18 de abril de 2024 18:27

Mulher no poder: Mirene bate Viano é nova prefeita de Lamim

As eleições suplementares, tão aguardadas em Lamim (MG), chegram ao final da disputa. Mirene da Silva foi eleita neste domingo (4), a nova comandante da prefeitura do município.Apesar dos resultados ainda não oficiais, ela venceu o pleito. O TRE divulgará em breve os números finais da disputa. A cidade já está em festa.

Mirene da Silva assumiu interinamente a prefeitura desde janeiro 2023 e agora confirma sua vitóiria. O adversário de Mirene foi Severiano Reis, que tem como vice Geraldo Silva, ambos do PSD.

Eleições

As Eleições de 2020 no município foram anuladas pela Justiça Eleitoral, porque o candidato mais votado para a Prefeitura, Roberto Sávio Nogueira Reis, teve o registro de candidatura indeferido em razão de condenação por crime ambiental, que é causa de inelegibilidade.

A votação ocorrereudas 8h às 17h, com as mesmas mesas receptoras de votos constituídas para as eleições que aconteceram em novembro de 2020, distribuídas em 11 seções eleitorais instaladas em dois locais de votação. Foram utilizadas 16 urnas eletrônicas, sendo cinco de contingência. O resultado oficial deve ser divulgado ainda hoje pelo TRE-MG.

Outras eleições suplementares

Além de Lamim, que volta às urnas neste domingo, outros oito municípios mineiros já realizaram novas eleições em virtude da cassação dos registros ou dos diplomas dos candidatos eleitos em 2020. São eles: Campestre e Espera Feliz (13 de junho), São Gonçalo do Sapucaí (4 de julho), Antônio Carlos e Ibertioga (1º de agosto), e Pedra do Anta (12 de setembro), todas no ano de 2021. Em 2022, Japaraíba (3 de abril) e Divisa Alegre (11 de dezembro). Entretanto, a primeira eleição suplementar de Divisa Alegre foi anulada pelo TRE-MG e o município fará um novo pleito no dia 2 de julho.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade