21 de julho de 2024 23:23

Prefeitura suspende alvará de ONG irregular que prometida venda casada de consultas e de óculos

Após denúncias feitas por órgãos de representação, a Prefeitura de Ouro Branco indeferiu pedidos de alvarás realizados por uma suposta ONG irregular que pretendia oferecer a venda casada de consultas oftalmológicas e óculos à população. Segundo a administração municipal, além da aparente violação ao código de defesa do consumidor, a suposta ONG apresentou estatuto não registrado e CNPJ inapto quando solicitou o alvará.

A Prefeitura de Ouro Branco alerta a população no sentido de que sempre verifiquem a regularidade de prestadores de serviço antes de se submeter a procedimentos, principalmente de saúde. Os órgãos de fiscalização da Prefeitura estão atentos e de prontidão para atuar em defesa da população.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade