20 de junho de 2024 18:08

Sargento da Polícia Militar é indiciado por feminicídio em cidade da região; mulher foi morta por ciúmes

A Polícia Civil concluiu nesta terça-feira (19) o inquérito policial 0037168-30.2020.8.13.0056 acerca de um feminicídio ocorrido no município de Barbacena, em setembro de 2020.

Na ocasião, a vítima, Stefânia Moreira Campos foi encontrada sem sinais vitais, caída no chão de um dos quartos de sua residência e com um ferimento no tórax, causado por disparo de arma de fogo. Inicialmente, o suspeito, Policial Militar A.S.N. e então namorado da vítima, afirmou que ela teria cometido suicídio. 

Foi apurado através das investigações e diligências obtidas através de diversas provas e evidências, que o Policial Militar, A.S.N , tirou a vida da namorada por ciúmes.

Diante dos fatos, a Delegada Amanda, responsável pelo caso indiciou o investigado pelo crime de feminicídio, crime no qual a pena pode ser de 12 a 30 anos de prisão. As investigações foram encerradas e o inquérito policial será encaminhado ao Ministério Público para possível apresentação de Denúncia Criminal.

O crime foi elucidado através do empenho da equipe de policiais civis da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, com o apoio da equipe de policiais civis responsável pela apuração dos crimes de homicídio. A família da vítima, através de seus Advogados, se pronunciou: “Parabéns à Polícia Civil pelo zelo nas investigações.

Na representação técnica da família da vítima, continuaremos trabalhando para congregar a incidência da ira da Lei Penal ao responsável”, destacou Dr. Hugo Viol Faria, um dos Advogados da família da vítima. (Barbacena Mais)

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade