15 de junho de 2024 11:58

COMUNICADO NACIONAL sobre o RG dos brasileiros acaba de sair HOJE (11/07)

O Ministério de Gestão e Inovação anunciou recentemente uma importante atualização na carteira de identidade, trazendo mudanças significativas. Confira algumas perguntas e respostas sobre as mudanças no novo documento.

Em suma, a nova Carteira de Identificação Nacional (CIN) é o documento de identificação que substituirá gradualmente o antigo Registro Geral (RG). Dessa forma, com essa atualização, espera-se que os cidadãos tenham maior praticidade e segurança no uso de seus documentos.

Quais são as mudanças na nova CIN?

Uma das mudanças mais significativas é a ausência do campo ‘sexo’ na nova carteira de identidade. Desse modo, essa decisão visa respeitar a diversidade de gênero e garantir maior inclusão para todas as pessoas. Além disso, a CIN não terá mais um número específico para o RG.

Visto que o único número identificador será o CPF, simplificando o processo de identificação. Foram adicionados também os campos “Nacionalidade” e “Naturalidade”, que informam o município, estado e país de origem do cidadão.

Outra novidade é a inclusão do código MRZ, que também está presente nos passaportes. Isso facilitará a circulação entre os países pertencentes ao Mercosul e seguirá um padrão internacional.

Quando os estados devem emitir a CIN?

De acordo com um decreto publicado em março deste ano, os estados têm até o dia 6 de novembro para se adequar à nova Carteira de Identificação Nacional (CIN). Contudo, é importante ressaltar que o antigo modelo do RG continuará sendo válido até o ano de 2032.

O Novo RG terá data de validade?

Conforme informações oficiais, o novo RG introduziu prazos de validade que variam de acordo com a idade do cidadão. Para aqueles que possuem entre 0 e 12 anos, o documento é válido por 5 anos. Entre 12 e menos de 60 anos, o prazo aumenta para 10 anos. Já a partir dos 60 anos, o RG passa a ter validade indeterminada, ou seja, não expira.

CIN: nova Carteira de Identidade Nacional já está disponível para 12 estados do país. Imagem: Reprodução

O RG digital é válido em todo o Brasil?

Embora nem todos os estados tenham iniciado a emissão da nova CIN, tanto a versão física quanto a digital já são válidas em todo o território nacional. Em resumo, isso significa que os cidadãos que possuem o novo documento de identificação podem apresentá-lo no lugar do RG, utilizando tanto a versão física quanto a digital.

É possível fazer o novo RG pela Internet?

Segundo informações oficiais, é possível fazer o novo RG pela Internet em alguns estados. Locais como São Paulo, Santa Catarina, Bahia, Mato Grosso, Amazonas, entre outros, permitem o agendamento da confecção do RG online.

Para isso, é necessário preencher um formulário com dados pessoais, tais como nome completo, CPF e estado civil. Contudo, vale ressaltar que apenas o agendamento é feito pela internet, sendo necessário comparecer pessoalmente a um local autorizado para a confecção do documento.

Como solicitar o RG digital?

A solicitação do RG digital pode ser feita por meio do aplicativo Gov.br, disponível para celulares Android e iPhone (iOS). Para realizar o pedido, o usuário deve acessar o aplicativo, ir na seção “Carteira”, tocar no botão de adição (+) e selecionar a opção “Carteira de identidade”. É importante ressaltar que esse procedimento só pode ser realizado após o documento físico ter sido produzido e estar em posse do cidadão.

Uma importante medida para o cidadão

Em resumo, com a nova Carteira de Identificação Nacional (CIN), o Brasil dá um passo importante rumo à modernização e segurança no uso dos documentos de identificação. Uma vez que essas mudanças visam garantir maior inclusão e facilidade no dia a dia dos cidadãos. Portanto, é importante que o cidadão fique atento às atualizações em seu estado e aproveite os benefícios desse novo documento.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade