25 de julho de 2024 04:56

Mulher é agredida a pauladas e mantida em cárcere privado pelo companheiro em MG

Uma mulher de 26 anos foi mantida em cárcere privado pelo companhanheiro, um homem de 24 anos, em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. A mulher estava presa, há vários dias, na casa em que morava com homem e as três filhas do casal, e foi resgatada por policiais neste sábado (27). O companheiro dela está foragido.

As crianças, que não tiveram as idades reveladas, também eram mantidas encarceradas na moradia. Incomodada com o sumiço da filha e das netas, a mãe da vítima acionou os militares.

Durante os dias em que esteve aprisionada, a mulher chegou a ser agredida pelo companheiro com pauladas, chutes e socos. O homem ainda colocou fogo nas roupas da vítima e os vestígios foram encontrados na residência.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher confidenciou aos militares que é agredida constantemente pelo companheiro. Nem quando estava grávida de uma das filhas do casal, era poupada das violências físicas, segundo seu relato. A mulher chegou a filmar algumas agressões com o celular próprio, porém, o homem danificou o aparelho.

Inconformada por não poder ter contato com a filha e as netas há vários dias, a mãe da vítima, uma mulher de 47 anos, acionou uma viatura da Patrulha de Violência Contra a Mulher da Polícia Militar.

Os oficiais foram ao local e constataram o cárcere privado e as violências físicas sofridas pela vítima. Enquanto encarcerada a mulher chegou a ser agredida pelo companheiro com pauladas, chutes e socos.

No momento do resgate, o suspeito estava em casa. Porém,  ao perceber a presença dos agentes das forças de segurança o agressor conseguiu fugir pelo telhado da moradia e se esconder numa mata próxima da residência da família. O suspeito ainda é procurado.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade