Escolas de Lafaiete terão que elaborar plano de evacuação em caso de emergência

13
Oswaldo Barbosa (PP)

Já tramita na Câmara de Lafaiete, um projeto de lei, que se aprovado, tornará obrigatória aos responsáveis e donos de escolas, sejam públicas ou privadas, a elaboração de um plano de evacuação para casos de situação em casos de incêndios, danos estruturais e demais emergências.

O projeto prevê a promoção de palestras e treinamentos duas vezes por ano para os alunos, professores,funcionários e frequentadores,  bem como o treinamento dos responsáveis por liderar os frequentadores de suas dependências durante os casos de emergência previstos.

Os treinamentos envolverão práticas e atividades relativas às técnicas, procedimentos e instruções recebidas nas palestras e contidas no plano de evacuação, de modo a fornecer a seu público-alvo a perfeita noção do conhecimento adquirido e a eficácia necessária à sua adequada consecução.

O treinamento de funcionários será feito através de convênio firmado com o Corpo de Bombeiros de nossa região que abrangerá, treinamentos brigadistas, palestras  e simulações.
As palestras e treinamentos deverão constar do calendário de atividades fornecido a alunos, professores e demais usuários dos prédios das escolas e terão seus dias e horários afixados em quadro de fácil acesso e visualização.
Caberá à Secretaria Municipal de Educação  todas as providências cabíveis para a implementação do contido nesta lei nas escolas públicas municipais sob sua responsabilidade através de dotação orçamentária própria. O projeto é de autoria do vereador Oswaldo Barbosa (PP).
Há também em tramitação um projeto que prevê a implantação dos primeiros socorros nas escolas públicas e privadas, de autoria da vereadora Carla Sassi (PSB).