Após denúncias de atrasos em entrega e longas filas, Promotoria de Defesa do Consumidor fiscaliza agência central dos Correios em Lafaiete

38
Demora nas entregas e longas filas, fazem a promotoria de Defesa do Consumidor fazer fiscalização na agência central dos Correios em Lafaiete/Arquivo
Demora nas entregas e longas filas, fazem a promotoria de Defesa do Consumidor fazer fiscalização na agência central dos Correios em Lafaiete/Arquivo

As recorrentes denúncias de mau atendimento e demora nas entregas de encomendadas provocaram a abertura de uma investigação preliminar nº0183.18/.000319-0, através da Curadoria de Defesa do Consumidor, buscando ações para melhorias do serviços prestados e apurar a situação do serviço prestados pela Agência Central dos Correios.

No dia 6 de agosto, um fiscal do Ministério Público foi até ao local levantar a situação do atendimento.

Segundo a apuração foi constatado em uma fila, através de depoimentos de clientes, que muitos usuários reclamavam na demora e o atraso de meses nas entregas nas residências, como no Bairro Lima Dias e Triângulo. Muitos preferem se dirigir a agência para buscar as correspondência e contas, nestas na maioria das vezes incidindo multas e juros.

Segundo o relado, o gerente administrativo dos Correios informou ao fiscal afirmou que a agência teve problemas com o tamanho da fila para buscar as entregas e pacotes, contudo o serviço tinha normalizado.

 Já com a supervisora de entregas informou que os atrasos ocorrem por que os Correios não possuem recursos materiais e nem funcionários para atender a demanda da cidade, sendo que em vários bairros não possuem a entrega em domicílio cabendo aos usuários buscarem na agência suas cartas. Apesar da contratação de terceirizados, o serviço não é suficiente. A demanda da agência foi encaminhada a direção dos Correios e reiteradas vezes a situação no atraso nas entregas foi comunicada aos diretores.

Em ofício encaminhado ao Ministério Público, a Gerente Regional de Atendimento e Vendas, Simone Braga, de Belo Horizonte, afirmou que a agência possuiu sistema de gerenciamento de filas e que atende dentro do padrão de 20 minutos estabelecido pela Lei das Filas. A gerente assinalou que nos bairros onde os usuários reclamaram da demora das entregas, os serviços teriam sido normalizados.

“Faremos o monitoramento das ações a serem empreendidas pelos Correios para melhora dos serviços em Lafaiete Segundo o promotor Glauco Peregrino.

Leia também:

Calvário das filas: clientes denunciam agência dos Correios em Lafaiete

Promotoria vai fiscalizar atendimento nos Correios de Lafaiete

Vereadores repudiam desrespeito, filas nos Correios e ameaçam acionar Ministério Público Federal

Sem almoço, água, sem fila preferencial, usuários são maltratados nos Correios