Viva! Cortejo teatral e bolo encerram as comemorações de 306 anos de Entre Rios de Minas

14

Celebrar a cultura de um povo! A Mesopotâmia do Brasil chegou aos 306 anos, desde que seus fundadores. os portugueses, Pedro Domingues e Bartolomeu Machado Neto ficaram suas bandeiras em solo do então Brumado.

Bolo foi partilhado com os entrerrianos na Praça Senador Ribeiro/CORREIO DE MINAS

Para comemorar mais um aniversário da cidade, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, promoveu um evento simples, mas significativo, carregado de simbolismo que a data expressa. Não faltaram arte, cultura e música envolvendo os diversos públicos.

Na quinta feira (18), foi aberta a exposição  “Olhar por Entre Rios de Minas” no qual as crianças das escolas municipais expuseram desenhos sobre a visão sobre a cidade. A mostra expôs os bordados dos artesãos retratando as casas antigas de um rico patrimônio histórico que ainda resiste. Alguns fotógrafos locais mostraram as paisagens urbanas e rurais nos mais variados ângulos. Na parte da noite, aconteceu a exibição do premiado filme “Bacurau”.

Na sexta feira (19), o cantor e compositor Luiz  Gabriel Lopes, que residiu em Entre Rios de Minas por mais de 14 anos, apresentou-se seu pocket show no Centro Cultural. O artista desponta na cena musical de vanguarda com várias turnês internacionais, retornou a cidade para mostrar seu talento de sua promissora carreira.

Devido ao temporal ocorrido ontem (20), data oficial dos 306 anos, a programação foi transferida para hoje (21). O grupo de São João del Rei, Teatro da Pedra, fez o cortejo, pela manhã, circulando a Praça Senador Ribeiro, e encerrando a apresentação em frente a Matriz de Nossa Senhora da Brotas, com o nascimento de Jesus.

Um bolo comemorativo foi partilhado com os entrerrianos.

 

Pas bordados