Eleições 2018: ex vice prefeito, Darci Tavares, desiste da candidatura

12
O vice governador, Antônio Andrade, juntamente com os lafaietenses João Batista e Darci Tavares/Arquivo

O período eleitoral sequer iniciou e já acontecem surpresas que alteram o quadro e mexe na conjuntura lafaietense. O ex vice prefeito (213/2016), Darci Tavares (MDB) comunicou que desistiu de sua candidatura a deputado estadual.

Em entrevista ao site e jornal CORREIO DE MINAS, Darci, que também foi secretário de educação na gestão anterior, explicou que a instabilidade de seu partido provocou sua baixa nas eleições. “Eu tinha amplo acesso a presidência do MDB, que é atual vice governador, Antônio Andrade. Porém com esta grande confusão que transformou a sigla, como a intervenção da executiva nacional, mudou-se o comando do partido. Atualmente o deputado federal, Saraiva Felipe, é o presidente do MDB. O partido vive um grande conflito interno e não se sabe que ele vai apoiar nas eleições para governador. Ou mesmo se terá candidato próprio. Neste cenário, desisti da minha candidatura”, justificou.

Darci também alegou que falta de recursos para financiar a sua empreitada também pesou na sua decisão. “Foi uma decisão conjunta do partido em Lafaiete. Agora eu aguardo o desenrolar das coligações e dos acordos políticos nos planos nacional e estadual para sabermos que rumo vamos tomar. Mesmo não sendo candidato vou processo eleitoral. A política é combustível que me movimenta em função do bem de Lafaiete”, sinalizou.

Darci vai apoiar o candidato a deputado federal, o seu amigo, Leonardo Quintão (MDB).