Vereador aciona o MP para obrigar MRS instalar cancelas em Lafaiete

20
Vereador Sandro José/CORREIO DE MINAS

O Presidente da Câmara de Lafaiete, Sandro José (PSDB), acionou o Ministério Público cobrando a instalação de cancelas nas passagens de níveis nos Bairros São Benedito, Gagé e Buarque. Nos 3 locais, o fluxo intenso de veículos e de pessoas  registraram diversos acidentes com vítimas fatais.

Após inúmeras tentativas fracassadas de cobranças por mais segurança junto a MRS, o vereador resolveu acionar o MP através de pedido de abertura de Ação Civil.

Sandro ampara sua cobrança em uma lei municipal aprovada na Câmara em 2010. A legislação obriga que o serviço de transporte de carga sob trilhos deverá instalar cancelas com sinalização luminosa e sonora nos locais de travessia de pedestres e veículos.

Pela lei, a MRS é obrigada fiscalizar os locais a cada 7 meses e enviar o relatório a prefeitura. Em caso de descumprimento a legislação prevê multa diária de R$500,00. O vereador Sandro José informou a nossa reportagem que por diversas vezes solicitou informações a MRS sobre a aplicação da lei municipal, porém sem sucesso. “Nos sobrou apenas o recurso de apelar a intervenção da Promotoria para que defesa a vida de nossos pedestres e cidadãos. Acredito que a vida esteja acima do lucro e vamos lutar a até ao fim para a colocação das cancelas. Questionada, a MRS não quis comentar o assunto.

Histórico

No dia 24 de outubro do ano passado, um carro foi atingido por um trem na passagem de nível de Buarque de Macedo vitimando José Márcio Carvalho, de 49 anos. Ele estava indo pescar com seus outros 2 irmãos que nada sofreram.

Já no dia 15 de setembro, um outro acidente quase terminou em tragédia quando um ônibus da Viação Presidente atingiu um trem que passava na travessia da linha férrea na rua Santo Antônio de Paula, no bairro São Benedito.