Glaycon Franco dedica primeiro semestre parlamentar e destina R$4,8 milhões de reais ao setor de saúde

16

Tão logo começaram a vir da China as primeiras notícias sobre o novo coronavirus, a experiência médica do deputado Glaycon Franco o alertou de que poderia estar em curso uma pandemia com potencial de gravidade muito superior ao da gripe aviária e da gripe suína, que já haviam assustado o mundo no começo do segundo milênio. De fato, a COVID-19 veio avassaladora e, além de forçar uma mudança de hábitos jamais ocorrida anteriormente na história da Humanidade, abalou as estruturas de economias sólidas e (o que mais preocupa e entristece) está próxima de causar a perda de um milhão de vidas, cem mil somente no Brasil.

 O Deputado Estadual Glaycon Franco (PV)/REPRODUÇÃO

Desde o surgimento dos primeiros casos, Glaycon tinha a percepção clara de que era preciso correr contra o tempo e, principalmente, estruturar a rede de saúde pública dos pequenos municípios para enfrentar o enorme desafio de conter, o máximo possível, a onda de contaminações pelo novo coronavirus, além de  oferecer atendimento digno e tratamento eficiente aos cidadãos que viessem a desenvolver a COVID-19. Para tanto, o Poder Público e os gestores locais deveriam unir forças para conscientizar a população a adotar hábitos rigorosos de higiene, como a lavagem constante das mãos com água e sabão ou álcool em gel  70%, manter-se em casa o maior tempo possível e, se ir à rua fosse imprescindível, usar máscara o tempo todo. Ao mesmo tempo, era preciso, urgentemente, dotar os municípios de pequeno e médio porte de recursos para aquisição de insumos médicos e equipamentos hospitalares para proteção aos servidores da saúde, que trabalhariam na linha de frente do combate à pandemia, e montagem nas cidades-polo de unidades de terapia intensiva e hospitais de campanha voltados exclusivamente ao atendimento de pacientes da COVID-19.

Foi pautado por estes propósitos primordiais que o deputado Glaycon Franco desenvolveu sua atividade parlamentar na Assembleia Legislativa de Minas Gerais ao longo do primeiro semestre de 2020. A experiência política de Glaycon, já no terceiro mandato consecutivo e os diálogos construídos com as principais esferas da Administração Estadual foram decisivos para o reconhecimento da situação de calamidade pública em Conselheiro Lafaiete, cidade-polo das microrregiões do Alto Paraopeba e Vale do Piranga; por este instrumento, a Prefeitura dispõe de maior liberdade para gerir o orçamento municipal e priorizar a destinação de recursos para atendimento às demandas da saúde.

Emenda Parlamentar de autoria de Glaycon Franco contribuiu para a criação da estrutura de campanha em funcionamento nas dependências do hospital São Camilo, com a abertura de 10 leitos de UTI, que continuará sendo utilizada pela instituição filantrópica depois que a pandemia passar. O deputado também atuou intensamente nos bastidores para viabilizar o credenciamento junto à Secretaria Estadual de Saúde de mais 17 leitos de Unidade de Terapia Intensiva implantados no Hospital e Maternidade São José, dos quais grande parte também deverá permanecer ativa no período pós-COVID.

Ao todo, para a região, somente na área da saúde, o deputado Glaycon Franco investiu mais de 4,8 milhões de reais em emendas parlamentares fortalecendo o sistema para melhor enfrentar o novo coronavírus.

Glaycon permanece atento e não medindo esforços junto às instituições e órgãos de governo para que nossa região tenha o menor sofrimento possível diante da pandemia. Mais do que esperança, Glaycon Franco tem a convicção de que iremos vencer este período grave e delicado que estamos atravessando. O deputado não tem dúvida de que, com segurança, consciência, trabalho e fé, renasceremos da pandemia não para viver um novo normal, mas para criar um futuro ainda melhor, mais cooperativo e solidário.