Anjos de Patas – Cuidados ao acariciar um cão desconhecido

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

o-par-idoso-acaricia-um-co-9704513 (2)

Nós que amamos cachorros, não pensamos duas vezes antes de nos aproximar de um, nada além de querer fazer um carinho e estar ali curtindo aquele momento nos vem à mente. Mas, nem todos são amigáveis e sociáveis como imaginamos.  É imprescindível se informar com o tutor, e mesmo assim pode ser que estranhe nossa presença.
Agora, se for um cão sem dono (abandonado nas ruas), o que impossibilita obter informações sobre ele, todo cuidado é válido. Não porque possa ser um cão bravo – que raramente ocorre, mas sim pela possibilidade de ter medo – há chances de agredir ou de recuar com o intuito de se proteger, comportamentos ligados diretamente com experiências ruins que o cão sofreu no passado, como maus tratos.
São necessários alguns cuidados para que este seja um encontro de alegria e descontração tanto para você quanto para ele!

clip_image009_thumb

Vejamos estes cuidados a seguir:

  • Ele é amigável? – Pode parecer algo tão evidente, porém não é. Não hesite em perguntar ao tutor.
  • O rabo abanando nem sempre é sinal de alegria – Quando nos deparamos com um cão abanando o rabo, sempre pensamos que ele está alegre, entretanto esta atitude também significa um sinal de alerta, de agitação e agressividade. Portanto não a use como uma forma para avaliar se o cão é amigável.
  • Evite a cabeça – Isso parece estar no DNA humano, sempre queremos fazer carinho na cabeça do cachorro. Mas, não são todos gostam de carinho na cabeça. Inclusive sua mão estará mais próxima da boca do cachorro, então não é uma boa ideia.
  • Se aproxime pela lateral – Ao invés de se aproximar de frente e imediatamente na cabeça do cachorro, se aproxime lentamente pela lateral e acaricie o pescoço ou atrás da orelha (uma região que os cachorros costumam amar).
  • Observe sinais de estresse – Ainda que o tutor diga que o cão seja manso e bonzinho, fique alerta aos sinais de desconforto. Os sinais de estresse podem ser o rabo entre as pernas ou pra cima, orelhas para trás, estar muito ofegante e tentando se afastar de você.
  • Não encare – Outro descuido dos amantes de cães é desejar olhar olho no olho e admirar o cão. No entanto este gesto pode o deixar incomodado.
  • Ele é sensível? – Ainda que o cão seja bonzinho, existe a possibilidade dele não gostar de ser tocado em certos lugares, talvez por existir partes doloridas e sensíveis. Pergunte ao tutor.
  • Permita que o cachorro se aproxime de você – Ao avistar um cachorro, não corra de imediato em sua direção, ande até o meio do caminho, e permita que ele se aproxime. Caso ele não queira, não insista! Eventualmente aquele não é um dia e momento bom para ele.

 

Fontes: Portal do Dog e Baby Dog Pet Shop e Veterinária

Por: ULLY DANIELY

[email protected]

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *