Vereadores alertam para o período chuvoso e cobram limpeza de rios e bueiros

10
Vereadores alertam para o período chuvoso e cobram limpeza de rios e bueiros/CORREIO DE MINAS

“É chover que Lafaiete alaga!”. Este é a frase mais ouvida e temida quando o período chuvoso chega. Ontem, DIA 14, durante a sessão da Câmara, os vereadores aprovaram um requerimento solicitando o município, através da secretaria de obras e da defesa civil, o planejamento para enfrentar a possibilidade de alagamentos e enchentes. A preocupação é vulnerabilidade da cidade com inúmeras áreas de riscos e de inundações frequentes. A cidade carece de planejamento e infra estrutura.

Os vereadores desejam informações sobre um plano de ação para limpeza de rios, desassoreamento dos rios Ventura Luis e Bananeiras. Também cobram um mapeamento dos locais de inundações, como também se o município tem um Plano de Contingência para enfrentar as adversidades climáticas que acaso vierem.”A prefeitura precisa mostrar resultado e ter um plano para este período. Esta é a nossa preocupação para atuar na prevenção e preparar nossa população, já que recentemente ficou destruídas pelas chuvas”, alertou Lúcio Barbosa (PSDB), um dos autores do requerimento.

Carla Sassi (PSB) adiantou que o município tem o Plano de Contingência, mas precisa de organização e planejamento. Carlos Nem (SO) disse que já cobrou da secretaria de obras ações de limpeza nos rios em locais onde há constantes alagamentos como no Rio Ventura Luiz no Bairro Manoel de Paula. “Não vou culpar só o poder público, mas temos que nos preparar”, frisou Alan Teixeira (PHS), um dos autores do requerimento.

No dia 14 de janeiro deste ano, um temporal de 30 minutos foi o suficiente para espalhar pânico. Além da queda de árvores, as inundações rotineiras na área central arrastaram carros.