Viação Presidente: ônibus estraga e passageiros seguem a pé até o destino final

18

 

Mais uma vez, a Viação Presidente é envolvida em deúncias de má prestação de serviços no transporte público. E causa reincidente foi a foi a situação precária da frota.

Alguns passageiros ficaram a espera do conserto do ônibus

Nesta manhã de hoje, dia 26, no horário de 11:10 hora, passageiros da Viação Presidente, linha bairro Santa Rosa/Maternidade em Conselheiro Lafaiete ficaram na mão mais uma vez devido a pane no ônibus que fazia a linha do bairro no horário de 10:30 horas.

​​O ônibus apresentou o defeito quando passava próximo ao Santuário da Luz. O motorista comunicou ao setor de transporte que ao invés de enviar outro veículo, enviou um mecânico ao local.

Durante os reparos os passageiros tiveram que permanecer dentro do ônibus ou seguirem a pé. “Um descaso com o usuário” comentou uma passageira que preferiu não se identificar. Ela disse que chegou 45 minutos atrasada no seu local de trabalho.  “O motorista comunicou com a empresa e disse que eles iriam m andar outro ônibus, porém mandaram um mecânico que demorou, mais conseguiu consertar o veículo” disse ela revoltada. ​

A situação complicada

O final de maio, o novo gerente da Viação Presidente, Luiz Carlos Beato, participou da reunião da Federação das Associações de Bairro (Famocol), onde expôs a dura situação financeira, relatando na ocasião eu a empresa inicia suas atividades diárias já acumulando um prejuízo de R$ 8,3 mil inicial.

Ele citou que da frota de 53 ônibus que atendem as 27 linhas, 38 terão que ser trocados até março de 2019 pois são veículos com mais de 700 mil km rodados. Ele reconheceu que as condições dos ônibus estão aquém da qualidade exigida pelos usuários.

Fotos: Pedro Pedreiro

Leia também: