Violência: Ouro Branco registra 2 furtos ao dia

16
Ouro Branco/Reprodução

Somados os frutos de Lafaiete, Congonhas e Ouro Branco chegam ao número de 9 ocorrências ao dia

Ano passado Lafaiete registrou quase 5 assaltos por dia/Reprodução

Das 3 principais cidades do Alto Paraopeba,  Ouro Branco foi a que menos a violência cresceu entre 2015 e 2016. O número de roubos, quando há o uso de arma, subiu cerca de 20%, saltando de 84 em 2015 para 101 em 2016. Até final de maio já haviam registros de 57 casos. Já em relação aos furtos houve uma manutenção do número no período com 800 casos em 2015 e 808 em 2016. Já neste ano foi de 154.  Os números mostram que diariamente são registrados dois furtos na cidade. Os dados foram obtidos por nossa reportagem junto a Assessoria organizacional do 31º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Lafaiete. O Armazém de Dados é um conjunto de  dados integrados cujo principal objetivo  é   prover informações  de  apoio  e consulta a  decisões  gerenciais.

Lafaiete

Em Lafaiete, o número de furtos também teve um ligeiro aumento em torno de 10%. Em 2015 foram registrados 1.602 e em 2016 o número foi a 1.734 roubos. Em Lafaiete entre 2015 e 2016 houve um amento de 40% no número em assaltos. Em 2015 foram registrados 202 e 2016, foram 289.

Congonhas

Entre 2015 e 2016, houve um aumento de pouco de 10% em frutos. Congonhas saltou de 807 para 894 nos dois anos. Isso mostra que foram registrados 2 furtos diariamente na cidade no ano passado. Já nos crimes de assaltos nos quais há o uso de arma de fogo, a cidade experimentou um crescimento preocupante. Em 2015 a PM registrou 52 assaltos e em 2016 o número subiu para 86, o perfaz um aumento de mais de 60%.