Defesa civil de Lafaiete recebe prêmio

109

Interdição

A Defesa Civil Municipal de Conselheiro Lafaiete 8nterditou nesta tarde de segunda-feira 24/11 a ponte da Estiva, na estrada de acesso à Rancho Novo. Com a chuva desta tarde, houve aumento do nível das águas e transbordamento. A interdição foi adotada para evitar que pessoas transitem pelo local, garantindo a segurança.

Encontro Municipal

A coordenadoria municipal de Defesa Civil de Conselheiro Lafaiete realizará na próxima quarta-feira, dia 26 de novembro o I Encontro Municipal de Defesa Civil. O evento acontecerá à partir 14;00 h no auditório da Secretaria Municipal de Educação – SEMED.
O tema será: “Mitigação, Prevenção e Alerta de Chuvas para 2014/2015” e irá discutir sobre as ações que a defesa civil municipal vem realizando para suportar o período chuvoso, áreas de monitoramento, sistema de alerta e trabalhos de prevenções.

Reconhecimento

100_3901
O coordenador de defesa civil de Conselheiro Lafaiete, Carlos Alberto de Oliveira

O coordenador de defesa civil de Conselheiro Lafaiete, Carlos Alberto de Oliveira, foi agraciado pelo governo de Minas Gerais com a Medalha do Mérito de Defesa Civil. Em solenidade na quinta-feira 20/11, presidida pelo governador Alberto Pinto Coelho no Palácio Tiradentes, 46 personalidades e instituições foram agraciadas.
A Medalha de Mérito da Defesa Civil foi instituída em 4 de julho de 1984, por meio de decreto do governador Tancredo Neves. O objetivo é homenagear os prestadores de relevantes serviços à comunidade mineira em assuntos de Defesa Civil. O governador destacou a importância das ações de defesa civil integradas entre estado e municípios, nos últimos anos, no atendimento às vitimas da chuva ou da seca.
Em outubro a Defesa Civil de Conselheiro Lafaiete concluiu o “Plano de Contingência para Desastres Decorrentes das Precipitações Pluviométricas no Município”; uma espécie de cartilha contendo normas operacionais de prevenção e atendimento a ocorrências provocadas pelas chuvas, no sentido de preservar a vida e diminuir danos e prejuízos materiais.
O documento detalha o plano de ação a ser adotado para o atendimento a ocorrências, apresenta o histórico das áreas atingidas no município durante o período chuvoso nos últimos anos e a relação de locais que poderão servir como abrigo a possíveis vítimas. Além disso, o plano de contingência traz a relação de contatos de órgãos de segurança municipais e prestadores de serviço de fornecimento de energia elétrica e abastecimento de água, bem como hospitais que poderão ser acionados durante uma ocorrência e outras informações técnicas importantes para momentos de crise como as que ocorrem em situações emergenciais como as provocadas por enchentes, alagamentos, desmoronamentos e outros oriundos das precipitações pluviométricas.

Crédito: Divulgação/ PMCL