Censo Previdenciário: 14.908 pensionistas e aposentados terão seus pagamentos suspensos

Suspensão será efetivada na folha de fevereiro a ser paga em março de 2024 

Nesta terça-feira (20/2), o Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) publicou no Diário Oficial do Executivo  a lista dos 14.908 nomes de pensionistas e aposentados ou afastados preliminarmente do Poder Executivo que não realizaram o Censo Cadastral Previdenciário em 2023 e também não regularizaram a situação em 2024. Para estes nomes, a partir de março deste ano, o pagamento do benefício referente ao mês de fevereiro estará suspenso. Para conferir a lista completa com os nomes clique aqui.

Ipsemg / Divulgação

De acordo com o edital de suspensão são 11.835 aposentados e 3.073 pensionistas do Ipsemg irregulares quanto à atualização cadastral obrigatória.

Esse público terá o pagamento reestabelecido após a realização extemporânea do Censo Cadastral por meio de link no site do Instituto (www.ipsemg.mg.gov.br), botão “Censo RPPS”, que será aberto no período de 8/3 até 6/4/2024.

Também permanecem em situação irregular cerca de 10 mil servidores ativos. Esses estão sujeitos a penalidades administrativas caso não regularizem a situação no período disponibilizado.

Censo Cadastral Previdenciário

O 1° Censo Cadastral Previdenciário do Regime Próprio de Previdência Social de Minas Gerais (RPPS) foi realizado entre os meses de junho a dezembro de 2023. Em janeiro deste ano foi dada uma nova oportunidade para aqueles que não atenderam à convocação para realização do Censo, contudo, mesmo com a reabertura do sistema, muitos deixaram de realizar o recenseamento que é obrigatório. Mais informações neste site

FONTE AGÊNCIA MINAS

Meu INSS: aposentados e pensionistas ganham mais opções para ter descontos em serviços e produtos

Criada pelo Governo Federal, a plataforma do Meu INSS é responsável por reunir diversos serviços e benefícios para aposentados e pensionistas pelo Instituto Nacional do Seguro Social. Recentemente, novas instituições passaram a disponibilizar facilidades por meio da plataforma. 

O anúncio da inclusão foi realizado recentemente pelo Governo FederalA partir de agora, os bancos PAN e Itaú farão parte das instituições que oferecem descontos em serviços para aposentados e pensionistas.

Além deles, os beneficiários que recebem outros pagamentos por meio do INSS, como o BPCtambém terão direito às novas facilidades. No total, seis bancos já estão incluídos na plataforma. São eles: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco, Mercantil, Banco PAN e Itaú.

Confira mais detalhes sobre os benefícios disponíveis por meio do Meu INSS:

  • As vantagens estão disponíveis por meio do cartão virtual do Instituto Nacional; 
  • O documento pode ser obtido de duas formas;
  • A primeira delas é por meio do site Meu INSS;
  • Outra opção é o aplicativo Meu INSS, que está disponível para Android e iOS;
  • Em ambas as opções ele deverá buscar pela seção “emitir carteira do beneficiário”;
  • Em seguida, será preciso selecionar uma foto para a carteira do beneficiário;
  • Na página seguinte ele deverá clicar no quadrado informando que está “ciente que ao apresentar a carteira os dados do benefício serão compartilhados através do QR Code”, e em seguida, clicar em “continuar”;
  • Após essas etapas, a carteira do beneficiário ficará disponível;
  • Segundo o Instituto Nacional, mais de 1,1 milhão de carteiras foram geradas até o início deste mês;
  • Com elas, é possível conseguir descontos em farmácias, shows e cinemas;
  • Além disso, o aposentado ou pensionista também garante acesso a serviços, telemedicina, seguros, viagens, entre outros;
  • O documento serve ainda como comprovante de vínculo do aposentado ou pensionista com o INSS.

FONTE FDR

Pensionistas do Ipsemg que não realizarem Prova de Vida terão pagamento suspenso

Procedimento para aniversariantes em dezembro deve ser feito até dia 29/2

Foi publicada no Diário Oficial de Minas Gerais a lista com 871 nomes de pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg), aniversariantes de dezembro, que não realizaram a Prova de Vida.

Esses pensionistas têm até o dia 29/2/2024 para realizar o procedimento e evitar a suspensão do pagamento do seu benefício. Confira a lista completa com os nomes aqui.

Para regularizar a situação, os pensionistas devem comparecer a uma das unidades regionais do Ipsemg, com documento de identificação que conste CPF, e fazer a Prova de Vida.

Atualmente, o instituto possui 56 agencias localizadas em Belo Horizonte e no interior de Minas Gerais, que realizam o atendimento presencial com agendamento on-line prévio por meio do Portal MG ou MG App.

Para conferir a unidade mais próxima, clique aqui.

A prova de vida é um procedimento obrigatório que deve ser realizado anualmente. O objetivo é comprovar que o pensionista está vivo e pode continuar recebendo seu benefício previdenciário.

Realizando no mês do aniversário, o pensionista tem a possibilidade de fazer on-line ou em uma das agências bancárias do Itaú.

Casos especiais

•          Pensionistas residentes em localidades que não possuem unidades de atendimento do Ipsemg, agências ou caixas eletrônicos do Banco Itaú;

•          Pensionistas residentes no exterior;

•          Pensionistas tutelados ou curatelados;

•          Pensionistas com mobilidade reduzida, devem seguir as orientações constantes no site do instituto, link Prova de Vida

FONTE AGÊNCIA MINAS

14º salário do INSS foi confirmado? Entenda a novidade

Aprovação é aguardada pelos aposentados e pensionistas em todo o país. O 14º salário do INSS funcionária como um bônus na renda dos brasileiros. Entenda como está a proposta atualmente e se há chances de aprovação.

Durante a pandemia de Covid-19 alguns auxílios e pagamentos adicionais foram feitos. Nesse período a proposta do 14º salário do INSS foi criada. A ideia era oferecer uma “renda extra” aos aposentados e pensionistas.

O projeto é aguardado pelos aposentados e pensionistas do INSS desde então. Entenda melhor do que se trata esse extra e como está o andamento do processo para aprovação.

14º salário do INSS

O projeto é de 2020 e previa um pagamento extra, nos moldes do 13º.
Ou seja, o INSS pagaria uma parcela a mais no valor de um salário mínimo, atualmente em R$ 1.412.
Aposentados, pensionistas, e pessoas que recebem auxílio-doença, auxílio reclusão, auxílio-acidente e salário-maternidade teriam direito ao pagamento extra.
Por outro lado, quem recebe o BPC não teria direito ao pagamento, pois, não tem direito ao 13º.

Aprovação do 14º salário do INSS

Acontece que o projeto esbarra em algumas questões, uma delas é o fato de que a pauta é um projeto de lei.
Isso significa que para entrar em vigor o texto precisa ser analisado e debatido, podendo até ser alterado, ou seja, uma possível aprovação demoraria.
Além disso, todos os pagamentos feitos pelo INSS estão incluídos na previsão orçamentário do Instituto.
O 14º salário não está, o que mostra que não existe de fato uma previsão de pagamento.
Inclusive, essa aprovação depende também da disponibilidade de orçamento do Governo Federal.
O que se tem hoje é um projeto de lei, que ainda deverá ser analisado pela Câmara e pelo Senado.
Essa análise ainda não tem data prevista para acontecer, inclusive, a última movimentação do projeto foi em 16 de junho de 2022.

FONTE FDR

Urgente! INSS começa a notificar aposentados e pensionistas com problemas na prova de vida

Fique atento se não vai ser acionado

Os aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílios de longa duração do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) desde janeiro de 2023 não precisam ir ao banco para fazer a prova de vida anual.

Isso porque, cabe ao INSS fazer a comprovação de vida do segurado e não mais o inverso, conforme previsto na Portaria 1.408.

Em outras palavras, significa que cabe ao próprio INSS utilizar as bases de dados de órgãos, entidades ou instituições, mantidos ou administrados pelos órgãos públicos federais, estaduais, municipais e privadas para checar se os segurados estão vivos. Isso é feito com o cruzamento de informações.

No entanto, 4.351.557 pessoas nascidas em janeiro, fevereiro e março em todo país serão chamadas a comprovar que estão vivas.

Problemas na comprovação do INSS

Cabe mencionar que as pessoas acima mencionadas se enquadram nos casos em que o INSS não consegue fazer a comprovação de vida por não encontrar o beneficiário em nenhuma base de dados.

Por conta disso, é enviada uma notificação via aplicativo ‘Meu INSS’, Central 135, e/ou notificação bancária informando que a prova de vida ainda não foi efetivada.

A saber, já foram notificadas 3.089.043 pessoas nascidas em janeiro e fevereiro.

Nesta quinta-feira (1º), será a vez de 1.262.514 que fazem aniversário em março que estão há mais de 12 meses sem realizar a prova de vida.

Como proceder?

Os segurados que receberem a notificação devem procurar o INSS ou o banco onde recebem o benefício para realizar a prova de vida.

E atenção! Passados 60 dias após as notificações via aplicativo ‘Meu INSS’, Central 135, e/ou notificação bancária, não havendo a comprovação de vida, o pagamento poderá ser bloqueado.

Neste período, o segurado pode realizar a prova de vida no aplicativo ou site ‘Meu INSS’, rede bancária ou se dirigir à uma agência do INSS.

O que vale como comprovante?

Confira algumas das operações que são válidas para a prova de vida do INSS:

  • Acessar o aplicativo ‘Meu INSS’ ou apps que tenham certificação e controle de acesso;
  • Atendimento em Agência da Previdência Social;
  • Receber pagamento de benefício com biometria;
  • Fazer empréstimo consignado com biometria;
  • Fazer atualizações no Cadastro Único (CadÚnico).

Contudo, vale ressaltar que os segurados ainda podem realizar a prova de vida presencialmente, em agências bancárias e unidades do INSS.

Como era?

A prova de vida acontecia anualmente nas instituições financeiras pagadoras de benefícios. O procedimento era presencial, com apresentação de documento de identificação com foto a um funcionário ou feito por biometria nos terminais de autoatendimento.

Ainda mais, desde 2020, os segurados também podem fazer a prova de vida por biometria facial. O procedimento é feito por reconhecimento facial, com o uso da câmera do celular do cidadão pelo aplicativo ‘Meu INSS’.

Servidores públicos

Por fim, cabe mencionar que a prova de vida para servidores públicos federais inativos e pensionistas da União é feita somente nos aplicativos Sougov.br e Gov.br ou na agência bancária onde o pagamento é realizado. O procedimento deve ser realizado no mês de aniversário do servidor/beneficiário.

Fonte: Instituto Nacional do Seguro Social

FONTE BRASIL123

INSS inicia o ano confirmando NOVOS salários para aposentados e pensionistas

O INSS está iniciando 2024 confirmando o pagamento de novos valores para os aposentados e pensionistas do órgão federal. Desta forma, é fundamental manter registro para que não hajam surpresas na data de pagamento. Portanto, veja abaixo quais serão os novos valores pagos.

Neste ano, os pagamentos para 2024 do INSS serão reajustados. Isto deve ocorrer devido ao aumento registrado no salário mínimo. Após aprovação da Lei Orçamentária Anual, o novo valor do piso salarial foi definido pelo governo federal. Com a mudança, o valor do piso será de R$ 1.412, com um aumento de R$ 92,00.

Tendo em vista este ajuste, é fundamental que os brasileiros estejam atentos aos novos pagamentos que serão emitidos pela Previdência Social. Até o momento, já existe um calendário de pagamentos para o mês de janeiro em vigor e é importante que os cidadãos mantenham esta informação sob bastante atenção.

Confira abaixo o calendário oficial de pagamentos utilizado pelo INSS em janeiro

Com o aumento do salário mínimo, os cidadãos que recebem o piso da aposentadoria terão um reajuste nos valores mensais. Isto também deve acontecer para as pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), auxílio acidente e outros auxílios que utilizam o piso como base.

Para verificar quando o seu pagamento será realizado, é essencial utilizar o penúltimo dígito do seu cartão do benefício. Veja abaixo o calendário para janeiro de 2024:

Pagamentos realizados até um salário mínimo:

Final 1: 25 de janeiro;
Final 2: 26 de janeiro;
Final 3: 29 de janeiro;
Final 4: 30 de janeiro;
Final 5: 31 de janeiro;
Final 6: 01 de fevereiro;
Final 7: 02 de fevereiro;
Final 8: 05 de fevereiro;
Final 9: 06 de fevereiro;
Final 0: 07 de fevereiro

Pagamentos realizados acima de um salário mínimo:

Finais 1 e 6: 01 de fevereiro;
Finais 2 e 7: 02 de fevereiro;
Finais 3 e 8: 05 de fevereiro;
Finais 4 e 9: 06 de fevereiro;
Finais 5 e 0: 07 de fevereiro

FONTE FDR

2 Pagamentos para Aposentados e Pensionistas do INSS neste Fim de Ano

Antecipação de precatórios após decisão do STF. Calendário de pagamentos INSS para aposentados e pensionistas em dezembro.

Supremo Tribunal Federal (STF) determinou, por uma ampla maioria de 9 votos a 1, a favor do governo federal em relação aos precatórios, aquelas dívidas do governo reconhecidas pela Justiça.

Isso significa que a União poderá quitar uma soma significativa, aproximadamente R$ 95 bilhões, em dívidas até o final deste ano. A decisão revoga a chamada PEC do Calote, que adiaria esses pagamentos até 2026, proposta no governo de Jair Bolsonaro.

Na semana passada, o julgamento foi adiado pelo ministro André Mendonça, nomeado por Bolsonaro, que solicitou mais tempo para análise. Surpreendentemente, foi o único a votar contra o pedido do governo para regularizar os pagamentos. O desfecho foi concluído recentemente, com Mendonça e Kássio Nunes Marques, ambos indicados por Bolsonaro, acompanhando a maioria do tribunal.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO JORNAL JF pelo WhatsApp

Além de permitir o pagamento dos precatórios até 2026, o STF eliminou qualquer limite para esse processo. Isso pode liberar espaço no orçamento do próximo ano.

Agora, o governo precisa emitir uma medida provisória para liberar os recursos e quitar imediatamente essas dívidas judiciais.

presidente Lula, por meio da Advocacia-Geral da União (AGU), defendeu antecipar o pagamento dos precatórios que seriam postergados para 2027. Dessa forma, objetivo principal é evitar que as dívidas judiciais se acumulem a ponto de se tornarem impagáveis no futuro.

Evitando um Colapso Financeiro Futuro

Se mantido o regime atual de pagamento, a AGU alerta que a dívida judicial acumulada poderia atingir a cifra de R$ 250 bilhões em 2027, com um total de R$ 95 bilhões apenas entre 2022 e 2024.

Leia em seguida: ATUALIZAÇÃO: Lula Garante Aumento nas Aposentadorias de 2024 para Todos os Beneficiários! Saiba mais

Nesse sentido, antecipar esses pagamentos surge como uma estratégia para prevenir esse colapso financeiro.

Para liberar os recursos e cumprir essa antecipação, o governo deverá editar uma medida provisória ainda em 2023, abrindo espaço no orçamento de 2024. A equipe econômica acredita que é viável acomodar esse passivo gerado até abril deste ano nas metas orçamentárias de 2023. Contudo, em 2024, o espaço será mais restrito e poderá comprometer a meta de déficit zero.

Leia em seguida: NOVO Salário Mínimo 2024: Governo Revela Data de Início de Vigência – Saiba Mais!

Calendário de Pagamento do INSS: Antecipe-se

Enquanto isso, o calendário de pagamento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para dezembro já foi divulgado, com os depósitos iniciando em 21 de dezembro.

Cerca de 37 milhões de aposentados e pensionistas estão incluídos nesses repasses programados para 2023.

data de pagamento varia de acordo com o valor do benefício: para um salário mínimo ou acima dele. Consulte o número final do benefício para descobrir a sua data específica, desconsiderando o último dígito verificador após o traço.

A boa notícia é que é possível acessar o extrato do INSS pelo aplicativo ou pelo site Meu INSS, usando a conta Gov.br.

Isso permite conferir o extrato de pagamento, valores a serem recebidos nos próximos calendários, datas de pagamento e até agendar ou remarcar perícias, além de utilizar outros serviços relacionados aos benefícios da seguridade social.

Leia em seguida: BANCO DEVOLVE BOLADA: Veja quem tem direito de receber em 2023

INSS oferece diversos benefícios além das aposentadorias, como auxílio-doençaauxílio-reclusãopensõessalário-família e maternidadepecúlio e seguro-defeso. Vale a pena ficar de olho nas datas e se programar para receber os benefícios adequadamente.

FONRTE JORNAL JF

Beneficiários do INSS são surpreendidos com NOVIDADE aprovada

Boa notícia para os beneficiários do INSS. Um importante serviço poderá ser contratado por eles com taxas de juros mais baixas. A decisão veio após reunião do Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) na última segunda, 04.

Na última segunda-feira, 04, o Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) aprovou a redução de uma importante taxa de juros. O corte será aplicado para os beneficiários do INSS que forem usar esse serviço, sejam eles aposentados ou pensionistas.

Redução da taxa de juros para beneficiários do INSS
Durante a reunião ficou decidido que os aposentados e pensionistas terão juros mais baixos no empréstimo consignado.
O consignado é uma modalidade onde o desconto das parcelas é feito diretamente na folha de pagamento, ou seja, o cliente não precisa se preocupar com o pagamento delas.
Para os beneficiários do INSS a taxa com empréstimo consignado passou de 1,84% para 1,80% ao mês.
Enquanto para o empréstimo com cartão de crédito passou de 2,73% para 2,67% ao mês.
O limite dos juros para empréstimo consignado cai para 1,8%.
A decisão demorou um pouco para ser tomada por conta do impasse na porcentagem.
Enquanto a Previdência Social queria uma redução para 1,77% ao mês; a Confederação Nacional do Comércio (CNC), propunha os 1,80% aprovados agora.
O novo teto entra em vigor cinco dias úteis após a publicação da decisão no Diário Oficial da União (DOU).

Taxas de juros do empréstimo consignado do INSS

Mesmo com essa aprovação, os bancos têm liberdade para definir as suas taxas, desde que não ultrapassem o teto.

Para ajudar os brasileiros a escolherem a instituição bancária que mais atende as suas necessidades, o Banco Central faz atualizações constantes das taxas através do sue portal. Confira como está a taxa do consignado do INSS atualmente:

BANCO SICOOB S.A. 1,47
BANCO INBURSA 1,50
FINANC ALFA S.A. CFI 1,55
NU FINANCEIRA S.A. CFI 1,56
BCO PAULISTA S.A. 1,60
PARATI – CFI S.A. 1,63
BCO AGIBANK S.A. 1,63
FACTA S.A. CFI 1,64
BCO BRADESCO FINANC. S.A. 1,68
HS FINANCEIRA 1,70
BCO COOPERATIVO SICREDI S.A. 1,70
BCO BANESTES S.A. 1,71
CAIXA ECONOMICA FEDERAL 1,73
BCO DO ESTADO DO RS S.A. 1,73
CREFISA S.A. CFI 1,73
BANCO BARI S.A. 1,74
BANCO INTER 1,74
CCB BRASIL S.A. – CFI 1,75
BCO SANTANDER (BRASIL) S.A. 1,76
BCO CREFISA S.A. 1,76
BCO DO BRASIL S.A. 1,79
BCO C6 CONSIG 1,80
BCO SAFRA S.A. 1,81
BANCO PAN 1,82
BCO DAYCOVAL S.A 1,83
ZEMA CFI S/A 1,83
BCO BMG S.A. 1,84
BCO MERCANTIL DO BRASIL S.A. 1,85
BCO BRADESCO S.A. 1,85
BANCO ITAÚ CONSIGNADO S.A. 1,85
PARANA BCO S.A. 1,85
BCO DA AMAZONIA S.A. 1,86
GAZINCRED S.A. SCFI 1,88
ITAÚ UNIBANCO S.A. 1,88
BCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. 1,88
BCO CSF S.A. 1,95
BCO DO EST. DE SE S.A. 1,97
Para conferir as taxas do empréstimo para os demais grupos, acesse o site do Banco Central

FONTE FDR

Beneficiários do INSS são surpreendidos com NOVIDADE aprovada

Boa notícia para os beneficiários do INSS. Um importante serviço poderá ser contratado por eles com taxas de juros mais baixas. A decisão veio após reunião do Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) na última segunda, 04.

Na última segunda-feira, 04, o Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) aprovou a redução de uma importante taxa de juros. O corte será aplicado para os beneficiários do INSS que forem usar esse serviço, sejam eles aposentados ou pensionistas.

Redução da taxa de juros para beneficiários do INSS
Durante a reunião ficou decidido que os aposentados e pensionistas terão juros mais baixos no empréstimo consignado.
O consignado é uma modalidade onde o desconto das parcelas é feito diretamente na folha de pagamento, ou seja, o cliente não precisa se preocupar com o pagamento delas.
Para os beneficiários do INSS a taxa com empréstimo consignado passou de 1,84% para 1,80% ao mês.
Enquanto para o empréstimo com cartão de crédito passou de 2,73% para 2,67% ao mês.
O limite dos juros para empréstimo consignado cai para 1,8%.
A decisão demorou um pouco para ser tomada por conta do impasse na porcentagem.
Enquanto a Previdência Social queria uma redução para 1,77% ao mês; a Confederação Nacional do Comércio (CNC), propunha os 1,80% aprovados agora.
O novo teto entra em vigor cinco dias úteis após a publicação da decisão no Diário Oficial da União (DOU).

Taxas de juros do empréstimo consignado do INSS

Mesmo com essa aprovação, os bancos têm liberdade para definir as suas taxas, desde que não ultrapassem o teto.

Para ajudar os brasileiros a escolherem a instituição bancária que mais atende as suas necessidades, o Banco Central faz atualizações constantes das taxas através do sue portal. Confira como está a taxa do consignado do INSS atualmente:

BANCO SICOOB S.A. 1,47
BANCO INBURSA 1,50
FINANC ALFA S.A. CFI 1,55
NU FINANCEIRA S.A. CFI 1,56
BCO PAULISTA S.A. 1,60
PARATI – CFI S.A. 1,63
BCO AGIBANK S.A. 1,63
FACTA S.A. CFI 1,64
BCO BRADESCO FINANC. S.A. 1,68
HS FINANCEIRA 1,70
BCO COOPERATIVO SICREDI S.A. 1,70
BCO BANESTES S.A. 1,71
CAIXA ECONOMICA FEDERAL 1,73
BCO DO ESTADO DO RS S.A. 1,73
CREFISA S.A. CFI 1,73
BANCO BARI S.A. 1,74
BANCO INTER 1,74
CCB BRASIL S.A. – CFI 1,75
BCO SANTANDER (BRASIL) S.A. 1,76
BCO CREFISA S.A. 1,76
BCO DO BRASIL S.A. 1,79
BCO C6 CONSIG 1,80
BCO SAFRA S.A. 1,81
BANCO PAN 1,82
BCO DAYCOVAL S.A 1,83
ZEMA CFI S/A 1,83
BCO BMG S.A. 1,84
BCO MERCANTIL DO BRASIL S.A. 1,85
BCO BRADESCO S.A. 1,85
BANCO ITAÚ CONSIGNADO S.A. 1,85
PARANA BCO S.A. 1,85
BCO DA AMAZONIA S.A. 1,86
GAZINCRED S.A. SCFI 1,88
ITAÚ UNIBANCO S.A. 1,88
BCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. 1,88
BCO CSF S.A. 1,95
BCO DO EST. DE SE S.A. 1,97
Para conferir as taxas do empréstimo para os demais grupos, acesse o site do Banco Central

FONTE FDR

Aposentados e pensionistas do INSS recebem EXTRA na conta; Veja como consultar

Você, aposentado ou pensionista do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), está por dentro do valor extra liberado para este mês? A novidade se dá em razão do Conselho da Justiça Federal (CJF) ter liberado R$ 2,1 bilhões  para quitar as dívidas judiciais do governo federal com beneficiários. Entenda.

O montante irá será destinado ao pagamento a 133.515 beneficiários que venceram 103.747 processos de concessão ou revisão de benefício, cuja causa tenha valor de até 60 salários mínimos, o que dá R$ 79,2 mil neste ano.

A projeção é de que cerca de 37 milhões de aposentados e pensionistas sejam beneficiados com os seus pagamentos programados para 2023. Vale destacar, no entanto, que o cronograma de pagamento varia de acordo com os valores.

Como os aposentados do INSS podem se cadastrar no App?

O processo de cadastramento é simples. Basta acessar a loja de ferramentas do seu celular e digitar Meu INSS. A partir daí, clique no primeiro dispositivo que aparecer e dê início à instalação.

Uma vez em que a ferramenta foi devidamente configurada, o usuário deve preencher o formulário apresentado com os seguintes dados:

Número do CPF,
Nome Completo,
Data e local de nascimento,
E o nome da mãe.

Na sequência, será enviado um código de acesso validando a conexão com o dispositivo. Basta informá-lo ainda na tela do aplicativo e confirmar seu registro. Por fim, a ferramenta solicitará que o titular crie uma senha de acesso individual.

É válido ressaltar que, caso o sujeito tenha dificuldade e não consiga fazer o procedimento sozinho pelo app, ele pode ir até umas das unidades bancárias abaixo e solicitar seu cadastramento no Meu INSS:

Itaú;
Banco do Brasil;
Banrisul;
Bradesco;
Caixa Econômica Federal;
Mercantil do Brasil;
Siccob;
Santander;
E Sicredi.

FONTE FDR

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.