17 de abril de 2024 12:11

Atleta mineiro morre ao pular de parapente em rampa no ES

O jovem mineiro Caio Oliveira, de 23 anos, atleta de parapente, morreu nessa terça-feira (13/2), depois de sofrer um acidente na Rampa de Ubá, na cidade de Castelo, no Espírito Santo (ES). O atleta caiu na localidade de Fazenda do Centro. Quando a Polícia Civil chegou ao local, o homem já estava morto. Nas redes sociais, a Associação de Voo Livre de Castelo-Termal divulgou uma nota de pesar, comunicando o falecimento do piloto Caio Oliveira, natural de Leopoldina, na Zona da Mata Mineira. Caio era piloto e atleta profissional de muay thai.

De acordo com a Associação, o piloto executou uma manobra sob responsabilidade do instrutor dele e perdeu o controle do seu equipamento, levando ao acidente. A Associação também se solidarizou com os familiares e amigos de Caio.

Caio Oliveira era piloto e atleta profissional de muay thai/Redes sociais

O jovem fazia parte do Movimento Voo Livre (MVL) de Leopoldina, que se manifestou nas redes sociais prestando esclarecimento sobre o ocorrido. Segundo a nota divulgada pelo grupo, Caio voou dentro da normalidade, mas ao tentar realizar uma manobra chamada “espiral”, ele foi orientado via rádio para que saísse da manobra.

Sem respostas, o movimento orientou que ele acionasse o paraquedas de emergência, mas não o fez. O grupo tem como hipótese que Caio tenha tido um desmaio temporário devido à força G, uma aceleração relativa à gravidade da Terra, e, por isso, não tenha conseguido fazer o acionamento.

Em nota, o MVL também manifestou o luto e afirmou estar prestando atenção e apoio à família do rapaz, além de estarem dispostos a esclarecer os fatos para “confortar o coração de amigos e familiares”.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade