Ainda muito abatido e emocionado, Padre Roberto agradece o carinho e a solidariedade; vizinhos acionaram a PM

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Quatro dias após ser violentado por assaltantes, Padre Roberto de Carvalho Bruno recebeu nossa reportagem na qual agradeceu a expressiva manifestação de solidariedade tanto de lafaietenses como de milhares de pessoas da região. “Quero aqui deixar meus sinceros louvores e minha gratidão a todos que me apoiarem estes momentos difíceis da minha vida e que manifestaram sua solidariedade comigo. Quero agradecer as polícias civil e militar que agiram rapidamente e prenderam os autores. Peço a Deus que retribua a todos com muitas graças”, disse Padre Roberto.

Casa paroquial onde Padre Roberto foi assaltado

Visivelmente abatido, o rosto com hematomas provocados pelas agressões, o líder religioso se restabelece na sua residência Bairro Santa Matilde, acompanhado de perto por familiares e amigos. No sábado, o religioso já retomava suas atividades celebrando missas em diversos locais. Ontem, domingo, dia 14, com o entusiasmo particular, Padre Roberto comandou diversas celebrações religiosas normalmente na Igreja Bom Pastor. “Na quinta feira, um dia após o assalto, foi uma romaria aqui na casa paroquial, mas eu ainda estava atordoado por tudo o que aconteceu. Agradeço a Deus a vida que ele me preservou a vida”, assinalou.

O assalto

Padre Roberto relembrou o assalto na noite de quarta feira passada, dia 10. Segundo ele, eram por volta das 8:00 horas quando uma mulher com uma filha ao colo acionou a campainha pedido ajuda. Pelas câmeras internas ele percebeu as duas pessoas. Como é de costume ajudar as pessoas ele abriu o portão eletrônico da porta da casa paroquial quando foi surpreendido por dois homens encapuzados que invadiram, acuaram o padre e reviram as gavetas a procura de dinheiro. A todo momento cobravam onde estava o cofre.

Quando acertaram um soco no rosto do Padre Roberto o grito se fez ouvir nos vizinhos em frente a casa paroquial. Percebendo a movimentação intensa, eles ligaram imediatamente para a Polícia.

Ele foi levado ao pronto atendimento da UNIMED. “Eu quero agradecer os amigos e vizinhos que acionaram a PM”, afirmou. Os ladrões levaram menos de R$150,00 em dinheiro e um celular de uso particular do padre Roberto.

O assalto durou menos de 6 minutos mas o suficiente para abalar emocionalmente o religioso. Ele contou que a mulher e criança foram usadas de isca no assalto, segundo ele, ação criminosa muito comum em Lafaiete que antecede o assalto. Padre Roberto está medicado, mas ainda abalado, mas retoma sua vida diária, com mais entusiasmo ainda. “Com a força de Deus e muitas orações vamos vencer e superar mais esta etapa de minha vida. Foram momentos dolorosos por que passei”, encerrou.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *