Depoimento de um cão abandonado!

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

10489934_857827430941426_7137257556629529980_n
images (52)

Essa semana mostrando o depoimento de um cão que foi abandonado.
Atitude presente cada vez mais na sociedade.
O número de animais abandonados no Brasil cresce para mais 30 milhões, entre 10 milhões de gatos e 20 milhões de cães, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Reverta esse quadro.
ELES têm sentimentos, assim como VOCÊS!
Reflitam…

“Hoje viemos à praça… Pensei ser um passeio! Estranhei, ele não tinha esse hábito, mas vim feliz.
Aqui chegando, deu as costas, entrou no carro e nem disse adeus.
Olhei para os lados, nem sabia o que fazer – ainda tentei segui-lo e quase fui atropelado.
O que teria feito de tão mau?
À noite, quando ele chegava, eu abanava o rabo, feliz, mesmo que ele nunca viesse me ver no quintal.images (56) Às vezes eu latia, mas havia 320289_426776744026615_520678575_nestranhos no portão, e não poderia deixá-los entrar sem avisar meu dono.
Quem sabe foi a mando da minha dona, por eu estar lhe dando trabalho.
Não foram as crianças: elas me adoravam, e creio que nem sabem o que aconteceu- devem ter lhes dito que eu fugi.


Como sinto saudades…”

“Senhor… faça com que meu dono seja tão fiel a mim quanto eu sou a ele…”

O abandono de animais é CRIME. Art. 164 do Código Penal. Não compactue com essa crueldade!

DIGA NÃO AO ABANDONO!11330049_435905463236094_6419296547939174907_n - Cópia

QUANDO VOCÊ O ABANDONA, VOCÊ O CONDENA A MORTE.

10373512_929393027116797_3047684814189051455_n

Um apelo aos tutores:
Zelem por seus animais por toda a vida, não os descarte como se fossem objetos, quando estiverem doentes, “incomodando” de alguma forma, ou por qualquer outra desculpa (porque são desculpas!), eles são vidas! E jamais fariam isso com as suas!

Fontes: Jus Brasil e Fica cãomigo

Por: Ully Daniely

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *