Um gesto de amor, fidelidade e compaixão de um morador de rua por seus cães!

15

Recentemente vi uma notícia de um gesto de amor, fidelidade e compaixão pelos animais compartilhada pela página do G1 no facebook. Um verdadeiro exemplo para cada um de nós! E gostaria de compartilhar com vocês, meus queridos leitores.

Em junho deste ano – 2016 de acordo com o site g1.globo.com, Rogério Benedito Moreira, morador de Rua da cidade de São Paulo há mais de 40 anos,  se recusou a ir para abrigos oferecidos pela prefeitura da cidade para não deixar os companheiros de vida (seus cães) ao relento na rua. Um gesto muito nobre no mundo de hoje.
Além dele, outros moradores de rua da cidade têm se recusado a ir para abrigos pelo mesmo motivo, conforme relata Rogério e Rodrigo:

“Posso passar frio, o jeito que for, mas junto com eles. Já que não tem vaga pra eles, não tem vaga pra mim”. – Rogério Benedito Moreira.

Rogério Benedito Moreira.
Rogério Benedito Moreira

“O albergue não aceita animal. Eu não vou deixar meu amigo fiel, que cuida de mim de noite, entendeu, acho que é injusto, né? É um animal, um companheiro, ele protege, ele late”. – Rodrigo Silva de Assis.

Rodrigo Silva de Assis
Rodrigo Silva de Assis

Enquanto estes simples moradores de rua dispensam qualquer conforto para não se separarem de seus fiéis companheiros, aqueles que têm teto, família e renda os abandonam nas ruas com a maior facilidade, ou melhor, simples animais, porque quem abandona não os veem como companheiros criam as mais diversas desculpas, e em sua maioria fútil por se tratar de uma vida!
Isso reforça a ideia de que quase sempre quem menos tem, é quem mais compartilha.

Aprendamos com estes moradores que o pouco que tem divide com seus companheiros fiéis!!!
Mais amor, fidelidade e compaixão pelos animais, por favor!!!
Sem sombra de dúvidas seus animais jamais os abandonariam!!! Retribuam!!!

Fonte: g1.globo.com

Adoção Conjunta

Adoção conjunta

 

 

Por:ULLY DANIELY

[email protected]