Vereador reclama de pagamento de multa de rotativo em Lafaiete

11
Vereador Alan Teixeira/CORREIO DE MINAS

Usando a Tribuna na noite de ontem, dia 18, o vereador Alan Teixeira (PHS) criticou a gestão do sistema rotativo, mais especificamente a burocracia do pagamento de multas. Segundo a reclamação ele teria ido a uma agência bancária de Lafaiete efetuar o pagamento de uma multa de trânsito. Depois de passar por uma longa fila de espera foi surpreendido pelo caixa que afirmou que o Banco não poderia receber a cobrança porque não estava conveniado com a prefeitura, isto é, apto ou credenciado pelo serviço. “Uma cidade como Lafaiete como mais de 130 mil habitantes, como a prefeitura que administra o trânsito da cidade ainda não tem convênio com os bancos para pagamento de multas?”, questionou em tom de crítica.

Ainda segundo Alan, após receber o aviso do bancário, teve que se deslocar até a prefeitura para entrar novamente enfrentar uma fila e enfim solicitar uma guia para pagamento. “Como uma prefeitura que administra o trânsito não se prepara para atender com eficiência o usuário? Eu estou pagando pelo serviço. É desorganização ou burocracia”?”, assinalou.

O vereador Alan é também aturo de um requerimento em que questionou a eficiência do sistema do rotativo digital gerido pela empresa TI Móbile.