23 de julho de 2024 23:20

Homem é morto pelo namorado da ex-companheira 

No dia 14 de maio, por volta de 12 horas, equipe policial deslocou-se no Bairro Porto Real, Santa Cruz de Minas (MG), onde localizaram um cidadão, 31 anos, deitado em decúbito dorsal, sendo atendido por equipe do SAMU, que estavam realizando massagem cardíaca, juntamente com um enfermeiro, vizinho da vítima, que prestou os primeiros socorros. Foi relatado pela equipe do SAMU que a vítima estava em estado grave e que possivelmente estaria evoluindo já para o óbito.

No desenrolar da ocorrência, uma testemunha, que mora na rua onde aconteceu os fatos, relatou que escutou um grito de uma mulher pedindo ajuda e ao sair para fora de sua casa viu a vítima, um homem de 31 anos, sentado num degrau desacordado e um outro homem, posteriormente identificado, 30 anos, fugindo de carro do local.

Segundo uma segunda testemunha, disse que estava trabalhando fazendo um serviço de pedreiro em frente à sua casa, quando viu a vítima sentado no degrau, aparentemente desacordado, e mesmo nesta situação, o autor continuou desferindo socos na cabeça dele, tendo a testemunha corrido até o local para prestar ajuda, momento em que o autor evadiu em um veículo Pálio verde, tendo saído do local e voltado posteriormente, jogado água no rosto da vítima e novamente fugido no seu carro tomando rumo ignorado.

Segundo a namorada do autor, uma mulher de 23 anos, possui duas crianças com a vítima, mas está separada dele há dois anos, e que está se relacionando há dois meses com o autor das agressões, e que nesta data foi até a casa de seu ex companheiro, a vítima, para buscar a filha de aproximadamente 2 anos que estava com ele. Que nesse momento os dois, ou seja, o ex e o atual companheiro, se desentenderam e começaram a se agredir. O ex companheiro levou um soco no rosto do atual, tendo caído sentado no degrau que existe naquele passeio. Durante o atendimento da ocorrência a equipe policial foi informada pelo SAMU que o ex companheiro, o de 31 anos, veio a óbito ainda dentro da ambulância, antes de chegar na Santa Casa. O autor fugiu do local, sendo realizado um intenso rastreamento para prendê-lo, porém sem êxito até o momento. A perícia técnica da Polícia Civil compareceu ao local e realizou o serviço de praxe

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade