Tragédia em Queluzito: Delegada incrimina motorista embriagado que fugiu do local do crime após matar dois motoqueiros e negar socorro

26
As vítimas Lúcio Flávio e Tarcísio Resende: um destino trágico para o tio e sobrinho/ Lafaiete Agora
Moto em que estavam as vítimas/Divulgação
Moto em que estavam as vítimas/Divulgação

A Polícia Civil de Lafaiete já concluiu o inquérito aberto para apurar o trágico acidente que vitimou duas pessoas em uma moto na manhã do dia 15, perto de Queluzito, na MG 844. A delegada enquadrou o motorista do Gol, Josemir Ferreira, de 29 anos, que mora no Bairro São Sebastião, pelos crimes de homicídio doloso, direção sob influência de álcool e omissão de socorro. Já a passageira, Cinthia Leite Alves, de 33 anos, moradora do bairro Santa Terezinha, foi enquadrada no crime de omissão de socorro.

Josemir está recolhido desde o dia do acidente no presídio de Lafaiete e caso o promotor aceite a denúncia ele vai a júri popular. Cíntia responde o inquérito em liberdade.

A tragédia

Suposto dono do Gol negou socorro, mas foi encontrado pela PM a 5 km do acidente/ Divulgação
Suposto dono do Gol negou socorro, mas foi encontrado pela PM a 5 km do acidente/ Divulgação

A Polícia Rodoviária foi acionada na manhã de domingo, dia 15, a comparecer a rodovia onde se encontravam duas vítimas fatais de um acidente. No local estavam os militares dos destacamentos de Casa Grande e Queluzito que foram solicitados por Isolino Estevam de Paula, o primeiro a deparar com o acidente.

A motocicleta teria sido atingida por um veículo Gol, de cor vinho, matando Lúcio Flávio Avelino, de 30 anos, e Tarcísio Sávio de Resende, de 47 anos.

Durante o deslocamento para o local, os policiais observaram próximo ao KM 3 que havia um veículo de cor vinho parado à margem direita da rodovia que aparentava ter se envolvido em um acidente.

No local, os militares encontram também o condutor Josemir e passageira Cintia que confirmaram terem participado o sinistro. Os envolvidos foram levados até o local do fato, sendo o senhor Josemir submetido ao teste de bafômetro no qual foi constatada embriaguez.

As vítimas Lúcio Flávio e Tarcísio Resende: um destino trágico para o tio e sobrinho/ Lafaiete Agora
As vítimas Lúcio Flávio e Tarcísio Resende: um destino trágico para o tio e sobrinho/ Lafaiete Agora

Perguntados sobre o acidente, o casal disse que não se recordava do ocorrido. O cidadão que se identificou como Josemir Ferreira não portava nenhum documento pessoal gerando suspeita sobre sua verdadeira identidade, também não soube esclarecer a origem do veículo que conduzia.

Ele afirmou que não conhece o proprietário, mas ainda assim, estava de posse do CRLV. em nome de um terceiro. A senhora Ana Paula Marque Moreira, irmã de Lúcio Flávio, foi quem identificou as vítimas e ficou responsável pela motocicleta e os pertences delas.

Josemir foi preso em flagrante e encaminhado para o pronto socorro de Conselheiro Lafaiete para a confecção de Auto de Corpo Delito juntamente com Cinthia que reclamava de dores pelo corpo. Logo após apresentados à autoridade policial.