27 de maio de 2024 21:32

Lamim e região perdem ex-prefeito

Nesta manhã chuvosa, véspera de Natal, dia 24 de dezembro, faleceu na cidade de Lamim, aos 87 anos, Bernardino Pereira. Fazendeiro, produtor de leite, comprador de terras, negociador de bois, prefeito.

Bernardino, como bem conta os antigos, foi um verdadeiro mito, no amplo significado da palavra. Não frequentou escolas formais, segundo ele, porque não sobrava tempo, tinha que trabalhar. Trabalhou de sol a sol e muitas vezes de sol a lua. Não tinha preguiça. Com sua dedicação e astúcia fez fortuna. Com sua determinação e coragem fez historia.

Desde a fundação do município de Lamim teve participação ativa na política. Seu pai, Francisco Pereira Couto, o Chico Henrique, foi vice prefeito de Lamim. O irmão Artur Pereira foi vereador. O genro Afonso Silva foi vereador. O sobrinho Moacir, que foi seu braço direito, no ultimo pleito conquistou o direito de ser vereador pela sexta vez. Também em 2020 o neto Jean, foi eleito vereador pela primeira vez. Elegeu seu filho Ely Rezende vereador e prefeito, por dois mandatos. Foi político vencedor.

Com apoio de Bernardino Pereira muitos foram eleitos prefeitos no município. Atá que chegou o dia em que o fazendeiro decidiu que o prefeito seria ele. Nos braços do povo foi eleito com a maior frente de votos da historia de Lamim. Obteve 715 votos de frente sobre o oponente. Ocupou o posto de prefeito entre os anos de 1993 a 1996.

Em seu mandato fez estradas, construiu pontes, calçou ruas. Como prefeito o povo passou a curtir o carnaval na praça, como acontece até hoje. Para crianças fez parquinho. Para os adultos fez festa e apoiou o futebol no campo. Seu maior orgulho foi ajudar a quem precisava. Investiu na educação, implantou escolas. Gostava dizer que foi o prefeito que mais trabalhou, não tinha gabinete, seu escritório era nas frentes de trabalho, onde pegava no pesado junto com os servidores da prefeitura. Após ajudar muita gente a matar a fome, amparar que tinha frio, deixar os filhos bem, apoiar os netos e bisnetos, chegou a hora da cavalgada final. Hoje nos resta lamentar sua partida. Neste dia que antecede a celebração do nascimento de Jesus, partiu para o campo celestial, um verdadeiro mito, Bernardino Pereira.

O sepultamento será hoje às 16hrs

O prefeito Marco Antônio Assis decretou luto de um dia pelo falecimento de Bernardino Pereira

Fabrício Miranda, jornalista e neto

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade