24 de abril de 2024 20:03

Lafaiete (MG) confirma mais de 1,6 mil casos de dengue

As ações de combate ao mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus, o Aedes Aegypti, são realizadas diariamente no Município de Conselheiro Lafaiete. Segundo o setor de epidemiologia, além dos esforços dos agentes de combate as endemias, para que os resultados sejam alcançados, é preciso a contribuição da população de maneira constante e efetiva.
Neste ano de 2023, até dia 23 de novembro, já foram confirmados em Lafaiete, 1.171 casos positivos de Dengue e 8 casos de Chikungunya. Em todo o ano de 2022 foram 1.609 casos de Dengue registrados.

O Departamento de Vigilância em saúde, por meio do setor de controle das endemias, ao registrar os casos, monitora as áreas mais afetadas, tomando as medidas recomendas pelo Ministério da Saúde.
A Secretaria Municipal de Saúde alerta a população para que não se descuide da prevenção às doenças, sobretudo, com a proximidade do período chuvoso, que apresenta mais risco de proliferação do mosquito transmissor. Por isso é preciso ampliar os cuidados em casa e nos ambientes de trabalho para evitar locais que possam se transformar em criadouros do Aedes aegypti.
Os agentes de combate às endemias estão diariamente em visita e vigilância nos bairros para vistoria em residências e comércios, é importante que as pessoas permitam a entrada do agente para que o trabalho seja concretizado de forma eficaz, uma vez que, os agentes são devidamente capacitados para avaliar as diversas situações encontradas e prestar as orientações necessárias.
A participação de todos é de fundamental importância para que o setor de saúde vença esta batalha para a prevenção da saúde da população.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade