Dom José: Entre Rios quer de volta seu líder religioso

13

Entre Rios de Minas ainda está comovida pela morte de seu eterno cidadão, o Bispo Dom José Belvino do Nascimento, ocorrida na noite da última terça feira, vítima de um infarto. Dom José faleceu aos 86 anos depois de mais de duas décadas dedicadas a cidade onde deixou um legado que jamais será preenchido. Sua obra é eterna na cidade com vários campos principalmente pela saudade insuperável.

A cerimônia religiosa de Missa de Sétimo Dia acontece agora na Matriz de Nossa Senhora da Brotas e foi preparada por um grupo de fiéis com todos os detalhes inclusive com um abraço coletivo a igreja. onde foi líder supremo por duas décadas.

Generosidade e amor a En
tre Rios marcaram a vida de Dom José

Mas o que mais comove a cidade é que Dom José não foi enterrado em Entre Rios, cidade que escolheu para morar após sua aposentadoria episcopal. Ele foi sepultado em Conceição do Pará, cidade que pertence a Diocese de Divinópolis onde serviu por 20 anos.

Pela sua história e sua paixão por Entre Rios, um grupo defendeu que seu corpo fosse enterrado na cidade. O movimento pretende ampliar sua atuação e sensibilizar os familiares de Dom José como também a Igreja Católica para que este desejo se concretize.

 

Foto Capa: Adauto Fotógrafo