Explosão na Gerdau pode ter atingido pelo menos 14 trabalhadores

7

Os diretores do Sindicato Metalúrgicos estão neste momento na portaria da Gerdau cobrando informações e esclarecimentos sobre uma explosão ocorrida na coqueria da siderúrgica. Segundo o Sindicado, é obrigado a transparência no acidente.

Boatos e inúmeras versões do acidente povoam as redes sociais como também dos números das vítimas. Informações extra oficiais obtidas de fontes confiáveis apontam por cerca de 14 acidentados, com duas mortes. Há informações de que a estatística seria maior.

Dois trabalhadores estão no CTI da FOB e pelo menos 10 estariam hospitalizados. Outra versão de que há trabalhadores na Usina que aguardam a perícia.

Mas até neste momento, a imprensa vem solicitando a todo instantes informações oficiais mas a empresa divulgou apenas uma nota oficial, e aguarda ainda esta tarde um posicionamento da Gerdau pondo fim as especulações que afligem familiares e a comunidade regional.

Na unidade Ouro Branco da empresa, há pelo menos 3.000 funcionários. Um dos mortos era um trabalhador terceirizado e o outro contratado pela Gerdau. Eles ainda não foram identificados. Ainda conforme o sindicato, o fato de os funcionários não poderem circular dentro do local com celulares pode ter dificultado o pedido de ajuda.