FÓRUM MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS / PROJOVEM URBANO

105

Forum 3 Forum 4 Forum jovem 1

Na quinta-feira, 03/09/15, foi realizado na Secretaria Municipal de Educação o Fórum Municipal de Educação de Jovens e Adultos / Projovem Urbano. O evento contou com efetiva participação da equipe de Coordenação do Projovem Urbano, alunos do Programa, estudantes da EJA da Escola Municipal “Prof. Doriol Beato” e da Escola Estadual “Monsenhor Horta” e ainda educadores, professores e convidados.

 

O Fórum tornou-se um espaço de interlocução entre os diversos segmentos da sociedade, e teve o objetivo de discutir, diante das práticas que são realizadas, as ações destinadas à EJA propondo com os debates, resultados que contribuam e que contemplem as especificidades desta modalidade de ensino.

 

O Secretário Municipal de Educação e Vice-Prefeito, Prof. Darci Tavares, ressaltou sobre a importância do evento para esta modalidade de ensino e como a EJA está estruturada na Rede Municipal. Explicou que o Fórum se constitui em uma instância de articulação que atua em prol da cidadania. Por isto é pertinente distinguir sua importância enfatizando discussão de soluções para formulação de políticas públicas democráticas em busca da garantia do direito de todos à educação.

 

Cibele Barbalho, coordenadora Municipal do Projovem Urbano, destacou que a Educação é sempre um tema a ser discutido, ainda mais quando se fala em EJA, particularmente em jovens que por algum motivo deixaram de frequentar a escola, ou até mesmo pela falta de acesso a ela.

 

Esclareceu que através da adesão da administração municipal ao Projovem Urbano em 2013, já são três edições em parceria com o Governo Federal executadas em Conselheiro Lafaiete, cujo intuito é promover a volta dos jovens a sala de aula para que concluam o Ensino Fundamental com qualificação profissional, diferencial do curso.

 

A Formadora, Etelvina Maria Furtado Rossi, explicou que a proposta do programa prioriza a formação continuada direcionada aos educadores visando à melhoria da qualidade educativa integrando a equipe docente na participação do planejamento coletivo das atividades pedagógicas. Acrescentou que as ações voltadas para o desenvolvimento integral do jovem são um direito legal amparado pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional aos estudantes e representam uma dupla aposta: criar as condições necessárias para romper o ciclo de reprodução das desigualdades e restaurar a esperança da sociedade em relação ao futuro de sua juventude.

 

O Prof. Paulo Roberto Tavares Baptista, diretor da Escola Estadual Monsenhor Horta, evidenciou que os alunos concluintes do Ensino Fundamental do Projovem Urbano já estão cursando o Ensino Médio/EJA na referida escola e que estão se sobressaindo muito bem nos estudos, sendo que no próximo ano terminarão a educação básica. Destacou como a EJA é formatada na Rede Estadual de Ensino assegurando oportunidades educacionais apropriadas para aqueles jovens e adultos que interromperam seu processo formativo escolar. Na oportunidade, parabenizou a administração municipal por priorizar a execução deste excelente programa na Rede Municipal de Ensino.

A Analista Educacional, Ana Mary Fortes do Nascimento, realçou que no Projovem Urbano com a formação técnica específica em “Administração”, novos conteúdos são inseridos à formação profissional dos estudantes, considerando que o arco ocupacional é composto por quatro vertentes que possuem a mesma base técnica: arquivador, almoxarife, contínuo e auxiliar administrativo, construídas para oferecer uma iniciação profissional diversificada.

 

O evento foi expressivo no que diz respeito à mobilização de educadores, estudantes e de convidados, integrantes da sociedade, e oportunizou aos participantes poderem expressar os desejos, necessidades e perspectivas enquanto cidadãos e sujeitos da educação, amadurecendo as áreas cuja formulação ainda exige reflexão em favor da juventude.

Fotos:divulgação/PMCL