20 de abril de 2024 06:36

Contratação da cantora Juliana Bonde divide moradores e gera polêmica em Capela Nova

Antes mesmo da divulgação oficial, a Festa do Capela Festa do Capelanovense 2023 já antecipa polêmicas. Prevista para acontecer na segunda semana de julho, o evento leva uma multidão a simpática cidade e de povo acolhedor. A principal atração musical é Juliana Bonde do Forró, cantora confirmada para sexta-feira (7/7), mas a apresentação já divide a opinião dos moradores e gera uma ampla discussão. A festa é uma promoção da Prefeitura Municipal é uma das melhores da região.

A controvérsia chegou as redes sociais e inflamou um debate gerando contestações pela escolha musical que envolve a cantora. A cidade tem uma ligação direta com a cultura em especial a música. O músico Vermelho, do 14 Bis é natural da cidade na qual desfilaram grandes nomes da cena nacional como Zé Ramalho, Raça Negra, Engenheiro do Hawai, Gian e Giovane entre outras bandas.

“Misericórdia, não dá para acreditar a coisa tá preta”. “Eu entendo que tudo tem limite! Gostaria que os responsáveis pela cultura de Capela Nova explicassem para a população qual foi o critério utilizado para contratar esse show para a principal festa da nossa cidade! Os responsáveis têm que entender que não estão contratando show para uma festa particular deles e sim para a população de Capela Nova, e pelos comentários feitos nesta postagem, esse show não passa nem perto da preferência da maioria dos Capelanovenses”.

Juliana tem milhares de seguidores nas redes sociais/REPRODUÇÃO

“Exatamente não tem porque usar esse tipo de vulgaridade. Depois reclamam, que, é o mundo sem contar as músicas dela que é um horror, já ouviram?”. Estas são algumas postagens nas redes sociais que detonaram a escolha do show, mas houve também comentários favoráveis. “O show é muito bom”. “Show dela e top”.

Polêmica da cantora

Recentemente a cantora Julian se envolveu uma polêmica entre católicos e moradores de Pindaí, no sudoeste da Bahia, com a contratação da banda Bonde do Forró, liderada pela cantora Juliana Bonde, a prefeitura do município anunciou que o dia terá uma programação católica. Juliana Bonde se apresentaria nos festejos juninos, em 24 de junho, dia de São João Batista – santo católico padroeiro da paróquia e da própria cidade. Com a polêmica, o show da banda comandada por ela foi antecipado para o dia 22 do mesmo mês.

Toda a polêmica começou ainda no final de março, quando a Prefeitura de Pindaí divulgou que a cantora se apresentaria nos festejos juninos. Nas redes sociais, os moradores escreveram mensagens contra a contratação, por se tratar da festa de São João. “É brincadeira isso, não é? Gente, essa mulher não tem uma música que não seja baixaria. Vocês perderam o senso do ridículo, só pode”, escreveu uma das moradoras, nos comentários da publicação da prefeitura. Mesmo com a repercussão negativa da atração no dia da festa do padroeiro da cidade, a prefeitura manteve a decisão.

Periquita

No ano passado, Juliana Bonde causou polêmica nas redes sociais ao fazer a versão da música “Periquita”, que tem conotação sexual, usando o nome do Padre Fábio de Melo, o que irritou fiéis católicos.

Enquete

A polêmica em torno da participação da cantora Juliana Bonde na festa do Capelanovense tem sido um assunto muito discutido nos últimos dias em Capela Nova. O Spaçocapela.com.br, com o objetivo de saber a opinião do povo em relação a esta questão, realizou uma enquete e o resultado foi esse.

Dos 508 votos registrados, a maioria das pessoas se manifestou a favor da presença da cantora na festa, representando 54.53% dos votos. Por outro lado, 45.47% das pessoas que participaram da enquete foram contrárias a participação da artista na festa do Capelanovense.

“Infelizmente nossa cidade tem um gosto musical apurado e esta cantora denigre a imagem de Capela Nova”, protestou um internauta sugerindo uma reportagem sobre o assunto.

Show vai custar R$142 mil

Nossa reportagem acionou Ricardo Fonseca, Chefe do Departamento de Cultura e Turismo, que afastou qualquer polêmica e informou que a prefeitura não recebeu nenhuma reclamação formalizada a respeito da contratação. Ele justificou a contratação e inclusive disse que a banda Bonde do Forró já esteve na cidade e foi muito aclamada. “Disponibilidade de caixa, artista disponível e visibilidade de mídia”, disse ao ser questionado sobre os critérios adotados na contratação. O show vai custar R$ 142 mil. “Esperamos que todos gostem do evento que contará com mais artistas de nível nacional. Obrigado a todos e boa Festa”, finalizou.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade