Correios vão fechar agência em Lafaiete; falta de funcionários no Banco do Brasil e Caixa preocupa vereador

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Depois da unidade da Receita Federal, que está com os dias contatos, agora Lafaiete perde mais um serviço essencial a população. Os Correios anunciaram o fechamento de mais 161 agências próprias até o dia 5 de julho. Os motivos são “readequação da rede de atendimento e da força de trabalho”.

De acordo com os Correios, “o atendimento será absorvido por outras agências próximas, sem prejuízo da continuidade e da oferta de serviços e produtos”. A maioria das unidades que serão desativadas ocupa imóveis alugados e está próxima de outras agências.

Lafaiete

Com fechamento da Agência Queluz, Correio Central deve piorar atendimento com o calvário das filas

Das 12 unidades fechadas em Minas, uma delas será a agência Queluz, situada a Rua Tavares de Melo, no centro de Lafaiete. Todos os serviços serão concentrados na agência central na rua Dias de Souza. A unidade já é alvo de recorrentes reclamações de longas filas, demora na entrega de cartas e correspondência em geral diante do acúmulo de serviço e falta de funcionários.

Outros serviços públicos

O vereador Pedro Américo (PT) cobrou recentemente informações a direção do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal com a falta de funcionários e superlotação nas agências.

Transferências

A partir do dia 5 de junho agência dos Correios da Tavares de Melo será fechada

Os empregados das agências dos Correios fechadas serão transferidos para outras unidades com vagas em outros municípios ou poderão optar pelo reenquadramento de atividade. Quem for atendente comercial das agências que serão fechadas pode pedir transferência para o cargo de carteiro, segundo comunicado interno dos Correios.

Outra opção aos atendentes comerciais é aderir ao Plano de Desligamento Voluntário (PDV) anunciado este mês, cujas inscrições vão até 12 de junho. Os Correios esperam adesão de 7,3 mil empregados. Para os demais cargos, até a data de fechamento das agências, haverá orientação sobre a transferência para unidades que abrangem a atividade ou especialidade do cargo.

“A iniciativa tem, dentre outros objetivos, assegurar maior produtividade e garantir unidades rentáveis, sem comprometer, no entanto, a universalização dos serviços postais”, informa a empresa pública. Os Correios têm cerca de 11 mil pontos de atendimento em mais de 5.500 municípios brasileiros.

Leia também:

 

Leia também:

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *