28 de maio de 2024 17:51

Perícia técnica levanta hipótese de acidente em morte de jovem que caiu de prédio

Perícia técnica levanta hipótese de acidente em morte de jovem que caiu de prédio/CORREIO DE MINAS

Ontem por volta das 22:00 horas, após acionamento, Policiais Militares compareceram a Rua Narcisa de Queiroz, Bairro Campo Alegre, onde já se fazia presente equipe do Corpo de Bombeiros Militar e uma equipe do SAMU que relataram ter constatado o óbito da jovem Sarah Maria Miranda (17 anos).

Em contato com a genitora da menor, esta relatou que a filha chegara em casa por volta das 21:25 horas depois de fazer um lanche em sua companhia, ela teria lhe dito que iria se deitar, deslocando-se para o quarto.

Em seguida, a genitora disse ter ouvido um forte estrondo vindo da casa dos fundos ao seu apartamento e ao chegar na sacada, visualizou um corpo caído ao solo. Somente quando se dirigiu ao quarto da menor para lhe contar o que acabara de ocorrer foi que constatou que o corpo ao solo era o de sua filha.

A Perícia Técnica verificou que a menor se encontrava com um pijama, sendo que por baixo de tal roupa, trajava uma calça jeans e uma blusa de cor vermelha, havendo um sapato escondido dentro de sua calça, um aparelho celular no bolso da calça e um molho de chaves de sua residência.

A hipótese aventada pela equipe da Perícia Técnica é de que a vítima sofrera uma queda acidental da sacada do apartamento, uma vez que também segundo sua mãe, a menor não possuía nenhum histórico de comportamento depressivo e nem de envolvimento com drogas.

Segundo populares no local há uma hipótese não acidental da morte já que a jovem fugia sempre de casa para se encontrar com amigos.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade