E agora José ? Novo prefeito herdará o maior pacote de obras inacabadas e interditadas

21
Ação proposta pelo Ministério Público quer reparação de danos e suposto desvio de recursos o hospital regional/Arquivo
Obra da Alfredo Elias Mafuz também está inacabada
Obra da Alfredo Elias Mafuz está inacabada

A nossa reportagem fez um levantamento e identificou pelo menos 21 obras públicas paralisadas, interditadas ou ainda em fase de conclusão em Lafaiete. A realidade local é idêntica a inúmeros municípios que vivem esta síndrome brasileira. Entra e sai governo as obras estão inacabadas causam desperdício de recursos públicos e comprometem a eficiência e a gestão públicas.

Aeroporto Bandeirinhas necessita de reforma e ampliação
Aeroporto Bandeirinhas necessita de reforma e ampliação

A herança vem de mais de quase 20 anos e de pelo menos dos últimos 5 prefeitos. Mário Marcus herdará o maior conjunto de obras inacabadas da história de Lafaiete. Por exemplo o estádio municipal, ainda por terminar, vem de sua gestão, quando ainda era secretário de obras da gestão Vicente Faria.

Estão entre as interditadas: Casa de Cultura Gabriela Mendonça, ginásio poliesportivo Agostinho Campo Neto e Casa do Artesanato. Esta última a prefeitura já emitiu ordem de serviço para sua restauração em convênio no valor de quase R$ 500 mil. O prédio da Semed com o imóvel da Remonta (santa Matilde) necessitam urgentes de uma completa reforma.

Algumas obras estão inconclusas como o Centro Esportivo no Rochedo, Creche JK e Obra da UBS Rochedo, entre outras.

Creche do JK está por concluir/ FatoReal
Creche do JK está por concluir/ FatoReal

Duas obras merecem destaque na lista: o Aeroporto Bandeirinhas e o hospital regional. Ainda existe a urgência da ampliação da galeria de rede pluvial. È somente chover que área central fica alagada inclusive túnel. Já a tão polêmica obra da Alfredo Elias Mafuz, segundo o prefeito Ivar, deixará com recursos em caixa para a sua conclusão.o

Mas a lista de obras vai exigir um esforço hercúleo do novo prefeito entre uma grande articulação política, como a questão do terreno com a COHSAB, e aportes de recursos estaduais e federais. Este é o grande desafio e missão de Mário Marcus.

Veja Lista: 

  1. Alagamento do túnel da Marechal
  2. Coreto e fonte luminosa
  3. Creche JK
  4. Centro Esportivo no Rochedo
  5. Ponte da rua Maria Júlia no Gagé
  6. Terreno da Cohab no Paulo VI
  7. Fedozão da ETE Bananeiras
  8. Casa de hóspede na Remonta
  9. Casa do Artesanato
  10. Casa de apoio – ainda sem funcionamento
  11. Larmena
  12. Creche do Bela Vista
  13. Casa de Cultura Gabriela Mendonça
  14. Semed ( situação precária)
  15. Alfredo Elias Mafuz (em andamento)
  16. Poliesportivo (interditado)
  17. Estádio municipal
  18. Hospital regional
  19. Prolongamento da Marechal
  20. Teatro municipal
  21. Aeroporto Bandeirinhas

Confira algumas fotos de obras inacabada/interditadas

[Best_Wordpress_Gallery id=”68″ gal_title=”obras inacabadas/interditadas 2016″]