fbpx
26.9 C
Conselheiro Lafaiete
quarta-feira, 28 outubro 2020
Início Economia Caixa finaliza depósito de até R$ 1.045 do FGTS emergencial

Caixa finaliza depósito de até R$ 1.045 do FGTS emergencial

Calendário de saque em espécie e transferência segue até dia 14 de novembro

Nesta segunda-feira (21), chegou ao fim os depósitos de até R$ 1.045 do FGTS emergencial. O pagamento é realizado pela Caixa Econômica Federal (CEF). Nesta segunda-feira (21), o pagamento foi feito para os trabalhadores nascidos em dezembro.

Os beneficiários nascidos em dezembro, que receberam o crédito do FGTS emergencial hoje, terão o saque em espécie dia 14 de novembro. Os beneficiários nascidos em novembro também terão o saque em espécie liberado nesse dia.

O FGTS emergencial é pago para quem tem conta ativa ou inativa no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. A primeira etapa de pagamento foi finalizada hoje. O dinheiro fica depositado em conta poupança social digital da Caixa. Até o dia de saque em espécie, o dinheiro pode ser utilizado pelo app Caixa Tem paga compras pelo cartão de débito virtual ou para pagamento de boletos. O saque em espécie fica liberado semanas depois.

Até agora, os nascidos em janeiro, fevereiro, março, abril e maio já podem fazer o saque em espécie. Veja abaixo o cronograma completo.

Calendário de saque e transferência

  • 25 de julho: nascidos em janeiro
  • 8 de agosto: nascidos em fevereiro
  • 22 de agosto: nascidos em março
  • 5 de setembro: nascidos em abril
  • 19 de setembro: nascidos em maio
  • 3 de outubro: nascidos em junho
  • 17 de outubro: nascidos em julho
  • 17 de outubro: nascidos em agosto
  • 31 de outubro: nascidos em setembro
  • 31 de outubro: nascidos em outubro
  • 14 de novembro: nascidos em novembro
  • 14 de novembro: nascidos em dezembro(NOTÍCIAS CONCURSOS)

Mais lidas

Jovem médica e bebê morrem em parto

Com pesar comunicamos que faleceu na madrugada de ontem, 10/10, no hospital Bom Jesus em Congonhas, por complicações no parto, a...

Centenas de médicos de todo o mundo assinam uma declaração alertando que a Covid-19 “é a maior fraude de saúde do século 21”

Pedem o fim do clima de terror, irracionalidade, manipulação e mentiras ligadas ao“ maior golpe de saúde do século 21 ”