Gerdau e Sebrae capacitam micro e pequenas empresas em Lafaiete e região

13

O Programa de Desenvolvimento Empresarial (PDE), promovido pelo Sebrae Minas em parceria com a Gerdau, vai promover a capacitação de empresários, com um destaque para os novos tempos pós-pandemia do Covid-19. Nesta semana, foram selecionadas 67 micro e pequenos empresas – com faturamento bruto anual de até R$4,8 milhões – que irão receber treinamento personalizado em gestão, finanças e marketing. A capacitação é subsidiada e tem previsão de acontecer até o final de 2021.

Empresários de Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Itabirito, Ouro Branco e Ouro Preto que atuam em diversos setores como turismo e viagens, locação de brinquedos, restaurantes, móveis e decoração, ferragens e serralherias são alguns dos selecionados.

“As empresas foram afetadas de diferentes formas pela pandemia. Aumentamos o número de vagas de 50 para 64 com esse novo cenário. Todo o programa foi adaptado para buscar soluções imediatas e a médio e longo prazo. Trabalhamos com os 3 R’s: Resposta, Reinvenção e Retomada. Buscar respostas imediatas para o impacto financeiro, reinventar ou remodelar o seu negócio e a retomada das atividades no novo normal”, explica o analista do Sebrae Minas, Aristides Rocha.

O programa é divido em módulos com temas como finanças, marketing, vendas. Inclui ainda uma consultoria personalizada periódica com visitas presenciais, seguindo as normas de saúde e segurança, e
reuniões à distância, além de cursos e oficinas para interpretação de indicadores, análises técnicas e aprimoramento da gestão da empresa. Para o coordenador de responsabilidade social da Gerdau, Bruno
Castilho, a expectativa é que o projeto aumente o índice de competitividade das empresas – implantando controles gerenciais apropriados para cada perfil empresarial.

“A Gerdau tem como foco estimular, capacitar e potencializar o empreendedorismo para a transformação nos municípios em que está presente. Foram selecionados negócios com potencial de se reinventar nesse momento difícil e contribuir para desenvolver o mercado nas regiões do Alto Paraopeba e Inconfidentes”, acrescenta Castilho.

 Seleção
Na primeira fase do Programa de Desenvolvimento Empresarial, a Gerdau e o Sebrae Minas convocaram micro e pequenos empresários para se inscreverem no projeto, com chamamento realizado nas cinco cidades mineiras. 121 empresas receberam gratuitamente um diagnóstico inicial do seu negócio, identificando pontos fortes e oportunidades de melhoria na sua gestão. Destas, 64 foram selecionadas para a continuidade no PDE. 90% da capacitação é subsidiada e o restante é uma contrapartida do empresário. No total, o programa irá investir R$750 mil.