Com municipalização de trânsito, agentes ganham mais autonomia

15

O município de Conselheiro Lafaiete deu um grande passo atingindo o patamar de grandes cidades que conseguem através do seu órgão de trânsito concretizar a implantação de mais um alicerce sólido para a moralidade do trânsito do Município.

Conselheiro Lafaiete possui hoje 67.076 veículos registrados, além de toda frota flutuante considerável, não contabilizada, que circula diariamente pelas ruas da cidade.

Mediante o cenário do município e cumprindo as exigências estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro de 1997, Lafaiete foi integrada ao Sistema Nacional de Trânsito, que dá legalidade a todas as ações de sinalização, educação e fiscalização nas vias municipais. Apenas 6% dos municípios mineiros, dentre os quais Belo Horizonte, Betim, Juiz de Fora, Contagem, Mariana, Montes Claros, estão integrados ao sistema. Sendo assim, os agentes de trânsito do DMT CL, têm o poder de atuar na fiscalização do  trânsito.

“Quem nunca deparou com a situação de veículo estacionado em local proibido, em pontos de ônibus, em vagas de carga e descarga?  As regras são criadas para serem respeitadas justamente para que o trânsito flua com o menor impacto individual possível. Por isso a fiscalização é e sempre será um alicerce sólido para trazer grande benefício de segurança e moralidade ao nosso trânsito” afirma o diretor do Departamento Municipal de Trânsito, Paulo Pereira.

Além dos Agentes de Trânsito do DMT a fiscalização do trânsito também será realizada, mediante convênio, pela Polícia Militar.

Imagem de capa:Reprodução/Fato real