20 de junho de 2024 18:44

Cidades perdem mais 1,7 mil eleitores; quase 39 mil títulos podem ser cancelados em Lafaiete e mais 14 mil em Ouro Branco

Terminou no dia 20 de dezembro o prazo final para o cadastramento biométrico das cidades de Catas Altas da Noruega, Cristiano Otoni e Itaverava. Pelos dados atualizados junto ao Cartório Eleitoral, as 3 cidades perderam 1.705 votantes. Do total de 13.746 eleitores, cerca de 12.041  (88%) foram biometizados

Itaverava foi a cidade que mais perdeu eleitores. Do total 5.599, cerca de 4.895 (87,43%) foram biometizados.

Cristiano Otoni com 4.368 eleitores cadastrou 3.791 (86,79%), uma perda de 577 eleitores. Catas Altas da Noruega, com 3.779 eleitores, biometizou 3.355 eleitores (88,78%), um déficit de 424 títulos que podem ser cancelados.

Bom exemplo

As cidades de Santana dos Montes, Lamim e Queluzito deram bom exemplo de mobilização e conseguiram cadastrar 99,87% dos seus eleitores na biometria. Dos tola de 8.766 eleitores, cerca de 8.728 eleitores tiveram duas digitais cadastradas chegando a 99,57%.

 

Lafaiete perde quase 39 mil eleitores e mais de 14 mil títulos podem ser cancelados

Se a eleição fosse hoje (05/01) Lafaiete perderia, dos 94.570 eleitores cadastrados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o número expressivo de 38.882 cidadãos aptos a votar no pleito municipal. Isso porque até o momento do total dos votantes apenas 55.748 (58,95%) realizaram o cadastramento biométrico.

Somente podem votar nas eleições de 2020 quem estiver no cadastro do sistema do TRE. O prazo final termina no dia 20 de fevereiro e não haverá prorrogação. Quem não cadastrar suas digitais em tempo hábil está sujeito ao cancelamento do título.

Mas o tempo corre contra os eleitores que deixarem para a última hora para realizar a biometria. Até o prazo final restam ainda 36 dias corridos. Isso quer dizer que os funcionários do Cartório Eleitoral terão que se desdobrar e realizar cerca de quase 1.078l cadastros/dia para chegar ao numero oficial de eleitores. Uma missão árdua e quase impossível se levar em conta o numero de funcionários e tempo necessário para realiza a biometria para cada eleitor.

 

Situação de Ouro Branco ainda é mais agravante

Se a situação de Lafaiete é complicada para chegar a meta estabelecida de cadastrar todos eleitores, apesar de todos os esforços, a cidade mais atrasada na biometria na região é Ouro Branco.

Dos 30.418 eleitores apenas 15.995 (52,58%) foram biometizados. Se eleição fosse hoje a cidade perderia 14.423. O prazo final para a biometria termina no dia 20/2.

Isso quer dizer que para chegar a total de votantes seriam necessários, a partir de hoje, a realização de 410 cadastros de biometria/dia.

Casa Grande

O prazo final para o término dos eleitores de Casa Grande termina no dia 21/02 e lá 71,22% foram biometizados. Do total de 2.540 eleitores cerca de 1.809 foram biometizados.

É importante

Quem não fizer a biometria terá o título de eleitor anulado e não vai poder votar nas próximas eleições.

-Não consegue emitir passaporte

-Não consegue emitir carteira de identidade

-Não consegue se matricular em instituições de ensino

– Se tiver função ou emprego público, não recebe o salário.

 

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade