22 de junho de 2024 16:41

Prefeitura de Lafaiete orienta produtores rurais sobre a implantação do SIM

A secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, por meio da Gerência de Agropecuária e Abastecimento realizou no último sábado, 06/05, uma ação educativa no Mercado do Produtor. O objetivo foi levar aos produtores e consumidores da feira as orientações sobre o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e a importância de oferecer e consumir produtos certificados.

A Médica Veterinária Lidiane de Andrade Vidal e a Bacharel em Ciência e Tecnologia de Alimentos Naiara Thais Barbosa Sacramento, distribuíram material educativo / informativo aos produtores orientando-os quanto à importância de ter seu produto certificado com o selo do SIM, assegurando desta forma a oferta de produtos que atendam aos padrões de qualidade sanitária. Informaram que devem se cadastrar aqueles que trabalhem com produtos de origem animal como carnes, ovos, leite, mel e seus derivados.

Prefeitura de Lafaiete orienta produtores rurais sobre a implantação do SIM/Divulgação

As profissionais da secretaria informaram também aos clientes da feira sobre a relevância de consumir produtos certificados a fim de garantir que levem para casa produtos de qualidade que não comprometerão a saúde da família. Orientaram que os consumidores confiram as embalagens e rótulos dos produtos onde constem informações essenciais como validade, ingredientes e modo de conservação, além do selo que mostra que o alimento foi produzido dentro dos padrões sanitários exigidos.  No material distribuído constam ainda orientações sobre cuidados com alimentos, como escolher, conservar e higienizar.

Devem se registrar todos aqueles estabelecimentos que abatam animais, produzam matéria-prima, manipulem, beneficiem, preparem, embalem, transformem, envasem, acondicionem, depositem e industrializem produtos de origem animal e ainda aqueles produtores de alimentos vegetais in natura. Com a certificação produtores também são beneficiados, pois com seus produtos regularmente registrados terão seus mercados ampliados, evitam prejuízos com apreensão de mercadorias ou multas, recebem auxílio técnico, têm autorização para uso de selo de qualidade aumentando a credibilidade de seus produtos e oferecem produtos de qualidade, isentos de perigos e seguros para a saúde do consumidor. As ações de inspeção e fiscalização terão inicialmente caráter educativo, sendo criados programas de capacitação para produtores. Os estabelecimentos ainda poderão receber registros provisórios até se adequarem às normas. A fiscalização será realizada por profissionais qualificados, devidamente identificados, respeitando as peculiaridades de cada produtor. Mais informações pelos telefones (31) 3769-9037 ou 3769-3011.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade