Pais de bebê salvo pela PM fazem visita de gratidão

Ocorrência foi na madrugada de 13/01 para 14/01 quando a equipe da Patrulha de Operações já havia encerrado o turno, com apoio ao Pré Carnaval de Congonhas (MG). Militares ainda estavam no quartel quando o telefonista recebeu a ligação da mãe da criança pedindo socorro. Eles rapidamente embarcaram na viatura e logo chegaram no endereço para prestar os primeiros socorros à criança que estava se asfixiando. No dia 29/01, o bebêzinho competou um mês. À época do fato estava com 15 dias de vida.

Hoje está com um mês, e graças à abnegação dos militares da 73ª CIA. A sobrinha da Sra Priscila ainda chegou a perguntar se os policiais estavam por perto quando do acionamento, tamanha a rapidez com que chegaram para socorrer a criança. A Sra Priscila não tem palavras para descrever a sua gratidão para com a PMMG. Militares da Patrulha de Operações: 3° Sgt Bolivar Castro, Cb Yuri e Sd Cruz. Sala de Operações: Sd Vilela.

Superando marca de 860 mil visitantes em 2023, parques estaduais são opção de lazer para as férias em Minas

Previsão é de que investimentos nas Unidades de Conservação cresçam ainda mais em 2024, podendo chegar a R$ 77 milhões

As Unidades de Conservação (UCs) gerenciadas pelo Instituto Estadual de Florestas de Minas Gerais (IEF-MG) registraram, ao longo de 2023, o maior número de visitantes dos últimos quatros anos.

Dados consolidados pelo Painel de Indicadores do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) mostram que 860 mil pessoas passaram pelas 35 unidades que realizaram controle de visitação em Minas, entre Parques Estaduais, Áreas de Proteção Ambiental e Monumentos Naturais.

O número representa um aumento de 45,76% em relação a 2022, quando foram registradas 590 mil visitas, e reforçam ainda mais a importância das políticas de conservação implementadas pela autarquia.

Atualmente, 95 UCs estão sob gestão do IEF, sendo que 23 delas possuem estrutura adequada para receber turistas. Muitas se destacam pela grande beleza cênica e relevância ecológica e foram criadas com a finalidade de preservar recursos hídricos como mananciais, veredas e cachoeiras, além das formações geológicas e geomorfológicas como cavernas, cânions e picos.

As unidades ainda podem proteger o patrimônio cultural, histórico, paleontológico e arqueológico, a fauna e flora nativas, especialmente as espécies ameaçadas de extinção, e propiciar pesquisas científicas, educação e interpretação ambiental e turismo de natureza.

A visitação nas unidades de conservação está sujeita às normas e restrições estabelecidas em seu Plano de Manejo ou pelo IEF. Em algumas delas o acesso só é permitido em caso de pesquisas científicas e depende de autorização prévia do órgão.

Segundo dados da Gerência de Planejamento e Orçamento (GPO) do IEF, em 2023 foram investidos R$ 70.332.142,44 nas Unidades de Conservação, incluindo melhorias, regularização fundiária, custeios, folha pessoal e contratação de brigadistas temporários. A previsão para 2024 é de que os investimentos cresçam em aproximadamente 10,60%, podendo chegar a R$ 77.788.169,28.

A diretora de Unidades de Conservação, Letícia Horta Vilas Boas, diz que os dados de visitação vêm ratificando a retomada do uso público no período pós-pandemia.

“Houve um aumento de mais de 275 mil visitantes entre 2022 e 2023. Tal fato é fomentado pelo Programa de Concessão de Parques Estaduais (Parc), à implantação de estruturas de uso público e fortalecimento da gestão do IEF, oportunizada por parcerias com instituições como o Funbio (Fundo Brasileiro para a Biodiversidade), por meio do Projeto Copaíbas, por exemplo, e a aplicação de recursos de compensações ambientais, em especial a compensação minerária”, diz.

Segundo ela, a inovação nos processos de elaboração dos planos de manejo, com a escuta das comunidades localizadas no interior das unidades, por meio de Consultas Livres Prévias e Informadas (CLPI), permitirá uma gestão ainda mais colaborativa e inclusiva no território de inserção dessas áreas protegidas.

“Tal ação repercute decisivamente na forma como essas unidades são percebidas, também pelo seu entorno, como importantes focos de prestação de serviços ambientais. Em 2024, vamos priorizar a utilização de ferramentas de gestão como o Cadastro Nacional de Unidades de Conservação (CNUC), Sistema de Analise e Monitoramento de Gestão (SAMGe), Painel de Indicadores do Sisema e demais sistemas em fase de planejamento”, detalha.

“Aliadas à elaboração de planos de manejo ainda mais comprometidos com os usuários dos territórios das UCs, certamente permitirão a consecução dos objetivos de criação destas unidades de conservação, com a excelência esperada do IEF”, avalia.

Unidades mais visitadas

O Painel de Indicadores do Sisema traz o número aproximado de visitação por unidade de conservação. Confiram quais foram as mais visitadas em 2023:

1º – APA Parque Fernão Dias – 140 mil

2º – MNE Serra da Piedade – 120 mil

3º – PE Serra do Rola Moça – 100 mil

4º – PE Ibitipoca – 80 mil

5º – PE Serra Nova e Talhado – 70 mil

6º – MN Peter Lund – 50 mil

7º – PE Sumidouro – 40 mil

8º – PE Rio Doce – 30 mil

9º – MN Várzea do Lageado – 30 mil

10º – PE Lapa Grande – 20 mil

Em janeiro, neste período de férias escolares, vários parques estão abertos à visitação e com atividades especiais. Confira nas informações sobre cada parque abaixo.

Melhorias de acesso ao Parque Estadual do Rio Doce

Primeira unidade de conservação criada no estado de Minas Gerais e uma das primeiras do país, o Parque Estadual do Rio Doce, no Vale do Aço, foi beneficiado em 2023 com a entrega das obras de pavimentação da LMG-760, pelo Governo de Minas, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG).
 

Evandro Rodney

A melhoria do trecho, de aproximadamente 50 quilômetros, era aguardada pela população local há cerca de 40 anos e facilitou o acesso à unidade de conservação.

As intervenções fazem parte do Provias, programa do Governo de Minas que é o maior pacote de obras rodoviárias da última década. O investimento foi da ordem de R$ 207 milhões.

O parque, que completa 80 anos em 2024, tem a maior área contínua de Mata Atlântica preservada no estado, incluindo rica biodiversidade e árvores centenárias.

Os rios Doce e Piracicaba são os principais corpos d’água da região. No local, é possível encontrar o jequitibá, a garapa, o vinhático e a sapucaia. Também abriga espécies raras e ameaçadas de extinção tanto da flora como da fauna.

Entre as principais atividades para os visitantes está a travessia “Transperdida” e a observação de aves. Ambas necessitam da contratação de condutores. O valor cobrado pela entrada no parque é de R$ 20.

Ibitipoca

O ano de 2023 foi especial para o Parque Estadual do Ibitipoca. Em julho, a unidade completou 50 anos e contou com uma expressiva presença de integrantes das comunidades locais para celebrar a data.

Localizado na Serra do Ibitipoca, uma ramificação da Serra da Mantiqueira, o Parque Estadual do Ibitipoca tem uma grande quantidade de grutas, além de córregos e riachos que formam atrativos como piscinas naturais e cachoeiras.

A unidade está aberta para visitação de terça a domingo, incluindo feriados, de 7h às 17h. O valor da entrada é R$ 25 durante a semana e R$ 30 aos finais de semana e feriados.
 

Evandro Rodney

“Neste período de férias, queremos receber visitantes para curtirem trilhas, picos, cavernas e cachoeiras. Nesta época do ano, as inúmeras quedas d’água, poços e lagos são as principais atrações, com banhos refrescantes na água dourada do Rio do Salto e Rio Vermelho. O parque é um convite para se conectar com a natureza e ajudar a protegê-la”, destacou a gestora da unidade Clarice Silva.

Desde sua criação, a comunidade no entorno abraça essa Unidade de Conservação. Ex-presidente e conselheiro da Diretoria da Associação dos Moradores e Amigos de Ibitipoca (Amai), Newton da Silveira Diniz, comemora o fortalecimento da gestão e proteção do parque.

“Temos uma visitação organizada, o que alavanca o potencial turístico da região. O parque é muito importante para nós e para a proteção ambiental de toda essa beleza natural”, diz.

O Parque Estadual do Ibitipoca foi uma das primeiras unidades de conservação mineiras a ter o processo de concessão concluído.

A empresa Parques Fundo de Investimento em Participações em Infraestrutura, representada pela corretora Fram Capital, é a concessionária que, durante 30 anos, será responsável pelo gerenciamento do uso de atividades de ecoturismo e visitação, além dos serviços de gestão, operação e manutenção dos atrativos no Parque.

A concessionária também fará a requalificação, modernização e reforma de infraestruturas, como centro de visitantes, quiosques, mirantes e restaurantes.

Serra Nova e Talhado

Parque Estadual Serra Nova e Talhado tem mais de 48 mil hectares preservados e abrange cinco municípios: Rio Pardo de Minas, Serranópolis de Minas, Mato Verde, Porteirinha e Riacho dos Machados.

Com vegetação predominante de campos rupestres, a unidade abriga diversas nascentes, entre elas a do Ribeirão São Gonçalo e dos rios Ventania, Suçuarana, Bomba, Ladim e do Córrego da Velha. Os fluxos d’água são fundamentais para o abastecimento dos municípios ao redor.
 

Evandro Rodney

A entrada é gratuita e a visitação acontece das 8h às 17h, todos os dias da semana. Existem quatro pontos abertos ao público, sendo possível realizar travessias, contemplação da natureza, observação de vida silvestre, dentre outras atividades: Poço do Jacaré e Escorregador (Serra Nova/ Rio Pardo de Minas); Talhado (Serranópolis de Minas) e Cachoeira do Serrado (Porteirinha).

“Poder contribuir com o desenvolvimento desse bem maior é algo surreal e procurar meios de aprimorar minha gestão junto com toda equipe é algo que soma muito. Ver a gratidão o bem-estar dos usuários locais, comunidades entorno e municípios de abrangência me mostra que estamos seguindo pelo caminho certo”, comemora a gestora da unidade, Grazielly Costa.

Moradora do distrito de Serra Nova, Albertina Gomes Santana, a Dona Beta, diz que até mesmo o comportamento dos moradores do distrito melhorou com a criação da Unidade de Conservação.

“Nós usamos os atrativos turísticos do parque e nos divertimos. Graças ao parque, tudo mudou na região. Com a preservação dele, a maioria das comunidades do entorno, os municípios de abrangência e adjacentes possuem água de qualidade nas torneiras. Tenho muito orgulho desse nosso grande tesouro”, diz.

“A Unidade de Conservação revela potencial turístico expressivo, com atividades voltadas para o lazer e ecoturismo, sendo esta uma grande alternativa para o desenvolvimento econômico da região. Ouso dizer que o Parque Estadual de Serra Nova e Talhado está entre os atrativos naturais mais bonitos de Minas Gerais. Só quem conhece sabe o quanto somos agraciados por ter em nosso município algo tão magnífico”, ressalta Davitt Bastos, vice-prefeito de Rio Pardo de Minas.

 

Rola-Moça

Evandro Rodney

Terceiro maior parque urbano do país, o Parque Estadual da Serra do Rola-Moça completa 30 anos em 2024. Com seus seis mananciais, a unidade foi criada com a finalidade de garantir a qualidade da água que abastece Belo Horizonte.

De fácil acesso, sua área abrange Belo Horizonte, Brumadinho, Nova Lima e Ibirité. Está aberto diariamente, das 8h às 17h horas e tem entrada gratuita.

O parque oferece aos visitantes uma série de atrativos naturais e atividades práticas que permitem contato direto com a natureza, como trilhas, circuitos ciclísticos e observação de aves.

A visitação aos mananciais tem restrições à realização de atividades educativas, e devem ser consultadas junto à administração para procedimentos e normas.

O gerente da unidade, Henri Dubois Collet, ressalta que a visitação ao parque ajuda a reforçar os cuidados com a preservação da natureza.

“A própria população que está nos visitando nos ajuda a proteger o parque. Quando se conhece, não se depreda”, pontua.
 

Evandro Rodney

Lapa Grande

Parque Estadual da Lapa Grande, em Montes Claros, no Norte de Minas, está de portas abertas durante todo o mês de janeiro. As visitas não precisam ser agendadas e os passeios podem ser feitos entre 8h e 16h. O ingresso custa R$ 5 e deve ser pago em dinheiro.

Outra orientação para os visitantes é para o uso obrigatório de sapato fechado e não é permitida a entrada de animais de estimação no local.

A gerente da unidade, Aneliza Melo, ressalta que o local é uma opção que os pais têm para aproveitar as férias escolares e levarem os filhos.

“Nesse período de janeiro, a gente está aberto todos os dias já pensando especialmente na família, nas crianças, que estão nesse período dentro de casa, precisando sentir e viver a natureza. Nada melhor do que vir para esse nosso tesouro, que tem vários atrativos, como o Rio Lapa Grande, além de playground para a criançada. É uma oportunidade para valorizar aquilo que nós temos”, detalha.

 

Evandro Rodney

Nova sede para o Serra Verde

O ano passado também marcou a entrega das chaves da futura sede do Parque Estadual Serra Verde, localizado próximo à área onde está instalada a Cidade Administrativa do Estado de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

Seguindo metodologia de instrução de processo para fins de desapropriação desenvolvida pela equipe do IEF, a gerência do parque iniciará a sua estruturação definitiva da sede, inaugurando uma nova fase na gestão da unidade.

O gerente do parque, André Portugal, ressalta que a visitação às unidades, além de trazer momentos de lazer, traz a conscientização ambiental e o engajamento da sociedade.

Neste sábado (13/1), haverá o primeiro mutirão do ano para plantio de 300 mudas de árvores em áreas atingidas por incêndios ou de restauração e recuperação ambiental. A atividade é gratuita, mas é necessário realizar a inscrição prévia nos contatos da administração da unidade.

“A gente está numa época de chuvas, então é importante a gente conseguir plantar essas mudas que produzimos ao longo do ano. Estão todos convidados a nos ajudar”, pontua o gerente.

 

Evandro Rodney

Líderes de visitação

As duas Unidades de Conservação mais visitadas em Minas têm atrativos distintos. A Área de Proteção Ambiental (APA) Parque Fernão Dias, localizada na Região Metropolitana de Belo Horizonte, entre os municípios de Contagem e Betim, tem fácil acesso e conta com pista de caminhada, campo de futebol, brinquedos, arquibancada, anfiteatro e áreas de convivência.

O parque resiste à expansão urbana e abriga remanescentes de Mata Atlântica e Cerrado, protegendo espécies endêmicas e ameaçadas, além de contribuir para a recarga hídrica das bacias dos rios Paraopeba e Velhas. Em 2023, teve seu plano de manejo aprovado.

Neste mês de janeiro, entre os dias 22 e 26/1, o público entre 5 e 15 anos poderá participar da Colônia de Férias no parque, promovida pela prefeitura de Contagem. As inscrições estão sendo realizadas no site da prefeitura.

Evandro Rodney

Ao todo, 200 vagas serão disponibilizadas por período, podendo, diariamente, os interessados fazerem suas inscrições no próprio local, limitadas a 50 por dia, por ordem de chegada.

Já as visitas ao Monumento Natural Estadual Serra da Piedade se dão principalmente em função do Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade, importante local de peregrinação e fé, patrimônio cultural, turístico e paisagístico de Minas Gerais.

A Serra da Piedade é reconhecida pelo valor ambiental, com campos rupestres, e o patrimônio histórico-cultural.

Devido ao fato do Monumento Natural Estadual Serra da Piedade ser composto de diversos estabelecimentos particulares, seus horários e dias de funcionamento precisam ser verificados junto a cada um deles.

FONTE AGÊNCIA MINAS

Fapemig dá dicas de museus que podem ser visitados durante as férias escolares neste mês

Fapemig dá dicas de museus que podem ser visitados durante as férias escolares neste mês

Durante as férias escolares de janeiro, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) preparou diversas dicas de museus mineiros que podem ser conhecidos pela população neste período. A cada dia, esses espaços atraem mais públicos por meio de atividades lúdicas, interativas, levantando debates atuais e explorando recursos digitais capazes de engajar e estimular as mentes mais curiosas.

Espaço do Conhecimento UFMG 

Até o dia 31/1, de terça-feira a domingo, às 15h, o Espaço do Conhecimento UFMG prepara uma programação gratuita destinada a todas as idades.  “RPG no museu”, “Um Dia de Astronauta”, visita a exposição “MetropoliTRAMAS” e “Crochetando histórias” são algumas das oficinas inéditas previstas. 

O museu está localizado na Praça da Liberdade,  700, no Bairro Funcionários, em Belo Horizonte. A entrada é gratuita com ingressos retirados até 2h antes do início das oficinas. 

Museu da PUC Minas  

Ainda em Belo Horizonte, o Museu de Ciências Naturais PUC Minas promove atividades de pesquisa, educação e lazer com apoio de profissionais qualificados e estudantes da própria universidade. Além do acervo de zoologia e a coleção paleontológica que reúne descobertas de mamíferos do Pleistoceno da América do Sul, o museu organiza atividades lúdicas para todas as idades. 

Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria, na entrada do museu. Nos dias 16 a 27/1, o local irá preparar uma programação especialmente dedicada às crianças incluindo trilha, pintura rupestre, escavação arqueológica e oficina de máscaras. 

Museu Dica  

Em Uberlândia, o Museu Diversão com Ciência e Arte (Dica), do Instituto de Física (Infis), da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), exibe e discute ciência, tecnologia, inovação e conhecimento através de conteúdos que abordam questões do cotidiano de forma contextualizada e divertida. O Dica conta hoje com quatro praças temáticas, uma trilha e um espaço de exposições temporárias.  Além disso, oferece minicursos de formação de monitores, cursos para professores e oficinas de experimentos. 

O museu volta a funcionar a partir do dia 16/1. Para visitá-lo é preciso agendamento prévio por Whatsapp ou e-mail. Você pode conferir a programação do Dica nas férias, em breve, na página do Facebook

Museu dos Dinossauros  

Às margens da BR 262, no km 784, a 25 quilômetros da cidade de Uberaba, encontra-se o Museu dos Dinossauros. O espaço faz parte do Complexo Cultural e Científico de Peirópolis (CCCP), centro de referência nacional em paleontologia que desenvolve atividades de pesquisa, ensino e extensão. Vinculado à pró-reitora de Extensão Universitária (Proext), da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), o museu recebe 60 mil visitantes anualmente e tem em seu acervo réplicas em esqueleto, reconstruções em vida, cenários, dioramas e fósseis encontrados na região. 

O museu está aberto todos os dias, com entrada gratuita, das 8h às 17h. 

FONTE AGÊNCIA MINAS

Prefeitura reforça compromisso com a educação durante visita às obras de nova Escola

Na manhã desta terça-feira, 26/12, o prefeito de Conselheiro Lafaiete, acompanhado pelo Secretário de Educação Albano Tibúrcio, realizou uma visita técnica para avaliar o progresso das obras de construção da nova escola situada no bairro Santa Cruz (Região da Barreira), que representa mais um grande investimento na educação do município.

Atualmente, em fase de conclusão das fundações, a obra tem um orçamento estimado em 3,9 milhões de reais e previsão de conclusão até julho de 2024, proporcionando mais um espaço educacional moderno e adequado para a comunidade escolar daquela região.

Durante a visita, o prefeito Mário Marcus enfatizou que a Administração Municipal tem buscado disponibilizar novos espaços para nossos alunos, ampliando vagas de creche e criando novas estruturas. Assim como está ocorrendo com a construção da Escola no bairro Siderúrgico e com as obras da Creche Bela Vista, que após anos de abandono, foram retomadas pela atual gestão com entrega prevista para a população no início do ano letivo.

O expressivo investimento nessas instituições de ensino demonstra o comprometimento da Administração Municipal com o progresso educacional de Conselheiro Lafaiete.

Mais de 1100 Alunos da Rede Municipal visitam o Museu de Reduções em Belo Horizonte

A Secretaria Municipal de Educação concluiu, na última semana, uma série de visitas técnicas envolvendo alunos do 4º e 5º anos ao Museu de Reduções. O projeto contou com a participação de 1100 estudantes e aproximadamente 300 profissionais.

O Museu de Reduções, recentemente inaugurado no Mercado de Origem em Belo Horizonte, anteriormente funcionava em Amarantina, Ouro Preto. A iniciativa para criar o Museu das Reduções surgiu do desejo dos irmãos Ênnio, Décio, Evangelina e Sylvia Alves de Vilhena, que empreenderam a reprodução de grandes monumentos arquitetônicos brasileiros. A jornada incluiu viagens pelo país, pesquisas, fotografias, cálculos, elaboração de croquis e plantas para criar réplicas que se destacam como verdadeiras obras de arte. Essas reproduções não se limitam a meras maquetes, pois são confeccionadas com os mesmos materiais das construções originais, sem o uso de produtos sintéticos ou industrializados. Dentre os elementos produzidos manualmente estão lampiões, grades, sinos, portões, balaústres, treliças, comportas metálicas, janelas, portas, colunas em cantaria, engradamentos, telhas de barro, de amianto, de zinco, entre outros.

Os artistas legaram ao Museu 29 réplicas de monumentos situados em 24 municípios de 15 estados brasileiros, representando a evolução da arquitetura ao longo dos últimos cinco séculos. Isso proporciona a estudantes, professores e à sociedade a oportunidade não apenas de contemplar e vivenciar parte significativa da história brasileira, mas também de aplicar conceitos atuais de multi e interdisciplinaridade.

Graças às habilidades manuais e intelectuais dos Irmãos Vilhena, eles desenvolveram ferramentas e técnicas capazes de transformar grandes monumentos arquitetônicos em pequenas obras de arte.

Essas visitas representam uma valiosa aula fora do ambiente escolar, oferecendo uma experiência enriquecedora aos participantes. Os alunos têm acesso a explicações que abrangem diversos componentes curriculares, como História, Geografia, Arte, Matemática, entre outros. Aprender torna-se mais divertido e interessante, transitando desde os séculos passados até o mundo contemporâneo, como destaca a Secretária Adjunta de Educação, Professora Edilvânia Resende.

Os alunos, em seus depoimentos, manifestaram encantamento diante da riqueza de detalhes e beleza das obras de arte. A Secretaria de Educação incentiva toda a comunidade lafaietense a se programar para esse incrível passeio cultural em nossa capital mineira.

O projeto é idealizado pela ARTS Realizações em parceria com o Museu das Reduções, Fundação Doimo e Mercado de Origem Olhos d’Água e patrocinado pelas empresas Ferro Puro Mineração, do Grupo Avante, e Mascarenhas Barbosa Roscoe Construções, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com Pronac número 204630.

Prefeitura de Presidente Kennedy visita Ouro Branco para conhecer o sistema do transporte público

O Programa Tarifa Zero de Ouro Branco é um grande sucesso da Gestão 2021/2024 e já é modelo para outras Prefeituras, inclusive de outros Estados

Nessa quinta-feira, dia 23 de novembro, uma comitiva da Prefeitura de Presidente Kennedy, Estado do Espírito Santo, visitou a PMOB em busca de informações sobre o sistema, custos, funcionamento do aplicativo, trâmites jurídicos e legais do sistema do transporte público local.

O prefeito Hélio Campos e equipe da PMOB receberam à equipe visitante e deram todos os detalhes a fim de colaborar com o desenvolvimento e bem-estar de todos!

Prefeitura de Presidente Kennedy visita Ouro Branco para conhecer o sistema do transporte público

O Programa Tarifa Zero de Ouro Branco é um grande sucesso da Gestão 2021/2024 e já é modelo para outras Prefeituras, inclusive de outros Estados

Nessa quinta-feira, dia 23 de novembro, uma comitiva da Prefeitura de Presidente Kennedy, Estado do Espírito Santo, visitou a PMOB em busca de informações sobre o sistema, custos, funcionamento do aplicativo, trâmites jurídicos e legais do sistema do transporte público local.

O prefeito Hélio Campos e equipe da PMOB receberam à equipe visitante e deram todos os detalhes a fim de colaborar com o desenvolvimento e bem-estar de todos!

Visita do ator e diretor Werner Schuemann na região

O ator e diretor Werner Schueman visitou as cidade de Congonhas, Ouro Branco e Conselheiro Lafaiete (MG). Ele esteve junto ao produtor cinematográfico e idealizador do filme Giovani Pires.
O ator e diretor Werner Schuemann, foi recepcionado e teve um dia de visita a obras de Aleijadinho e demais pontos Turísticos (domingo 05/11) em Congonhas na companhia do Prefeito Dr. Cláudio, posteriormente almoçaram juntos e trataram de diversos assuntos ligados ao filme e a novos projetos.

Na segunda (06/11) o produtor Giovani Pires, o ator e diretor Werner Schuemann, estiveram novamente em Congonhas no escritório do prefeito Dr Cláudio, junto alguns assessores e secretários, onde planejaram as datas inicias da gravação do filme TIRADENTES – UM NOME CHAMADO LIBERDADE.

Visita do ator e diretor Werner Schuemann na região

O ator e diretor Werner Schueman visitou as cidade de Congonhas, Ouro Branco e Conselheiro Lafaiete (MG). Ele esteve junto ao produtor cinematográfico e idealizador do filme Giovani Pires.
O ator e diretor Werner Schuemann, foi recepcionado e teve um dia de visita a obras de Aleijadinho e demais pontos Turísticos (domingo 05/11) em Congonhas na companhia do Prefeito Dr. Cláudio, posteriormente almoçaram juntos e trataram de diversos assuntos ligados ao filme e a novos projetos.

Na segunda (06/11) o produtor Giovani Pires, o ator e diretor Werner Schuemann, estiveram novamente em Congonhas no escritório do prefeito Dr Cláudio, junto alguns assessores e secretários, onde planejaram as datas inicias da gravação do filme TIRADENTES – UM NOME CHAMADO LIBERDADE.

China anuncia construção de nova fábrica em MG com investimento de R$ 17 milhões

Governador assinou o despacho que autoriza a construção da unidade industrial em Montes Claros, no Norte de Minas. Investimento será no período de 2023 a 2026, com a geração de cem novos postos de trabalho.

Em visita a Xangai, na China, o governador Romeu Zema divulgou a implantação de uma nova fábrica em Montes Claros, no Norte de Minas.

A operação será uma parceria entre uma empresa mineira de biotecnologia e companhia chinesa para produção de exames com alta tecnologia que garantem diagnósticos rápidos e confiáveis.

Nesta segunda-feira (6) foi assinado o despacho que autoriza a construção da unidade industrial na cidade do Norte de Minas. Está previsto o investimento de R$ 17 milhões no período de 2023 a 2026, com a geração de cem novos postos de trabalho.

Segundo Zema, o início da operação será em agosto de 2024. “É muito importante ver a região Norte do estado ganhando novos investimentos. Sendo na área da saúde é ainda mais gratificante, pois, além dos empregos gerados, essa fábrica vai significar melhorias no atendimento, uma vez que ter a possibilidade de fazer um teste e receber o resultado na hora pode salvar vidas”, disse o governador, por meio de nota divulgada para a imprensa.

Romeu Zema foi acompanhado no anúncio pelo presidente da Assembleia Legislativa (ALMG), Tadeu Martins Leite. O deputado norte-mineiro destacou o bom relacionamento entre o governo, a ALMG e os demais poderes na atração de empresas para o estado.

“Hoje é um momento de consolidar mais um investimento para Minas Gerais. Fico feliz duplamente por ser um investimento no meu estado e, nesse caso específico, também na minha cidade natal, Montes Claros. Quero parabenizar o Governo do Estado. Eu sempre falo que o ambiente que nós temos hoje, inclusive o relacionamento com o Parlamento e o Executivo, e também com outros poderes e entidades, contribui muito para a atração de investimentos. O bom relacionamento sempre ajuda”.

Com a entrada em operação dos projetos em curso, a expectativa é a de que Minas Gerais ocupe o segundo lugar em empregos no setor de biotecnologia no Brasil, de acordo com projeção da Invest Minas, Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais, vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede).

FONTE G1

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.