22 de junho de 2024 18:50

Alerta: Apps devoradores de bateria no seu celular!

Determinadas plataformas demandam atualização constante e geram notificações com frequência. Isso consome bastante energia do aparelho

Com certeza, já aconteceu com você de ficar sem mexer no telefone celular por um tempo e, mesmo assim, perceber que a bateria do aparelho continuava sendo consumida rapidamente.

Se você ficou intrigado e se perguntando sobre o motivo disso, saiba que existem alguns aplicativos considerados inofensivos, mas que gastam mais bateria do que outros.

Mantê-los abertos ou em funcionamento pode ser o motivo por trás dessa situação. Vamos falar de alguns exemplos abaixo:

1. Facebook

Facebook, tão presente e comum no dia a dia do brasileiro, é um dos aplicativos que mais consomem bateria. Isso ocorreu porque ele precisa ficar, constantemente, atualizando as notificações e sincronizando informações em segundo plano.

Uma dica para se safar disso, talvez, seja limitar o número de notificações que você recebe ou desativar a atualização automática em segundo plano.

2. Netflix

O aplicativo da Netflix também é um dos vilões da bateria. Assistir a um episódio de série, reality show ou filme é algo que consome muita energia do aparelho.

Se precisar economizar e garantir mais bateria para outras finalidades, o ideal é evitar o uso de plataformas de streaming pelo celular.

3. Google News

Apesar de parecer inofensivo, o Google News também está na lista. Isso ocorre porque ele é mais um daqueles que precisam ficar atualizando o tempo todo e sincronizando informações com o servidor.

Desative a sincronização automática ou limite o número de notícias que deseja receber durante o dia.

4. Spotify 

O Spotify, outra plataforma bastante popular, também é um dos vilões da bateria. Enquanto você estiver ouvindo música, além da energia dessa função em si, o aplicativo demanda ainda a sincronização contínua com o servidor.

Se a bateria estiver baixa e você precisar do aparelho para outras finalidades, é melhor desligar o Spotify e optar por ouvir músicas já carregadas no celular. É possível fazer isso, inclusive, em modo avião.

5. Bluetooth e GPS

Além das plataformas citadas acima, algumas funções do celular também demandam bastante energia. Entre elas, destacam-se o Bluetooth e o GPS.

Se elas continuarem em uso, mesmo em segundo plano, isso significa que elas estão em sincronização contínua com o servidor, ou seja, gastando bateria o mais rápido possível.

Outra coisa que pode ser feita para diminuir o gasto é reduzir o brilho da tela do celular. É possível, até mesmo, minimizar o tempo de espera para que a tela se desligue, automaticamente.

FONTE CAPITALIST

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade