FAMOCOL sela paz interna e tem nova diretoria; presidente prega união

13
Correntes internas buscam um convívio salutar em prol da entidade -Foto: Folha de Queluz/reprodução

Foi empossada na noite de ontem, dia 21, a nova diretoria da FAMOCOL (Federação das Associações de Moradores de Conselheiro Lafaiete). A cerimônia aconteceu na sede da entidade, no Bairro Angélica. O evento contou com a presença do ex-prefeito Júlio Barros e de vários presidentes de associação.

Correntes internas buscam um convívio salutar em prol da entidade -Foto: Folha de Queluz/reprodução
Correntes internas buscam um convívio salutar em prol da entidade -Foto: Folha de Queluz/reprodução

A nova diretoria promete empolgar o movimento comunitário na cidade e também fortalecer as associações e moradores. A transição correu de forma pacífica visto que a nova diretoria é fruto de um acordo entre as várias correntes existentes no sentido unificar o discurso e as ações.

O ex-presidente Ângelo de Souza Júnior falou sobre o tempo que esteve à frente da associação e ressaltou que o “único prefeito que deu a devida atenção e incentivou as associações foi o ex prefeito Júlio Barros”, presente a reunião e afirmou que “de lá para cá a FAMOCOL tanto quanto as associações encontraram muita dificuldade em receber atendimento por parte da prefeitura”.

O novo presidente, Willaderlan Alves de Souza Júnior, conhecido popularmente como Juninho Belavinha, reafirmou que o clima é de união e de preparação para os novos tempos que estão por vir. Segundo ele “a prioridade é retomar a força que o movimento comunitário já teve em nossa cidade e por meio das associações de moradores, conseguir trazer melhoria e qualidade de vida para a população”, afirmou.