Homem é linchado ao tentar roubar idosa em MG; corpo é encontrado em córrego

Cerca de 50 pessoas cercaram o suspeito e iniciaram as agressões com paus e pedras

A Polícia Civil de Minas Gerais e o Corpo de Bombeiros de Leopoldina, na Zona da Mata, encontraram em um córrego o corpo de um homem de 44 anos nessa quinta-feira (16 de maio). Ele estava desaparecido desde a última terça-feira (14 de maio) quando invadiu a casa de uma idosa. Conforme a Polícia Civil, o homem foi linchado.

A investigação apontou que o linchamento ocorreu ainda na terça-feira, logo após a tentativa de roubo. A vítima teria ameaçado a idosa com uma faca durante o crime no distrito de Providência. O homem morreu ao ser agredido com pauladas e pedras. As buscas pelo corpo começaram na mesma noite.

O delegado responsável pelo caso, André Luiz Dias, pediu a perícia técnica da Polícia Civil para realizar os procedimentos necessários e encaminhou o corpo ao Instituto Médico-Legal (IML). O caso segue em apuração na 26ª Delegacia de Polícia Civil em Leopoldina.

Conforme a Polícia Militar, o suspeito foi flagrado durante a tentativa de roubo pelo sobrinho da idosa. Já na parte externa da casa, o suspeito passou a chutar o portão e a gritar que iria voltar e disse que lá não tinha nenhum homem para o impedir de cometer o crime. Cerca de 50 pessoas teriam cercado o suspeito.

 

FONTE O TEMPO

Feto é encontrado em rede de esgoto de condomínio em Minas

Síndica de condomínio acionou a polícia depois que uma empresa foi chamada para desentupir rede de esgoto e encontrou feto

Um feto humano foi encontrado na rede de esgoto de um condomínio de Uberaba, no Triângulo Mineiro, nessa quinta-feira (16/5).

Segundo a síndica do condomínio, são feitas manutenções periódicas na rede de esgoto. Devido a um entupimento e transbordo na seção referente a dois blocos do conjunto, uma empresa foi chamada para fazer o serviço de desentupimento.

Durante a limpeza, foi encontrado um amontoado de tecido semelhante a lenços umedecidos e, dentro dele, um feto humano.

O zelador do condomínio acompanhou a retirada. A síndica foi alertada e acionou a Polícia Militar.

A perícia da Polícia Civil foi acionada e encaminhou o feto para o IML.

 

FONTE ESTADO DE MINAS

Homem é morto pelo irmão com golpe de faca após briga

Após o crime, o suspeito fugiu para um beco da região, mas, após denúncias de populares, foi localizado e detido

Está preso um homem de 48 anos, identificado como Claudinei Catharina, suspeito de matar o próprio irmão, Vicente de Paula Catharina, de 54 anos, após uma briga durante a noite desta quinta-feira (16). O crime aconteceu na casa da família no Bairro São João Batista, região de Venda Nova, na capital.

O SAMU foi acionado pela polícia e constatou o óbito da vítima. Já o autor fugiu para um beco da região, mas, após denúncias de populares, foi localizado e detido.

O pai do autor e da vítima estava em casa quando tudo aconteceu. De acordo com o idoso, os irmãos estavam discutindo de forma exaltada. Quando foi ao quintal, o homem teria visto Claudinei indo em direção a Vicente. Porém, afirmou aos militares não ter presenciado o autor esfaqueando o irmão.

Já uma testemunha, que mora no mesmo terreno em que os irmãos, afirmou ter ouvido o autor chegar, chutando o portão. Por isso, pegou uma vassoura e foi até o local para apartar a possível briga. Contudo, ao chegar dentro da casa, viu Vicente com as mãos no ferimento, dizendo que o irmão o tinha esfaqueado.

Ainda segundo a testemunha, ao vê-la, o suspeito teria afirmado que iria matá-la e também ao irmão, momento em que decidiu jogar a vassoura que carregava em Claudinei, que teria fugido após ser atingido.

‘Quem manda aqui sou eu’

De acordo com o boletim de ocorrências, Claudinei afirmou aos militares que o desentendimento com o irmão começou quando chegou em casa. Vicente teria dito que ele é quem “mandava” na residência, o empurrando.

O suspeito disse que, para se defender, foi até a cozinha da casa, pegou uma faca e esfaqueou o irmão. Vicente sofreu um golpe único abaixo da axila, de acordo com os trabalhos periciais.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal.

 

FONTE ITATIAIA

Batida entre carreta e pick-up deixa dois mortos carbonizados em rodovia

A dinâmica do ocorrido não foi esclarecida e a perícia acionada.

Um grave acidente envolvendo uma carreta e uma pick-up deixou dois mortos na serra da LMG-628, em Unaí, no Norte de Minas, nessa quinta-feira (16). As vítimas foram carbonizadas.

Conforme os bombeiros, quando a equipe chegou, encontrou a pick-up completamente consumida pelo fogo e a carreta em chamas. A carga da carreta, composta por serragem e restos de madeira, estava parcialmente queimada. A vegetação próxima também foi atingida.

Foram necessários 6.500 litros de água para debelar as chamas.

A dinâmica do ocorrido não foi esclarecida e a perícia acionada.

 

FONTE ITATIAIA

Adolescente é estrangulada pelo namorado, que enterra corpo em sítio

Rafaela Ramos estava desaparecida há três dias e tinha sido vista pela última na companhia do namorado

Uma adolescente de 16 anos foi encontrada morta e enterrada no quintal de um sítio em Caraguatatuba, no litoral norte de São Paulo, na quarta-feira (15). Rafaela Ramos da Silva foi morta estrangulada e sufocada com um travesseiro. O namorado da vítima, Adilson da Silva de Siqueira Junior, 25, foi preso e confessou o crime, segundo informações da SSP (Secretaria de Segurança Pública) de São Paulo.

O crime aconteceu na segunda-feira (13). Em depoimento à polícia, Adilson teria dito que teve um surto de ciúmes porque achava que estava sendo traído pela adolescente.

Rafaela estava desaparecida há três dias e tinha sido vista pela última na companhia de Adilson. Ainda segundo a polícia, no momento da prisão o suspeito estava com outros dois homens, que conseguiram fugir. Adilson tentou escapar, mas foi apreendido. Ele admitiu ter matado a adolescente e indicou o local em que enterrou o corpo.

Os agentes foram até o endereço e encontraram o cadáver da jovem. O IML (Instituto Médico Legal) recolheu o corpo e levou para a realização de exames necroscópicos para determinar a causa da morte.

Adilson foi preso e levado para a Delegacia de Caraguatatuba. O suspeito vai responder pelos crimes de feminicídio, ocultação de cadáver e posse de drogas -ele estava com duas porções de maconha ao ser preso.

Suspeito já tem passagem pela polícia. Adilson tem um boletim de ocorrência contra ele por subtração de incapaz -a vítima era a adolescente que foi morta por ele. O suspeito também cumpre pena de mais de sete anos de prisão em regime semiaberto por roubo.

A reportagem não conseguiu localizar a defesa de Adilson. O espaço segue aberto para manifestação.

EM CASO DE VIOLÊNCIA, DENUNCIE

Ao presenciar um episódio de agressão contra mulheres, ligue para 190 e denuncie.

Casos de violência doméstica são, na maior parte das vezes, cometidos por parceiros ou ex-companheiros das mulheres, mas a Lei Maria da Penha também pode ser aplicada em agressões cometidas por familiares.

Também é possível realizar denúncias pelo número 180 -Central de Atendimento à Mulher- e do Disque 100, que apura violações aos direitos humanos.

 

FONTE O TEMPO

Influenciadores de MG que compraram celular de ouro em Dubai são presos suspeitos de prática de jogos de azar

Casal ostentava vida de luxo nas redes sociais obtido através do “jogo do tigrinho”, segundo a polícia

Um casal, de 21 e 22 anos, foi preso pela Polícia Civil (PCMG) suspeito de prática de jogos de azar por meio da internet. Os suspeitos foram detidos nessa quarta-feira (15 de maio) em um condomínio de luxo na cidade de Serra, no Espírito Santo.

Conforme as investigações, que iniciaram há cerca de seis meses, o casal, que acumula mais de um milhão de seguidores nas redes sociais, é suspeito de movimentar aproximadamente R$ 20 milhões de forma suspeita em suas contas. O dinheiro, segundo apurado, seria proveniente do conhecido “jogo do tigrinho”.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Márcio Rocha, o estilo de vida luxuoso do casal chamou a atenção das autoridades, destacando-se uma viagem a Dubai, onde os suspeitos adquiriram um telefone de ouro.

Uma operação foi montada para prender os suspeitos nos últimos dias, mas eles acabaram fugindo para Maceió e, em seguida, para a cidade capixaba, onde foram detidos. Durante a ação, que cumpriu mandados ainda de sequestro e bloqueio de bens móveis e imóveis, além de busca e apreensão de objetos, foram apreendidos cerca de R$ 30 milhões em bens. Os policiais também arrecadaram três veículos de luxo, com valor estimado em mais de R$ 1 milhão.

O casal foi autuado pelos crimes de promoção de jogos de azar e crime contra a economia popular. Os dois foram encaminhados à Delegacia de Polícia em Guarapari.
FONTE O TEMPO

Vereador é indiciado por suspeita de tentativa de matar vizinho com golpes de canivetes e pedras

Parlamentar de Jaboticatubas é acusado de agredir vizinho na zona rural da cidade

Um vereador de Jaboticatubas, cidade na região metropolitana de Belo Horizonte, foi indiciado por tentativa de homicídio. Matheus Alfredo do Santos, tem 35 anos, é do PL e está no seu primeiro mandato. Ele foi acusado de agredir seu vizinho, um idoso de 70 anos, com golpes de canivete e pedra, segundo a Polícia Civil. O crime aconteceu no dia 14 de fevereiro deste ano na comunidade do Capão do Bebedouro, na zona rural do Jaboticatubas.

As investigações da Polícia Civil apontam que o idoso teria denunciado supostos crimes ambientais do vereador. Há dois anos, ele registrou um boletim de ocorrência relatando ameaças de Matheus Alfredo, mas ambos teriam resolvido pacificamente a situação.

De acordo com Susana Behenck, delegada responsável pelo caso, testemunhas disseram que  Matheus Alfredo e o idoso começaram uma conversável amigável que terminou com a tentativa de homicídio: “Os elementos informativos apontaram que o investigado foi flagrado por um vizinho conversando com a vítima momentos antes desta buscar socorro em razão dos ferimentos”, informou a delegada.

A vítima declarou à Polícia Civil que o vereador teria iniciado “uma conversa amigável e, de surpresa, passou a desferir golpes contra ela, deixando-a desacordada”. De acordo com a versão do vereador, “o homem de 70 anos teria iniciado as agressões com um canivete, sendo desarmado pelo investigado que golpeou a vítima em legítima defesa.”

A delegada ressaltou que “as investigações foram concluídas e o investigado foi indiciado pelo crime de tentativa de homicídio qualificado pelo motivo fútil e pelo recurso que dificultou a defesa da vítima e com causa de aumento de pena por ser a vítima maior de 60 anos”.

A defesa do vereador informou que vai esperar o pronunciamento do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e que ainda não teve não teve acesso à conclusão do inquérito. “Nós entendemos ser prematuro esse indiciamento, até mesmo porque os autos não foram devolvidos para o Poder Judiciário, nós não tivemos acesso a essa conclusão ainda. E mesmo porque o Ministério Público também não foi comunicado a fim de concluir se as investigações devem ser concluídas da forma que a autoridade policial concluiu ou não. Ao ver da defesa esse indiciamento, salvo o melhor juízo e com todo o devido acatamento, ele se encontra equivocado porque há provas nos autos que o indiciamento não seria esse. Então nós vamos aguardar o pronunciamento do Ministério Público quanto a isso e do Poder Judiciário também sobre essa questão”.

Matheus Alfredo dos Santos é natural de Jaboticatubas, casado, pai de um casal de filhos, e residente do bairro Santo Antônio, em Jaboticatubas.

 

FONTE O TEMPO

PF prende homem que colocou em circulação R$ 7 mi em notas falsas

Operação Galés combate falsificação de moeda, apreendendo R$ 7,3 milhões em notas falsas.

Nesta quarta-feira, um marco importante foi alcançado pelas forças de segurança brasileiras na luta incessante contra o crime organizado e a falsificação de moeda. Em uma ação coordenada em Brasília, a Polícia Federal prendeu um indivíduo suspeito de inserir no mercado nada menos que R$ 7,3 milhões em notas falsas, marcando um duro golpe contra as redes criminosas que operam no território nacional.

O que sabemos sobre as recentes ações da Polícia Federal?

A prisão foi executada como parte da Operação Galés, uma campanha meticulosamente planejada para desarticular um complexo esquema de falsificação de dinheiro. Além do mandado de prisão, foram realizados outros quatro mandados de busca e apreensão. Estes esforços concentraram-se no Distrito Federal e regiões adjacentes, indicando a amplitude geográfica da operação.

As investigações, guiadas pela Unidade Especial de Repressão à Falsificação de Moedas e Documentos Federais (UERF), receberam um impulso inicial no final do ano passado. Informações críticas sobre os suspeitos foram compartilhadas com a Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios, permitindo a identificação e a captura dos operadores envolvidos na produção e distribuição das notas falsificadas.

Qual a magnitude do impacto dessa operação no crime de falsificação?

Segundo os dados levantados, apenas entre os anos de 2023 e 2024, foram apreendidas somas milionárias em notas falsas, todas destinadas à perturbação econômica. A colaboração entre os Correios e a Polícia Federal foi decisiva para medir o impacto dessa prática ilícita na economia do país.

Os investigados agora enfrentam múltiplas acusações, incluindo falsificação de moeda e associação criminosa. Estes crimes, considerados de alta gravidade no ordenamento jurídico brasileiro, podem resultar em até 15 anos de reclusão para os envolvidos.

Um futuro sem falsificação: é possível?

O sucesso da Operação Galés reforça o comprometimento das autoridades brasileiras no combate à falsificação de moedas, um crime que desestabiliza a economia e a confiança do cidadão nos sistemas financeiros. Investigações contínuas e ações punitivas representam uma parte essencial dessa luta, mas também é fundamental que a sociedade se mantenha informada e vigilante.

Conforme as operações continuam e mais suspeitos são levados à justiça, cresce a esperança de que as atividades criminosas sejam significativamente reduzidas. A participação cidadã, denunciando suspeitas de moedas falsas, complementa o esforço policial e é crucial para erradicar esse flagelo.

Vale ressaltar que, com a rápida intervenção das autoridades brasileiras e a colaboração constante da população, um futuro livre de falsificações é, sem dúvida, uma possibilidade palpável.

 

FONTE O ANTAGONISTA

Dupla envolvida com o tráfico é morta com 23 tiros

Uma terceira pessoa também foi baleada, mas foi socorrida e encaminhada para atendimento médico. Ate o momento, ninguém foi preso

Dois homens, de 30 e 37 anos, morreram a tiros e um outro, de 26, ficou ferido na noite dessa terça-feira (15/5), no bairro Urca, na Região da Pampulha de Belo Horizonte.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima ferida foi socorrida por populares e levada para a UPA Santa Terezinha. Em contato com o homem, ele contou à polícia que dois indivíduos armados desceram a rua Expedicionário Paulo de Souza, se direcionaram às vítima e começaram a atirar.

A vítima não conseguiu se lembrar das características dos homens, mas disse que a dupla é moradora do Morro do Cabrito. Ele ainda afirma que o crime é retaliação por um homicídio que ocorreu horas antes, em Contagem.

O homem foi baleado quatro vezes no tórax e nas pernas. De acordo com o boletim de ocorrência, ele não corre risco de vida e aguardava ser transferido.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e confirmou a morte dos homens. Segundo informações da perícia, as vítimas foram baleadas ao menos 23 vezes com disparos de calibre 9 mm.

A Polícia Militar ainda informou que os homens mortos têm extensa ficha criminal e são envolvidos com o tráfico de drogas. Até o momento, ninguém foi preso.

 

FONTE ESTADO DE MINAS

Na madrugada, homem surta após uso de droga, agride companheira e esfaqueia mulher

Militares do Bope foram acionados e negociaram por 30 minutos com o suspeito

Um homem de 32 anos foi preso após meia-hora de negociações com militares do Bope na madrugada desta segunda-feira (13 de maio) no bairro Nova Cachoeirinha, na região Noroeste de Belo Horizonte. O homem agrediu a companheira de 30 anos e esfaqueou uma parente da mulher, de 43 anos.

Segundo a companheira do suspeito, o casal foi até a casa da mãe dela para comemorar o Dia das Mães. Em determinado momento, o homem saiu sem dizer para onde iria e, depois, voltou transtornado, parecendo ter usado cocaína, droga que o homem já tem histórico de consumo.  O suspeito não dizia uma frase com sentido e ainda afirmava que alguém queria o matar.

Quando uma parente da companheira do suspeito levantou, o homem pegou uma faca e começou a desferir golpes nas costas dela. A companheira do homem tentou impedir as facadas na familiar, mas foi agredida no rosto com um soco. No momento em que a Polícia Militar chegou ao local, viu o homem segurando a vítima pelo pescoço e ameaçando esfaquear a garganta dela caso os militares avançassem.

Foi necessário o acionamento do Bope, que negociou com o suspeito por cerca de 30 minutos. A casa estava repleta de sangue e a faca usada no crime foi apreendida. A companheira do suspeito foi encaminhada para o Hospital Odilon Behrens, onde foi medicada e liberada. Já a outra mulher foi encaminhada para o João XXIII e precisou ficar internada após sofrer perfurações no tórax. O homem foi preso após ser atendido no Odilon Behrens.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

FONTE O TEMPO

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.