar apenas a multa rescisória de 40% em caso de demissão sem justa causa. A liberação do saldo integral seria capaz de injetar cerca de R$ 14 bilhões na economia do país, segundo estimativa do Ministério do Trabalho e Emprego

Primeiramente, a proposta precisa ser analisada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e, somente então, enviada ao Congresso Nacional. O chefe da pasta de Trabalho , Luiz Marinho, sempre se posicionou contra o saque-aniversário do FGTS, considerando a modalidade uma “sacanagem” com o trabalhador. 

No entanto, considerando que o fim do saque-aniversário do FGTS poderia enfrentar resistências no Congresso Nacional, Luiz Marinho manifestou a intenção de revisar a medida.

FONTE FDR

Saque-aniversário do FGTS 2024: veja o calendário e como solicitar

Trabalhadores podem ter acesso ao saque de parte do Fundo de Garantia uma vez ao ano através da modalidade. Confira as datas de pagamento.

A Caixa Econômica Federal anunciou recentemente o calendário para o saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para o ano de 2024. Essa modalidade permite que os trabalhadores retirem, uma vez por ano, uma parte do saldo de suas contas vinculadas ativas ou inativas. Contudo, o trabalhador precisa aderir a modalidade.

Como fazer o Saque-aniversário do FGTS em 2024?

A adesão ao saque-aniversário é voluntária e pode ser feita através do aplicativo oficial do FGTS, disponível para smartphones e tablets (sistemas Android e iOS). Também é possível fazer a adesão nas agências da Caixa Econômica Federal.

O trabalhador que deseja receber o dinheiro no mesmo ano em que faz a adesão, deve optar pelo saque-aniversário até o último dia do mês de seu nascimento. Caso contrário, o saque só será liberado a partir do ano seguindo.

Importante notar que a adesão precisa ser feita apenas uma vez. Os valores são disponibilizados para saque até o último dia útil do segundo mês subsequente ao do aniversário do trabalhador.

Se o dinheiro não for retirado dentro deste prazo, ele retorna para a conta do FGTS do trabalhador.

Calendário do Saque-aniversário 2024

O calendário para o saque-aniversário 2024 já foi divulgado:

  • Nascidos em janeiro – saque de 2 de janeiro a 29 de março
  • Nascidos em fevereiro – saque de 1º de fevereiro a 30 de abril
  • Nascidos em março – saque de 1º de março a 31 de maio
  • Nascidos em abril – saque de 1º de abril a 28 de junho
  • Nascidos em maio – saque de 2 de maio a 31 de julho
  • Nascidos em junho – saque de 3 de junho a 30 de agosto
  • Nascidos em julho – saque de 1º de julho a 30 de setembro
  • Nascidos em agosto – saque de 1º de agosto a 31 de outubro
  • Nascidos em setembro – saque de 2 de setembro a 30 de novembro
  • Nascidos em outubro – saque de 1º de outubro a 29 de dezembro
  • Nascidos em novembro – saque de 1º de novembro a 31 de janeiro de 2025
  • Nascidos em dezembro – saque de 2 de dezembro a 28 de fevereiro de 2025

Como sacar?

De acordo com a Caixa, a melhor forma de resgatar é através do aplicativo FGTS.

Nesse caso, o valor pode ser transferido para qualquer conta que esteja no nome do trabalhador, independentemente do banco, sem custo algum.

O saque pode ser feito em casas lotéricas ou nos terminais de autoatendimento para quem tem senha do Cartão Cidadão. Quem tem Cartão Cidadão e senha também pode sacar o dinheiro nos correspondentes Caixa Aqui. Basta apresentar um documento de identificação.

Atenção as restrições

Ao escolher pelo saque-aniversário, o trabalhador perde o direito de sacar o saldo total depositado na sua conta do FGTS em caso de demissão sem justa causa. Porém, continuará tendo direito à multa rescisória de 40% paga pelo empregador.

No entanto, as outras condições de saque do FGTS, incluindo para compra de imóvel, aposentadoria e doença grave, não são afetadas pelo saque-aniversário.

FONTE O ANTAGONISTA

Saque liberado na Caixa: prazo para receber R$ 2,9 mil termina no dia 29

Saque de R$ 2,9 mil na Caixa disponível até 29/12. Leia mais, não perca o prazo e garanta seu benefício agora.

A Caixa Econômica Federal oferece uma nova oportunidade para trabalhadores realizarem saques de até R$ 2,9 mil de seus Fundos de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) até o final deste mês. Trabalhadores nascidos em outubro têm a opção de antecipar seus recursos por meio do saque-aniversário. No entanto, é crucial entender que essa escolha implica a renúncia ao direito de resgatar a quantia total em situações de demissão sem justa causa.

A adesão ao saque-aniversário não é compulsória, e os trabalhadores que optarem por essa modalidade podem acessar até R$ 2,9 mil. É uma alternativa interessante para quem deseja ter acesso a parte do FGTS, mas é importante ponderar a renúncia ao saque integral em casos de emergência.

Prazo e processo de resgate do FGTS

O saque-aniversário do FGTS fica disponível a partir do primeiro dia útil do mês de aniversário do beneficiário. Para aqueles nascidos em outubro, o período de saque iniciou no dia 3 do respectivo mês. No entanto, é essencial destacar que o prazo para resgatar o valor se encerra em 30 de dezembro.

Para efetuar o resgate do saque-aniversário, o trabalhador pode escolher entre o procedimento presencial em uma agência da Caixa ou a adesão digital por meio do aplicativo do FGTS. No caso da adesão digital, o processo envolve os seguintes passos:

  1. Faça login com sua conta da Caixa no aplicativo do FGTS.
  2. Acesse a seção “Meus Saques” e selecione “Saque-Aniversário”.
  3. Escolha a opção “Alterar sistemática saque FGTS” e aceite os termos e condições.
  4. Por fim, clique em “Optar pelo Saque-Aniversário”.

Período de vinculação

Ao escolher o saque-aniversário, o trabalhador fica vinculado a essa modalidade por um período mínimo de 24 meses antes de poder retornar ao saque-rescisão. Assim, certifique-se de aproveitar esse benefício antes que o prazo para receber o dinheiro da Caixa se encerre no final deste mês.

Dessa maneira, se você nasceu em outubro e deseja garantir o resgate de até R$ 2,9 mil do seu FGTS, não deixe para a última hora. O prazo se encerra em 29 de dezembro, e essa pode ser uma oportunidade valiosa para garantir recursos extras neste final de ano.

FONTE SEU CRÉDITO DIGITAL

FGTS rescisão pode ser retirado pelo aplicativo para a alegria dos trabalhadores

Ser demitido nunca é uma situação fácil, principalmente após um longo período na mesma empresa. Mas, esse momento garante ao trabalhador com carteira assinada alguns direitos. Entre eles, a rescisão pelo FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) que pode ser feita de maneira online.

A Caixa Econômica que fica responsável pela administração do FGTS tem criado mecanismos para facilitar o acesso aos seus serviços. Entre eles, a liberação do saque do Fundo de Garantia de forma totalmente online, sem que o trabalhador precise comparecer até o banco enfrentando longas filas.

Quanto será pago no saque-rescisão do FGTS?

Vale a pena entender que o saque-rescisão pelo FGTS é um direito do trabalhador que foi demitido sem justa causa. Caso o motivo do desligamento da empresa tenha sido justificado por um comportamento do funcionário ele perde o acesso aos benefícios trabalhistas que lhes são garantidos.

O empregador vai dar baixa na Carteira de Trabalho do colaborador, e comunicar aos órgãos competentes o desligamento do mesmo. A partir disso, o pedido da rescisão deve acontecer em até 30 dias após o registro da dispensa sem justa causa, dando ao trabalhador o direito de receber:

Valor da rescisão: tudo o que foi acumulado durante o tempo de serviço prestado na empresa (sendo 8% do salário do trabalhador por mês);
Multa de 40% do valor depositado pela empresa, esta multa é paga pelo empregador e não considera lucro e ganhos obtidos com a conta, apenas os depósitos.
Quem fizer um acordo com o patrão para ser demitido recebe 80% do valor acumulado na conta, e a multa será de 20%.

Saque-rescisão do FGTS online

Quem já tem uma conta cadastrada no App do FGTS recebe o dinheiro automaticamente em até 5 dias úteis após o valor ser liberado pela Caixa Econômica. Aqueles que ainda não fizeram o cadastramento devem:

Acessar o App do FGTS e fazer login;
Vá em “Meus Saques”, selecione “Modalidade Saque Rescisão”;
Siga as instruções para que o saque seja online, cadastrando seus dados bancários;
A transferência acontecerá em até 5 dias úteis.

FONTE FDR

ATENÇÃO! Saque do FGTS termina EM BREVE para milhares de trabalhadores

Confira os prazos para não perder a grana

É isso mesmo que você leu! É preciso ficar atento aos prazos para o resgate de uma parcela do saldo disponível no FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

A saber, milhões de trabalhadores brasileiros ainda têm a oportunidade de sacar um dinheiro e ainda neste ano.

Cabe ressaltar que a iniciativa está liberada para quem optou pela modalidade conhecida como saque-aniversário.

Antes da criação dessa sistemática, o resgate dos recursos era permitido apenas em casos como demissão sem justa causa, aposentadoria, desastre natural e outros.

No entanto, agora, desde que se faça a adesão, também é possível retirar o dinheiro uma vez ao ano, no mês de nascimento do trabalhador.

Saque-aniversário do FGTS

Na prática, ao optar pelo saque-aniversário, o trabalhador tem direito de sacar uma parte do saldo de suas contas do FGTS, mais uma parcela fixa, calculadas com base no valor total disponível.

Contudo, ele fica impedido de resgatar o montante integral em caso de demissão, restando apenas a multa rescisória de 40%.

Então, é preciso deixar claro que o saque-aniversário é uma alternativa ao saque-rescisão, ou seja, o profissional deve escolher apenas um deles. Ao fazer a migração, é necessário aguardar ao menos 24 meses antes de solicitar uma nova mudança de modalidade.

Ainda mais, saiba que a sistemática pode ser escolhida por todos os trabalhadores formais, sejam eles urbanos, rurais, intermitentes, temporários, avulsos, safreiros, atletas profissionais, diretores não empregados e empregados domésticos.

Afinal, quem ainda pode sacar?

O resgate do FGTS é permitido até o segundo mês subsequente ao do aniversário, o que significa que ele está disponível até o dia 29 de dezembro para os aniversariantes de outubro, por exemplo.

Já os nascidos em novembro podem sacar até dia 31 de janeiro de 2024, enquanto que quem faz aniversário em dezembro, tem até 29 de fevereiro de 2024.

Acompanhe o cronograma das liberações do saque-aniversário do FGTS neste ano, de acordo com a data de nascimento do trabalhador:

  • Janeiro: de 2 de janeiro a 31 de março de 2023;
  • Fevereiro: de 1 de janeiro a 29 de abril de 2023;
  • Março: de 1 de março a 31 de maio de 2023;
  • Abril: de 3 de abril a 30 de junho de 2023;
  • Maio: 1 de maio a 31 de julho de 2023;
  • Junho: de 1 de junho a 31 de agosto de 2023;
  • Julho: de 3 de julho a 29 de setembro de 2023;
  • Agosto: de 1 de agosto a 31 de outubro de 2023;
  • Setembro: de 1 setembro a 30 de novembro de 2023;
  • Outubro: de 2 de outubro a 29 de dezembro de 2023;
  • Novembro: de 1 de novembro de 2023 a 31 de janeiro de 2024;
  • Dezembro: de 1 de dezembro de 2023 a 29 de fevereiro de 2024.

FONTE BRASIL 123

Antecipação de saque pelo FGTS agora pode ser solicitada no WhatsApp

A antecipação do saque pelo FGTS na modalidade de aniversário pelo Itaú Unibanco foi lançada via WhatsApp, possibilitando a antecipação de até sete parcelas anuais do valor disponível no mês de aniversário. 

A taxa de juros mensal parte de 1,59%, sendo o produto acessível tanto para correntistas, redirecionados para o aplicativo Itaú, quanto para não correntistas. Para ser elegível, é necessário ter entre 18 e 70 anos, CPF regular e conta ativa ou inativa para saque pelo FGTS com saldo superior a R$ 400.

A praticidade e segurança são objetivos centrais do Itaú Unibanco, afirmados por Alexandre Borin, diretor da instituição, em nota. A iniciativa sobre a antecipação do saque pelo FGTS visa proporcionar comodidade aos clientes em todas as etapas de suas jornadas, destacando o compromisso do banco com a experiência do usuário.

Como solicitar o saque pelo FGTS no WhatsApp?
Passo 1: Abra o aplicativo do FGTS, disponível para Android e iPhone (iOS), e selecione “Entrar no aplicativo” para fazer seu login. Em seguida, insira seu número de CPF.
Passo 2: Digite sua senha para acessar os recursos do aplicativo. Na página inicial, toque em “Autorizar bancos a consultarem seu FGTS”.
Passo 3: Na página seguinte, toque em “Empréstimo saque-aniversário“. Selecione o botão “Visualizar termo” para conferir os termos e condições do procedimento.
Passo 4: Role a página para visualizar os termos e, em seguida, selecione “Li e aceito os termos e condições”. Confirme em “Continuar”. Toque em “Adicionar instituição” para visualizar a lista de bancos credenciados.
Passo 5: Busque por “Itaú” e selecione o banco; depois, toque em “Continuar”. A instituição selecionada aparecerá em uma lista e, para confirmar a ação, toque em “Continuar” novamente.
Passo 6: Toque em “Confirmar seleção”. Na caixa de diálogo que surgirá, selecione a opção “Sim”.
Passo 7: O aplicativo exibirá a autorização da instituição financeira para acessar as informações do FGTS. Para o passo seguinte, saia da plataforma e acesse a agenda do seu celular. Toque em “Criar novo contato” — o botão pode ser diferente de acordo com cada modelo de telefone.
Passo 8: Adicione um nome e digite o número de telefone (11) 4004-4828; toque em “Salvar”. Em seguida, acesse o WhatsApp e toque no ícone de “Nova conversa”, na parte inferior direita da tela.
Passo 9: Acesse o menu de três pontos e selecione “Atualizar” para que o contato do Itaú apareça em sua lista.
Passo 10: Localize o contato do Itaú em seu WhatsApp e inicie um diálogo – o mais indicado é enviar um “oi”, esperar o bot responder e, em seguida, dizer em poucas palavras sobre o que você precisa, como “antecipação do saque aniversário do FGTS“.
Passo 11: Toque no menu de opções que surgirá. Selecione a opção “simular ou contratar” para prosseguir com a solicitação.

FONTE FDR

Entenda como a decisão do STF pode quase dobrar os rendimentos do seu FGTS

A ação questiona a rentabilidade do FGTS, que neste momento é menor que a da caderneta de poupança

Os rendimentos dos valores Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) podem quase dobrar se o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir alterar o cálculo do reajuste do fundo. Segundo o entendimento do ministro Luís Roberto Barroso, relator da ação e presidente do Supremo, os recursos dos trabalhadores deveriam ter uma rentabilidade mínima igual ou superior ao da caderneta de poupança. O julgamento da ação estava previsto para acontecer na quarta-feira (8). No entanto, o Supremo decidiu adiar o julgamento para esta quinta-feira (9).

Posso ser ressarcido após o apagão de energia da Enel? Advogados respondem

A revisão pode afetar 117 milhões de contas ativas e com saldo no FGTS. O problema é que a mudança traz preocupação para o governo devido ao seu impacto para os cofres públicos em torno de R$ 8,6 bilhões em quatro anos. Além disso, segundo estimativas do Itaú BBA, o aumento poderia limitar em até 30% os recursos para o programa Minha Casa, Minha Vida que costuma beneficiar as construtoras de baixa renda, como MRV (MRVE3), Tenda (TEND3) e Plano & Plano (PLPL3), listadas na bolsa de valores. Veja os detalhes nesta reportagem.

Por essa razão, na semana passada, o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, o advogado-geral da União, Jorge Messias, e representantes de centrais sindicais pediram ao presidente do Supremo, Luís Roberto Barroso, a retirada de pauta do processo por mais 30 dias.

Atualmente, o FGTS possui uma correção de 3% ao ano mais a taxa referencial (TR), enquanto a poupança possui uma rentabilidade de 6,17% ao ano mais o pagamento do TR. Ou seja, de acordo com uma simulação feita pelo C6 Bank, se o trabalhador tiver R$ 10 mil no FGTS, teria em um ano um retorno de R$ 498 com a correção atual. Se houver a alteração com uma rentabilidade igual ao da poupança, o mesmo valor traria ao trabalhador um retorno de R$ 815 durante um ano.

Já para os saldos de R$ 20 mil, a rentabilidade atual do FGTS entrega ao trabalhador um retorno de apenas R$ 996 em um ano. Se os rendimentos ficarem iguais ao da poupança, o acréscimo chega a R$ 1.630. O julgamento é uma resposta a uma ação movida pelo partido Solidariedade, em 2014. O processo questiona a rentabilidade do FGTS por render próximo a zero e ser insuficiente para repor o poder de compra dos trabalhadores.

Com informações do Broadcast

FONTE E INVESTIDOR ESTADÃO

Entenda como a decisão do STF pode quase dobrar os rendimentos do seu FGTS

A ação questiona a rentabilidade do FGTS, que neste momento é menor que a da caderneta de poupança

Os rendimentos dos valores Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) podem quase dobrar se o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir alterar o cálculo do reajuste do fundo. Segundo o entendimento do ministro Luís Roberto Barroso, relator da ação e presidente do Supremo, os recursos dos trabalhadores deveriam ter uma rentabilidade mínima igual ou superior ao da caderneta de poupança. O julgamento da ação estava previsto para acontecer na quarta-feira (8). No entanto, o Supremo decidiu adiar o julgamento para esta quinta-feira (9).

Posso ser ressarcido após o apagão de energia da Enel? Advogados respondem

A revisão pode afetar 117 milhões de contas ativas e com saldo no FGTS. O problema é que a mudança traz preocupação para o governo devido ao seu impacto para os cofres públicos em torno de R$ 8,6 bilhões em quatro anos. Além disso, segundo estimativas do Itaú BBA, o aumento poderia limitar em até 30% os recursos para o programa Minha Casa, Minha Vida que costuma beneficiar as construtoras de baixa renda, como MRV (MRVE3), Tenda (TEND3) e Plano & Plano (PLPL3), listadas na bolsa de valores. Veja os detalhes nesta reportagem.

Por essa razão, na semana passada, o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, o advogado-geral da União, Jorge Messias, e representantes de centrais sindicais pediram ao presidente do Supremo, Luís Roberto Barroso, a retirada de pauta do processo por mais 30 dias.

Atualmente, o FGTS possui uma correção de 3% ao ano mais a taxa referencial (TR), enquanto a poupança possui uma rentabilidade de 6,17% ao ano mais o pagamento do TR. Ou seja, de acordo com uma simulação feita pelo C6 Bank, se o trabalhador tiver R$ 10 mil no FGTS, teria em um ano um retorno de R$ 498 com a correção atual. Se houver a alteração com uma rentabilidade igual ao da poupança, o mesmo valor traria ao trabalhador um retorno de R$ 815 durante um ano.

Já para os saldos de R$ 20 mil, a rentabilidade atual do FGTS entrega ao trabalhador um retorno de apenas R$ 996 em um ano. Se os rendimentos ficarem iguais ao da poupança, o acréscimo chega a R$ 1.630. O julgamento é uma resposta a uma ação movida pelo partido Solidariedade, em 2014. O processo questiona a rentabilidade do FGTS por render próximo a zero e ser insuficiente para repor o poder de compra dos trabalhadores.

Com informações do Broadcast

FONTE E INVESTIDOR ESTADÃO

Liberado SAQUE do FGTS: Saiba se você pode receber até R$ 2,9 MIL neste mês de novembro

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um benefício garantido aos trabalhadores com carteira assinada no Brasil. No final de 2023, a Caixa Econômica Federal liberou mais uma oportunidade para os trabalhadores: o saque do FGTS de até R$ 2,9 mil.

Neste artigo, você encontrará todas as informações necessárias para solicitar o saque e entender quem tem direito a esse benefício.

O que é o saque-aniversário do FGTS?

saque-aniversário do FGTS é uma modalidade que permite ao trabalhador retirar anualmente parte do saldo de suas contas do FGTS. Essa opção é válida somente para aqueles que aderiram a essa modalidade específica. As regras para o saque-aniversário incluem alíquotas conforme o saldo da conta, além de um adicional.

Veja a tabela com as alíquotas e os adicionais do saque-aniversário do FGTS:

Saldo do FGTSAlíquotaAdicional
Até R$ 50050%Sem adicional
De R$ 500,01 até R$ 1.00040%R$ 50
De R$ 1.000,01 até R$ 5.00030%R$ 150
De R$ 5.000,01 até R$ 10.00020%R$ 650
De R$ 10.000,01 até R$ 15.00015%R$ 1.150
De R$ 15.000,01 até R$ 20.00010%R$ 1.900
Acima de R$ 20.000,015%R$ 2.900

Por exemplo, se um trabalhador possui R$ 1.000 no FGTS, ele poderá sacar 40% desse valor, que corresponde a R$ 400, além do adicional de R$ 50, totalizando R$ 450.

Como solicitar o saque do FGTS de até R$ 2,9 mil?

Para solicitar o saque do FGTS de até R$ 2,9 mil, é necessário aderir ao saque-aniversário. A adesão deve ser realizada até o mês de novembro. Após a adesão, o saque poderá ser feito até o dia 31 de janeiro de 2024.

Existem diferentes canais para aderir ao saque-aniversário do FGTS. Você pode realizar a adesão por meio do aplicativo FGTS, disponível para Android e iOS, ou pelo site da Caixa Econômica Federal.

Calendário do saque-aniversário do FGTS

O saque-aniversário do FGTS segue um calendário específico, conforme o mês de nascimento do trabalhador. Confira abaixo o calendário de saques para o ano de 2023:

Mês de NascimentoPeríodo de Saque
JaneiroDe 2 de janeiro a 31 de março de 2023
FevereiroDe 1º de fevereiro a 28 de abril de 2023
MarçoDe 1º de março a 31 de maio de 2023
AbrilDe 3 de abril a 30 de junho de 2023
MaioDe 2 de maio a 31 de julho de 2023
JunhoDe 1º de junho a 31 de agosto de 2023
JulhoDe 3 de julho a 29 de setembro de 2023
AgostoDe 1º de agosto a 31 de outubro de 2023
SetembroDe 1º de setembro a 30 de novembro de 2023
OutubroDe 2 de outubro a 29 de dezembro de 2023
NovembroDe 1º de novembro de 2023 a 31 de janeiro de 2024
DezembroDe 1º de dezembro de 2023 a 29 de fevereiro de 2024

Como aderir ao saque-aniversário do FGTS?

Para aderir ao saque-aniversário do FGTS, você pode utilizar o site do FGTS ou o aplicativo “Caixa FGTS”. Ambas as opções são disponibilizadas pela Caixa Econômica Federal e permitem que você escolha a modalidade.

É importante ressaltar que, caso você decida pelo saque-aniversário e queira reverter a decisão, será necessário esperar 24 meses para que a mudança tenha efeito. Por outro lado, se você preferir continuar na modalidade tradicional de rescisão, conhecida como saque-rescisão, não precisa realizar nenhuma ação.

Quem tem direito ao saque do FGTS de até R$ 2,9 mil?

O saque do FGTS de até R$ 2,9 mil está disponível para todos os trabalhadores com carteira assinada que tenham aderido ao saque-aniversário. É importante ressaltar que essa modalidade não está disponível para pessoas demitidas, atualmente.

Ademais, o saque do FGTS de até R$ 2,9 mil é uma oportunidade para os trabalhadores com carteira assinada no Brasil. Através do saque-aniversário, é possível retirar anualmente parte do saldo das contas do FGTS. Para aderir a essa modalidade, é necessário realizar a solicitação até o mês de novembro e o saque poderá ser feito até o dia 31 de janeiro de 2024.

Lembrando que, ao aderir ao saque-aniversário, é importante estar ciente das alíquotas e adicionais correspondentes ao seu saldo no FGTS. Além disso, é fundamental seguir o calendário estabelecido pela Caixa Econômica Federal para realizar o saque conforme o mês de nascimento.

Aproveite essa oportunidade e faça o saque do FGTS de até R$ 2,9 mil. Consulte as regras e os canais disponíveis para aderir ao saque-aniversário e garanta esse benefício financeiro.

FONTE NOTÍCIAS CONCURSOS

Liberado SAQUE do FGTS: Saiba se você pode receber até R$ 2,9 MIL neste mês de novembro

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um benefício garantido aos trabalhadores com carteira assinada no Brasil. No final de 2023, a Caixa Econômica Federal liberou mais uma oportunidade para os trabalhadores: o saque do FGTS de até R$ 2,9 mil.

Neste artigo, você encontrará todas as informações necessárias para solicitar o saque e entender quem tem direito a esse benefício.

O que é o saque-aniversário do FGTS?

saque-aniversário do FGTS é uma modalidade que permite ao trabalhador retirar anualmente parte do saldo de suas contas do FGTS. Essa opção é válida somente para aqueles que aderiram a essa modalidade específica. As regras para o saque-aniversário incluem alíquotas conforme o saldo da conta, além de um adicional.

Veja a tabela com as alíquotas e os adicionais do saque-aniversário do FGTS:

Saldo do FGTSAlíquotaAdicional
Até R$ 50050%Sem adicional
De R$ 500,01 até R$ 1.00040%R$ 50
De R$ 1.000,01 até R$ 5.00030%R$ 150
De R$ 5.000,01 até R$ 10.00020%R$ 650
De R$ 10.000,01 até R$ 15.00015%R$ 1.150
De R$ 15.000,01 até R$ 20.00010%R$ 1.900
Acima de R$ 20.000,015%R$ 2.900

Por exemplo, se um trabalhador possui R$ 1.000 no FGTS, ele poderá sacar 40% desse valor, que corresponde a R$ 400, além do adicional de R$ 50, totalizando R$ 450.

Como solicitar o saque do FGTS de até R$ 2,9 mil?

Para solicitar o saque do FGTS de até R$ 2,9 mil, é necessário aderir ao saque-aniversário. A adesão deve ser realizada até o mês de novembro. Após a adesão, o saque poderá ser feito até o dia 31 de janeiro de 2024.

Existem diferentes canais para aderir ao saque-aniversário do FGTS. Você pode realizar a adesão por meio do aplicativo FGTS, disponível para Android e iOS, ou pelo site da Caixa Econômica Federal.

Calendário do saque-aniversário do FGTS

O saque-aniversário do FGTS segue um calendário específico, conforme o mês de nascimento do trabalhador. Confira abaixo o calendário de saques para o ano de 2023:

Mês de NascimentoPeríodo de Saque
JaneiroDe 2 de janeiro a 31 de março de 2023
FevereiroDe 1º de fevereiro a 28 de abril de 2023
MarçoDe 1º de março a 31 de maio de 2023
AbrilDe 3 de abril a 30 de junho de 2023
MaioDe 2 de maio a 31 de julho de 2023
JunhoDe 1º de junho a 31 de agosto de 2023
JulhoDe 3 de julho a 29 de setembro de 2023
AgostoDe 1º de agosto a 31 de outubro de 2023
SetembroDe 1º de setembro a 30 de novembro de 2023
OutubroDe 2 de outubro a 29 de dezembro de 2023
NovembroDe 1º de novembro de 2023 a 31 de janeiro de 2024
DezembroDe 1º de dezembro de 2023 a 29 de fevereiro de 2024

Como aderir ao saque-aniversário do FGTS?

Para aderir ao saque-aniversário do FGTS, você pode utilizar o site do FGTS ou o aplicativo “Caixa FGTS”. Ambas as opções são disponibilizadas pela Caixa Econômica Federal e permitem que você escolha a modalidade.

É importante ressaltar que, caso você decida pelo saque-aniversário e queira reverter a decisão, será necessário esperar 24 meses para que a mudança tenha efeito. Por outro lado, se você preferir continuar na modalidade tradicional de rescisão, conhecida como saque-rescisão, não precisa realizar nenhuma ação.

Quem tem direito ao saque do FGTS de até R$ 2,9 mil?

O saque do FGTS de até R$ 2,9 mil está disponível para todos os trabalhadores com carteira assinada que tenham aderido ao saque-aniversário. É importante ressaltar que essa modalidade não está disponível para pessoas demitidas, atualmente.

Ademais, o saque do FGTS de até R$ 2,9 mil é uma oportunidade para os trabalhadores com carteira assinada no Brasil. Através do saque-aniversário, é possível retirar anualmente parte do saldo das contas do FGTS. Para aderir a essa modalidade, é necessário realizar a solicitação até o mês de novembro e o saque poderá ser feito até o dia 31 de janeiro de 2024.

Lembrando que, ao aderir ao saque-aniversário, é importante estar ciente das alíquotas e adicionais correspondentes ao seu saldo no FGTS. Além disso, é fundamental seguir o calendário estabelecido pela Caixa Econômica Federal para realizar o saque conforme o mês de nascimento.

Aproveite essa oportunidade e faça o saque do FGTS de até R$ 2,9 mil. Consulte as regras e os canais disponíveis para aderir ao saque-aniversário e garanta esse benefício financeiro.

FONTE NOTÍCIAS CONCURSOS

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.