Filme “Anderson” recebe Menção Honrosa no 13º Festival de Taguatinga

8

O curta ‘ANDERSON’,  do cineasta lafaietense, Rodrigo Meireles, faz história no cinema brasileiro. Este fim de semana, o filme participou do 3º Festival Taguatinga, no Distrito Federal, e recebeu a premiação de “Menção Especial do Júri”. O tema do evento esse ano era “O movimento em nós”. “Somos o Brasil da RESISTÊNCIA. Resistimos à violência dos espíritos antidemocráticos do nosso tempo, buscando saídas, soluções, desvios poéticos. Fluímos com firmeza na rota dos AFETOS para clarear caminhos, instigar a potência de pensar, agir e produzir HUMANIDADE.

Rodrigo Meireles ganhou mais um prêmio nacional com “Anderson”

Com afeto, nossos realizadores e realizadoras fazem mover em nós emoções positivas, ao contar histórias que reacendem, em meio ao caos, o valor da confiança, a força de SONHAR e materializar o sonho, o PODER da afirmação do eu e da legitimação do NÓS. Histórias de personagens de carne e osso que nos lembram que fundamental é a REVOLUÇÃO de amar a si mesmo, irmã da segunda revolução possível, a do AMOR ao OUTRO”, afirmaram as curadoras do festival Adriana Gomes, Alice Lanari e Nina Rodrigues. “Gostaria de agradecer muito a todos envolvidos nesse festival de luta, forte, inspirador, que tem como um dos intuitos principais a realização desses encontros necessários! Agradecer também mais uma vez ao meus amigos e irmãos Anderson e Guilherme por me abençoarem com esse filme e permitir que eu viva esses momentos inesquecíveis!Um salve para todos os amigos que fiz nessa pequena jornada por Taguá/Brasília! Se Deus quiser nos vemos por aí!”, resumiu Rodrigo.

Fotos: Paula Carrubba