25 de maio de 2024 13:56

Enfim! depois de mais de 10 anos, prefeitura inicia obra de restauro da Fonte Luminosa

Depois de mais de 10 anos, mas uma obra que será concluída. Com recursos do Fundo Municipal de Patrimônio e Cultura, no valor de R$512 mil, a fonte luminosa, situada na Praça Tiradentes, será enfim restaurada.

A empresa contratada (Minas Construções e Restaurações Eireli), através do Processo Licitatório 086/2021 Tomada de Preço 008/2021, em reunião com o Secretário de Obras Daniel Moreira Coelho, o Secretário de Cultura Geraldo Lafayete e a Arquiteta Amanda Alvarenga, fiscal da obra, definiram a melhor implantação do canteiro de obras, sendo que este ocuparia a largura total da praça e uma extensão de 25m, para abrigar todas as instalações e equipamentos necessários para execução da obra, além da construção da nova casa de máquinas subterrânea da Fonte Luminosa e para maior segurança das pessoas que transitam na região.

O restauro da fonte luminosa é aguardado pelos lafaientenses e vai dar um toque de charme e beleza à praça revelando como o cartão postal cidade. cA obra prevê o resgate da originalidade da fonte, como novo sistema hidráulico computadorizado, lago refeito, colocação de novas pedras e retirada da grade e novo jogo de luzes.

Antes de sua morte, ocorrida em fevereiro deste ano, Dona Avelina foi consultada na elaboração do projeto sobre a originalidade da fonte. O projeto de restauração contempla a criação de casa de máquina subterrânea próxima a Fonte onde ficará os elementos básicos a seu funcionamento, motobomba, filtro de coloração e quadro de comando com automação.

A Fonte contará com a harmonização das instalações hidráulicas e elétricas como o arquitetônico e compatibilização entre si e a retomada similar da iluminação cênica da original “fonte das luzes”. Mais um bem restaurado.

A história

A “Fonte da Independência”, também chamada de “Fonte Luminosa”, faz parte do Conjunto da Praça Tiradentes. Ela foi construída na década de 40, na gestão do Prefeito Mário Rodrigues Pereira, em estilo “Art Déco”, se constitui de um espelho d’água que tem ao centro um pedestal artístico (com 2 níveis de bandeja) que mimetiza a forma de uma taça.

Também consta um jardim ao seu entorno e suas instalações elétrica e hidráulicas. Sua estrutura foi executada em concreto armado e pré-moldado em 8 pelas que foram o pedestal.

O monumento registra um período de modernização da Praça e da cidade tornando um marco histórico emblemático e de grande referência aos lafaietense. Ela foi tombada em 2.000.

Leia mais

Ao custo de mais de R$500 mil, fonte luminosa será restaurada

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade