21 de junho de 2024 17:14

Mulher de 23 anos é assassinada dentro de casa e deixa bebê

Mais uma mulher foi vítima de violência no estado de Minas Gerais. Rafaela Ester, de 23 anos, foi encontrada morta nessa quarta-feira (2/2), na própria casa, após uma discussão com o marido, em Bom Despacho, Centro-Oeste do estado. A vítima deixou uma criança de poucos meses. 

Quando os militares chegaram à residência, na tarde de ontem (2), encontraram o portão da casa destrancado. A vítima foi encontrada enrolada dentro de uma colcha, no chão da sala, entre dois sofás, já sem vida.  
Uma vizinha de Rafaela informou aos militares que, por volta das 2h, ainda na madrugada dessa quarta, ouviu gritos que aparentavam ser de uma discussão, mas que a mulher não parecia estar sendo espancada. 
De acordo a testemunha, era comum ouvir brigas do casal e que, em uma das brigas, uma das portas de vidro da casa chegou a ser quebrada – os militares encontraram uma caixa com cacos de vidro em um lote em frente à residência. 
As autoridades policiais encontraram muito cabelo da vítima pela casa e outros sinais que indicavam luta corporal – como móveis fora do lugar.  

Confissão 

Os militares também receberam a informação que o suspeito ligou para um casal, proprietário da farmácia onde trabalhava há mais de 12 anos, dizendo que precisava muito falar com eles. 

Ao comparecer no local, a testemunha percebeu que o autor estava ferido no rosto e, de acordo com ela, logo em seguida confessou o assassinato dizendo: “Matei minha mulher, enforquei ela”. Na sequência, o principal suspeito fugiu.
Ao tomar conhecimento da situação, o marido da testemunha que tinha ido até o local procurou a Polícia Militar para informar o ocorrido. 
Outra testemunha informou aos policiais que, na manhã dessa quarta, o suspeito havia o procurado para pedir uma quantia de R$ 10 mil. O marido da vítima já apresentava arranhões. 
A filha do casal, com poucos meses de vida, foi encontrada sob os cuidados da avó materna. 
O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal.
A reportagem do Estado de Minas procurou a Polícia Civil para saber se o suspeito já foi localizado e preso, mas até o momento desta publicação a situação estava sendo apurada. Tão logo a demanda seja respondida, esta reportagem será atualizada. (EM)

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade